Uncategorized

Crise é “momentânea”, diz Sciarra

Em meio a uma crise financeira enfrentada por todas as esferas do poder público, o novo chefe da Casa Civil do Governo do Paraná, Eduardo Sciarra, afirmou na tarde desta sexta-feira (30) que a situação no estado é “momentânea” e que até a metade do ano o caixa do estado deve estar reequilibrado.

Em entrevista ao Jornal da Banda B, Sciarra garantiu que o problema nos atrasos dos repasses e o adiamento de pagamentos para alguns servidores é reflexo da situação econômica brasileira.

“Neste começo de ano tivemos problemas de caixa, principalmente por não alcançarmos o esperado nas receitas. O governo tem plena ciência da dificuldade e está trabalhando para chegar a uma solução. Em abril começamos a receber os valores referentes ao IPVA e voltaremos a realizar os investimentos que os paranaenses tanto esperam”, garantiu.

11 Comentários

  1. Para quem viu e ouviu as virtualidades apresentadas na campanha eleitoral essa crise seria uma novidade ou uma herança maldita do candidato reeleito?

  2. PEDROCA DO SUDOESTE Responder

    Seu Sciarra,um ex-deputado,tido como sério, já começa a se desgastar,sendo defensor do Goverrnador,já enrolando,mentindo,dizendo que é “momentânea”.Lorotas,o Estado vem capenga e em dificuldades faz tempo,e fez o tarifaço para se equilibrar.

  3. Se até o meio do ano a coisa esta feia, então deixe eu entender. Como o Beto nomeou 5.500 professores, da onde vem o dinheiro se nem o terço de férias pagou? É a história do pai que não tem como alimentar seus quatro filhos mas engravida a esposa todo ano. Ou é mentira ou é burrice.

  4. E os coitados dos professores PSS sem salário como vão pagar as contas Beto caloteiro?

  5. Sempre entendi que a arrecadação do IPVA seria aplicado em rodovias como manutenção do pavimento e sinalização, fiscalização por equipamentos. No entanto, tal imposto parece que pode cobrir rombos do governo e nada tem a ver com o transito rodoviário. Assim também era a CPMF, que não foi aplicada para a melhoria da assistência médica a população. Pelo jeito, nomes dos impostos são apenas história-cobertura, cuja aplicação está sujeita ao que o governador quer. Impostos com sabor de falcatruas, desvios e aplicações indevidas, para cobrir rombos feitos pelos próprios governantes. Demonstração de irresponsabilidade e incompetência para gerir o dinheiro público

  6. Nós Paranaenses Servidores Públicos não engolimos essa desculpinha esfarrapada; faltou competência na administração estadual. O pior que até a véspera do segundo turno tudo estava as mil maravilhas no Brasil (da terrorista) e no Paraná (do piá do prédio). Revoltante saber que nós servidores estamos pagando o pato por incompetência desses governos, mentirosos. Deus nos acuda.

  7. Esse governo incompetente que quebrou o Paraná, além de prejudicar os paranaenses ainda é mentiroso, querendo transferir a responsabilidade do seu fracasso para Dilma. Assuma que é incompetente que é mais digno e bonito.

  8. Sergio Silvestre Responder

    RSRSRS A CRISE É MOMENTANEA SEM PREVISÃO DE TEMPO PARA ELA ACABARRSRSRSRSRSR

Comente