Uncategorized

Não é mole não

beto -- richa

O governador Beto Richa vai encarar um período de turbulências. A malta corporativista ameaça com protestos, manifestações e insultos. Compreende-se. Enfim um governador decidiu sepultar vícios políticos da nossa tradição tupiniquim, a começar pelo hábito de governar para unicamente garantir a próxima eleição, e se pôs a administrar o Estado com obstinada determinação de reduzir despesas, enxugar a máquina e corrigir desvios acumulados em décadas por uma estrutura burocrática mal acostumada a benesses e boa dose de laborfobia.

São 13 medidas, em 2 projetos de lei. Pasmem, senhores, o governo vai contingenciar R$ 11 bilhões (onze bilhões de reais), que representam 25% do orçamento de 2015. Dinheiro que permitirá ao Paraná recuperar sua capacidade de investimento e de desenvolvimento econômico.

A grita é feroz. As corporações não se conformam. Afinal, os cortes de gastos vão atingir os servidores estaduais, a começar pela revisão nas gratificações por tempo de serviço. Hoje, a cada cinco anos de trabalho o funcionário público tem o seu salário aumentado em 5%. Não há arrecadação que aguente.

Quanto mais organizada a corporação, maior o barulho. No caso dos professores um assombro, pois eles perderão privilégios que beiram o absurdo, como o de receber auxílio-transporte durante as férias ou afastamento. Mudam as regras para a retirada de licença. Acabou o facilitário. A proposta pretende devolver 12 mil professores que estão em funções administrativas às salas de aula.

Na previdência, há duas medidas fundamentais. A retomada de um teto de R$ 4,6 mil para a aposentadoria regular. Quem quiser receber mais do que isso precisará contribuir para um fundo complementar. Uma fundação será criada para gerir isso.

Outra. O governo juntará os fundos previdenciário e financeiro que hoje existem. Isso significa que o governo deixa de manter o fundo previdenciário de longo prazo – uma espécie de poupança, que serviria para garantir a autossuficiência e o fim dos aportes mensais do estado – e põe esses valores (hoje estimados em R$ 8 bilhões) para quitar a folha mensal de inativos.

É claro que medidas como essas irritam toda a banda corporativista e promovem protestos. Tudo bem, não se mudam hábitos e eliminam privilégios sem irritar os beneficiários. A verdade é que o estado chegou a um limite de sua capacidade de manter regras e benesses do interesse de um funcionalismo público que confunde direitos e privilégios moralmente injustificáveis.

174 Comentários

  1. Vale-transporte para professor em período de férias, é um absurdo isso. Estava mais do que na hora de acabar.

  2. É ISSO AI BETO!!!!SÓ UMA COISA OS COMPANHEEEEEEIROS ESTÃO SE APROVEITANDO P CRITICAR E FICAR FOMENTANDO TUDO QUE ELES SÃO CRAQUES “GREVE BADERNA ULA ULA QUEBRA-QUEBRA E ASSIM VAI……MAIS VAI CRITICAR OS COMPANHEIROS NA GASOLINA A PASSAGEM COM A TARIFA COMPANHEIRA TIPO PREÇO DE CUBA!!!CHAVES MUJICA INDIO LADRAO DE REFINARIA CHE-GUEVARA E OS PT´BIGGIS “FILHOS DO RONALD BIGGIS,,,,,

  3. Quem lê a notícia acredita que o povo é o culpado e o Beto é o certo.
    Olha o que ele está fazendo, mexendo com o fundo de pensão. Sabemos que o Blog sempre apoiou o Beto, mas, assim é demais.

  4. Explicando: Os descontos para aposentadoria, atualmente tem sido recolhidos pelo valor do salário BRUTO TOTAL dos servidores. Por isso, que a regra se aplicará somente para quem ingressar a partir da promulgação do ato na carreira pública;Adicional por tempo de serviço, a Lei 6174/70, contempla os servidores efetivos dos 3 Poderes (faz parte da carreira do servidor). Esta medida, com toda certeza fará inúmeros servidores se aposentarem, e sem orçamento, não terá concurso (que atualmente está proibido) Será que valerá somente para os servidores do Executivo? Auxilio transporte pago aos professores, em período de férias, ou quando estão tirando especial ou para tratamento de saúde: Está correto não pagar nessas condições.

  5. Ué! Isso só acontece com quem é governador. Esse é o tipo do cargo que ninguém oferece, as pessoas disputam com fervor. Então, quem pariu Mateus…

  6. Pq que não corta pelos menos a metade dos cargos comissionados, nos cabides politicos na sanepar, copel, diretor de diretor do diretor nas secretarias de Estado, por acordos políticos. Qto a retorno de professores na área administrativa para sala de aula, (justo) corte do auxilio transportes nas férias (justo).

  7. No que se refere a Previdência do Estado, governos faliram este instituto, e hj querem dar de santinhos, agora teria que fazer um levantamento de quem estar perto de aposentar, para não ser prejudicado, independente do teto da contribuição.

  8. Absurdo eh aquela cambada de cargo comissionado sem fazer nada na Desgovernadoria….Cem reais para transporte de professor quebra o Estado! Porque o Beto não começa o arroxo pela troupe dele?

  9. Cabe ao distinto governador parar então de propagar em sua publicidade o valor do salário do professor somado ao auxílio transporte. Sabemos que este governo está fora da lei e não paga o piso salarial dos professores, hoje definido por lei federal. Ganhou uma eleição dizendo que o Estado estava bem gerido e três meses depois mostra a falência do seu mandato.

  10. Sergio Silvestre Responder

    Então,quem não quer empecilhos,não matem a mãe para governar.
    O que vimos foi uma campanha nojenta,com muita satanização,conseguiram com a Gleise e gastou uma fortuna por que aqui ninguém é trouxa.
    Em Londrina foi locada dezenas de Kombis,centenas de outros veiculos e um quarteirão nobre do centro da cidade foi seu comite.
    Na epoca não tinha turbulência e as promessas era de que no segundo ano iria governar.
    Que aconteceu nesses quatro meses,alguém veio cobrar a conta.
    Só espero que os blogs não se direcionem de novo para essa farsa,que foi os empréstimos e a herança maldita.

  11. adalberto chaves Responder

    O salário do governador e dos deputados sofreram aumento de 26%. isso não é absurdo absurdo é os profissionais que salvam vidas como os bombeiros, os policiais, ou os professores, que são os pilares da nossa sociedade receber 5% a cada 5 anos, pelo amor de Deus esse governo que não paga o salva vidas na raia que sai de casa para cuidar de turista, é quem está certa. dá licença.

  12. Beto e serio,tem boa procedência seus pais Zé Richa,confio nele,o Brasil,virou um lamaçal,como PT,no governo,a lei deles e só roubar tudo e saem como os grandes patriotas,dilma tem que ser cassada urgentemente,apurar,os roubos da Petrobras,denit,correios BBndes,os ROUBOS,vao assobrar o mundo,nunca na história do Brasil e do mundo róubaram tanto

  13. O funcionário publico não possui FGTS, seguro desemprego, correção salarial pela inflação, as gratificações de quinquênios, visam corrigir estes fatores que os demais servidores possuem, estas vantagens estão em vigor desde 1970, as regras quando da contratação dos funcionários até a presente data é esta, se for para mudar deve ser mudada a partir das novas contratações. Pois trata se de calote com os funcionários. Temos que ressaltar alguns ponto corretos com não pagar vale transporte para que esta de ferias, volta dos professores para as salas de aula, e outras, Vale lembrar que o funcionário publico contribui com 11% de seus vencimentos para o PARANA PREVIDÊNCIA, se governos anteriores não fizeram seu depósitos no fundo os funcionários não podem responder.

  14. A que governador o articulista se refere?
    A que funcionalismo público o articulista se refere?
    O governador teve 4 anos – 48 meses inteiros – para ser gestor dos problemas do Estado e da administração pública, qual foi a sua obra importante ou serviço público relevante que nos deixou senão a quebra do orçamento público?
    A inapetência e incompetência governamental está na face do personagem da foto.
    Por favor, não menospreze-se a inteligência dos paranaenses e dos servidores públicos?

  15. Interessante, majorar salário próprio e dos seus cargos de confiança, colocar parentes em cargos públicos, arrasar com a finança do estado pode? O Paraná foi um dos estados que mais arrecadou, da União e não converteu em benefícios ao povo. Esse cara não trouxe nenhum beneficio pro NP. Esta mexendo em benefícios que atraem os recém formados para a função de professor, desrespeitando e comprometendo a educação pública! Os benefícios são meras recompensas que não são pagas aos inativos, sua retirada compromete o padrão de vida digno do professor, e o que se dirá do funcionário! Ele esta na zona de conforto, e hoje está político, amanhã não terá esse poder… tenho certeza!

  16. Walter Bergasse Responder

    Pois é, o estado está quebrado, então o Betinho, excelente administrador, vai colocar a casa em ordem. Mas esperem aí, quem quebrou o estado? Quem governou o estado na gestão anterior? Quem nos trouxe até a situação que vivemos hoje? E o Betinho não foi aquele que começou a Linha Verde (que até hoje não terminou)? O Betinho não nomeou o tal do Ezequias (o da sogra fantasma)? Não era o Betinho que subsidiava o transporte na gestão Ducci e agora diz que Curitiba não precisa mais de subsídio? Êta Betinho…

  17. Luis Indignado Responder

    Austeridade coma as contas pública concordo, cortar gastos, concordo, agora mexer no salário dos funcionários, principalmente aqueles que realmente trabalham e ganho pouco é um absurdo é a mesma coisa que roubar, por que não cortam os aumentos do próprio governador e da catrefa de deputados? olha o traiano anunciando concurso público na assembleia, isso pode né!

  18. O governador está correto em propor as medidas. Funcionários que estão reclamando e falando em greve é porque está perdendo algum privilégio. Aliás o único argumento que eles trazem na imprensa é de que não receberam o terço de férias e o governador em nenhum momento disse que não vai pagar. Só não pagou ainda é verdade porque não tem caixa para isso, creio que assim que for cortado os benefícios de muitos sobrará caixa suficiente para quitação desta dívida.

  19. Fico realmente impressionado com pessoas defendendo o governador, não fez nenhuma obra importante no primeiro governo, gastou muito em propaganda e agora virou as costas pro povo. Um erro não justifica outro, a presidente deve ser investigada e retirada do poder, mas esse senhor que governa nosso estado deve irno mesmo pacote. Por isso sou contra a reeleição, mostram quem são no segundo mandato. Acorda povo

  20. Luis Carlos Break Responder

    Na minha humilde opinião os professores tem muito mais inteligência do que esta imposta a eles pelos sindicatos.

  21. Esse Governador merece o nosso respeito! Custe o que custar mas vai sim colocar o Parana no caminho certo e retomar as perdas que os administradores anterior deixar ir para o “ralo” sem dó e nem piedade! #TacaLheOPauBetoRicha

  22. O Governo endividou o Estado e quer que os funcionários públicos paguem a conta. ISSO É UMA VERGONHA! QUE INCOMPETENCIA DESSE GOVERNO.

  23. Ká ká ká o que será que deu no piá de prédio, endoidou? Só pode, o cara é mais devagar que a tartaruga do Itamar. Acabar com vícios antigos? É mais fácil a camarada Dilma aceitar que no partido só tem ladrões, do que acabarem os maus vícios do serviço público.E também nas estatais, lugares para se pagarem bons e polpudos salários para amigos e apaniguados. Engana que eu gosto piá de prédio.

  24. carlos humberto A de miranda Responder

    Pois é o estado esta quebrado, então por que os deputados, não abrem mão de 50% dos seus salários e das verbas de representação, o governo não exonera a metade dos comissionados, ai não no bolso deles não, só dos assalariados, há tem mais, por que não corta a ajuda de custo (moradia) do poder judiciário. Será que o Betinho teria coragem?

  25. Poxa a pessoa que escreveu este texto é um sem noção, quer realmente reduzir despesas, comece a dispensar os funcionários nomeados, provavelmente a economia vai ser muito mais ampla que a comentada neste texto. Isto não tem nexo que a desgovernança do Betinho seja moralização e exemplo em administração. Vergonha para nós paranaenses tem um governo mediocre como este. O resultado das eleições leva a quela velha máxima, da confiabilidade das urnas eletrônicas adota pelo TSE. Vamos regredir e voltar na velha e confiável Cédula, para conferencia dos votos manuais 100% .

  26. josé carlos de andrade Responder

    Por que não fez no primeiro mandato? O problema de caixa te garanto que vem se deteriorando faz tempo não foi em janeiro que viu o que ia acontecer… além disso repito quero ver se tiver que pagar a baixada ai é fazer a cova e enterrar.

  27. No dia em que for um absurdo receber aposentadoria por ser governador do estado, ajuda moradia de 5 mil reais, ajuda vestuário, carros luxuosos para todos os escalões do governo e demais conveniados (com seus cartões corporativos), eu pensarei abrir mão do meu salário milionário e abusivo recheado com quinquênios e vale transporte indecente Senhor Fabio! Já que começou o debate, proponha ao governo do Estado do Paraná unir forças conosco, afinal, a união faz a força. O governador, os deputados, os juízes, os secretários, enfim, todos podemos fazer uma corrente em prol das mazelas deste Estado pobrezinho, um dos piores PIBs do Brasil.

  28. Eis o que não é mole caríssimo Fábio Campana

    GASTOS EXCESSIVOS, INDEVIDOS E DÍVIDAS DO GOVERNO DO ESTADO
    1- Gastos com publicidade 2012 – R$106,4 milhões; subiu 668% o gasto de 2011 e 2012;
    2- Retirada de verbas destinadas a professores pelo Fundep e paga para outros funcionários;
    3- Descumprimento da meta estabelecida pela Lei de Diretrizes Orçamentárias; gastou R$ 589 milhões além do previsto;
    4- Não destinou os 12% da arrecadação para saúde: destinou R$1,63 bilhão e deveria ter repassado R$2,17 bilhões, a diferença é de R$533 milhões que não se sabe onde foram parar;
    5- Não pagou PM e aos Bombeiros que participaram da Operação verão, R$145 mil;
    6- Possui 4.366 cargos comissionados (funcionários que não são concursados) que custam ao Estado R$18,6 milhões por ano. A cargo de informação o Estado de São Paulo possui 247 cargos comissionados;
    7- Deve R$6 milhões para produtores de leite, colocando em risco o Programa do Leite, 130 mil crianças serão prejudicadas;
    8- Aumentou o salário dos Deputados antes deles assumirem os cargos de R$20 mil para R$25,322. Por mês será gasto R$285 mil por mês;
    9- Liberou superaposentadorias para 8 ex-deputados um deles irá receber mais de R$60m mil por mês, em contrapartida diminuiu em 11% o salários dos aposentados que terão que retornar a contribuir.
    10- Aumentou o IPVA, Luz, Água, ICMS de 95 mil produtos;
    11- Cortou o subsídio do transporte integrado de Curitiba e Região Metropolitana;
    12- Deve a advogados que atendem a população desde 2010 aproximadamente R$70 mil;
    13- Gasta em salários com seus familiares R$1,5 milhão por ano e 4 parentes do Beto recebem salários do Estado e da Prefeitura;
    14- Aumentou seu salário da vice e seus secretários e os secretários especiais (assessores) para mais de R$33 mil

  29. Desculpe-me pela sinceridade. O prezado blogueiro deve estar sendo remunerado para escrever tantas palavras nefastas contra os servidores públicos e defender o governador Richa, que foi eleito na base da mentira. Como é que pode o Estado, até setembro/2014 estar em excelentes condições quanto as finanças e logo em seguida as eleições transformar-se para uma situação de calamidade financeira. Ora, os comissionados deste governador estão colocados também como conselheiros das estatais que estão por aí. Conselheiros fajutos. Aí está o derrame do dinheiro público. Porque não teve saco roxo para vetar o auxílio moradia para os juízes? É o cúmulo da safadeza receber auxílio moradia quem tem a sua casa própria. É o cúmulo da imoralidade um casal de juízes que moram juntos, ambos receberem o auxílio moradia, carro e outras benesses. É o cúmulo da irresponsabilidade parar 500 reais por reunião para 30 membros do CETRAN, justifica-se porque seu primo MARCOS TRAAD é o diretor do detran e vice presidente deste Conselho fajuto. Podem fazer 16 reuniões por mês. Sr Beto Richa, você está descompensado, promoveu uma gastança enorme no 1o mandato e agora quer recuperar prejudicando os já prejudicados servidores públicos. Para tanto trouxe um safado para Secretário da Fazenda, o alienígena Mauro. Beto Richa, chegará o dia em que você vai se defrontar com os servidores massacrados e ouvirá vaias, xingamentos e talvez receba ovos pela cara. Cara de quem não vale o que come.de um mentiroso, sem carater, cagão e safado. Vê se toma vergonha nesta cara, porque carater você já mostrou que não tem. Você é o Odorico Paraguassu do Paraná.
    E você Luiz Eduardo Sebastiani, ainda servindo a este canalha? Toma vergonha também. Ao trazer o alienígena, o seu amigo Richa mostrou que você foi incompetente. E estes vagabundos destes deputados estaduais que não servem para comer a merda que eu defeco. Sejam felizes e vaquinhas de presépio, mas o dia de cada um chegará. Já foram no supermercado para ver o preço dos produtos que o cidadão está pagando para comer? Tudo é fruto das atitudes baixas e vergonhosas que está tomando. Aliás, quem protege um corrupto confesso – Ezequias Moreira – , só pode ter o carater semelhante ao seu protegido. Beto Richa, tenho vergonha de ser paranaense e ter você, seu safado, como governador. Baixe o seu salário e dos seus secretários, que ganham dobrado, pois certamente todos são conselheiros de estatais. Fique satisfeito, voce já foi um péssimo prefeito, um pessimo governador. Mas a sua casa vai cair, vagabundo.

  30. Não sei,
    Já sou muito velho pra acreditar nesses arroubos de austeridade vindos de quem não se espera.
    Penso que o objetivo talvez seja apenas meter a mão no dinheiro do fundo (bilhões).
    Parte das medidas, inclusive, parece ser perfumaria para desviar a atenção deste fato.
    Medidas que só surtiriam efeito daqui a décadas, pois que atingiriam quem ingressar após a nova lei e que mesmo assim dependerá de regulamentação (o mesmo fez a União há 3 anos e ainda não regulamentou).
    Muito suspeito.

  31. João Camargo dos Santos Responder

    Tipo assim, os benefícios dos servidores são “injustificáceis”?? E os dos políticos? Que incoerência é essa?

  32. É Fabio Campana, vc não é professor… Essa honrosa profissão não é para qualquer um..

  33. Rafael athayde Responder

    privilegios? O aumento do governador é o q caro fabio campana? O governador esta colocando na conta de quem trabalha a culpa pelos seus erros!!! Nos comissionados ele nao mexe, no salario dele e de seus secretarios ele nao mexe!!! Beira a falta de carater esse seu texto

  34. Contingenciar 11 bilhões de um orçamento que é uma peça de ficção não é cortar despesas. Extinguir secretarias e outros órgãos desnecessários, mandar para casa comissionados que só recebem, acabar com a publicidade caríssima e inútil, viagens de turismo, etc é realmente cortar…

  35. Lindomar Oliveira Responder

    Uma tremenda falácia. O governo não paga um auxílio alimentação ao professor. Não lhe dá um plano de saúde decente e quando ele mais precisa tira-lhe um auxílio transporte.
    Nossos professores estão doentes, não tem um local digno de trabalho, sofrem com a falta de segurança dentro das escolas. Precisam se deslocar para várias escolas durante o dia. Vão para locais de difícil acesso. E esse ditador vem falar de enxugar a máquina pública. Para investir onde? Não existe bem de maior valor que a educação. Apenas sinecura deste governo não vêem a importância dela para o crescimento do estado. A mentira apregoada por este político vai ficar marcada em sua carreira pública. Não esqueceremos seus atos.

  36. Não acredito que estou lendo isso. Como um cara como você pode escrever em algum lugar, minha esposa é professora ha 30 anos, e nunca teve privilégio, o que ela conquistou foi com seu trabalho e determinação, e leciona com muito orgulho e amor, . Eu sinto vergonha de ler uma matéria dessa, é por isso que o país é de terceiro mundo e vai continuar a ser, pois tem políticos como esse governador e pessoas como que em escreveu isso.

  37. Márcio de Matteis Pinto Responder

    Classe Corporativista ????? Absurdo e no mínimo inconsequente dizer isso …. vá as escolas que não recebem o fundo rotativo desde agosto do ano passado, pergunte como fazem para comprar produtos de limpeza, serviços de cópias, lápis, papel higiênico ….. ou então converse com o conselho tutelar de sua cidade e pergunte onde estão depositados e quem cuida efetivamente dos menores infratores …. converse com um professor com 25 anos de profissão e veja se ele ainda tem total equilibrio emocional ……….. idiota, vá viver uma educação sucateada pelos desmandos governo a governo … vá a uma sala de aula com 3 a 4 alunos especiais e veja como é cuidar deles ……. quem educa ama …. sou professor porque amo o que faço.

  38. “Enfim um governador decidiu sepultar vícios políticos”….kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…..

  39. Gratificações previstas em lei, é uma das poucas coisas que valem a pena ser professor estatutário hoje. Retirar isso é pedir professores daqui por diante apenas contratados e sem formação plena. E quem muito fala do funcionalismo é por que nao teve competência para passar num concurso publico.

  40. Fabinho querido!
    Desde 1988 existe a exigência do PPA – (Plano Plurianual), para 4 anos (3+1) que resulta na LDO e LOA, proposta e sancionada pelo Governador. – Não pode por a culpa na administração anterior! –
    Todo mundo se esbaldou na isenção (renuncia fiscal) do IPI para o consumo.
    Consumo fundamentado no crédito!
    Chegou a hora de pagar a conta!
    Só aceitam cartão de débito!
    Fu*****!

  41. Só pode ser brincadeira ou este colunista ridículo esta com diarréia mental ! Beto Richa é o pior governador da história do nosso querido e amado PARANÁ.
    Mostra incompetência até para escolher aliados e gastar nosso dinheiro em propagandas mal intencionadas.

  42. UMA PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: POR QUE ELE(GOVERNADOR) DESCOBRIU TODAS ESSAS “IRREGULARIDADES”, ” BENEFÍCIOS “, PRIVILÉGIOS” OU COMO QUEIRAM CHAMAR OS DIREITOS ADQUIRIDOS PELOS SERVIDORES APÓS ANOS DE LUTA , SOMENTE DEPOIS DA REELEIÇÃO?? ALGUÉM PODE ME RESPONDER?? SERÁ QUE ELE FICOU MAIS INTELIGENTE APÓS AS ELEIÇÕES???

  43. Marcelo Augusto Santos Rigler Responder

    Sei que sua opinião não vai mudar, mas vale observar aqui que a primeira vítima desse tipo de situação já está sendo sacrificada. A verdade já era.
    O governo Beto Richa mandou um projeto de lei alterando coisas muito diferentes e pretende aprova-lo no trator, sem qualquer negociação. Os pontos que atingem o magistério e educadores: fim do quinquênio, por considera-lo redundante. Argumenta que nossos planos de carreira já possuem mecanismos de avanços. De fato possuem, mas desde Requião existem atrasos longos nas implantações. No entanto, o mesmo projeto que Richa mandou para a ALEP retira artigos dos Planos do Magistério e do QFEB, que acabam com qualquer possibilidade de avanço. Logo, com a aprovação do projeto toda redundância acaba literalmente- não teremos mais o quinquênio e nossos avanços dependerão unicamente da vontade política do governador.
    Quanto ao auxílio transporte: o governo hoje o considera salário (tá lá no site, é só pesquisar). Agora propõe a mudança da natureza jurídica do pagamento. Ou seja, será verba indenizatória. Essa mudança fará com que esse montante pago aos educadores não mais seja considerado como despesa de pessoal. Até aí tudo bem. Creio que grande parte dos trabalhadores está tranquila quanto a isso. O problema não está em ser verba indenizatória e em ser pago exclusivamente para a locomoção ao trabalho, mas sim na fixação em valor nominal na lei – hoje é indexado ao valor do salário. Na prática isto representará o congelamento do valor por meio de lei. Ou seja, só será reajustado quando houver vontade política do governador em mandar uma nova lei que o corrija.
    E, por outro lado o governo no mesmo pacote tenta armar uma tocaia ao funcionalismo. Ao pedir antecipação de créditos e também abocanhar o dinheiro da Paraná previdência conjuntamente com as demais medidas, impõe uma realidade chantagista ao funcionalismo: se esse pacote não for aprovado, não garanto pagamento de salários em fevereiro.
    Por fim, evidencia-se que está em curso por meio de “verdades parciais” a tentativa do governo de remeter à condição política o que antes era técnico e objetivo (os avanços por meio de qualificação e o auxílio transporte indexado ao valor do salário). Um governo sério trataria essas questões em separado e conseguiria boa parte dos bons objetivos alegados atualmente. Afinal, interessa a todos viver num estado financeiramente são que possa honrar suas dívidas, ao tempo que promove o desenvolvimento.

  44. Mt lindo os q defendem as medidas desse senhor…se passassem um dia com quarenta e cinco alunos em uma sala de aula..dez a doze horas por dia com certeza nao falariam asneiras.. Professores trabalham por amor a profissao..nao eh qq um q vira professor..se nasce-se professor…gostaria q vcs se colocassem no lugar de um professor..daquele q forma todas as outras profissoes…q hoje precisa cuidar..aconselhar….mts vezes vestir e comprar material..sem contar..as pessimas condiçoes q encontramos nas escolas…queria ver se esses q criticam passaria por esa prova de fogfog.nao critiquem coisas q vcs desconhecem….

  45. Falou o governador mais bem pago do Brasil..sobe o salario dele e dos cupinxas e nao paga professor

  46. Esse jornalista não tem moral para criticar a política salarial dos servidores. Com um passado de rabo presos com vários políticos ( principalmente Jaime Lerner ) o mesmo vem defendendo essa corja sabe-se lá por quais interesses.Como viram em nenhum momento critica o alto salário recebido pelo governador e secretários, pois jogar a culpa da falencia do estado no trabalhador é bem mais fácil, pois não tem o rabo preso com eles…

  47. ser loque gomes Responder

    Pois é, faço eco nas palavras do “Santos”: por que não fez isso no primeiro mandato? Acrescento: medo de perder a eleição!! Ai fica fácil né?

  48. ser loque gomes Responder

    Eu só tomo: na primeira “vez” do lulamolusco votei nele, dancei;
    na primeira e segunda “vez” do betinho votei nele (além de puxar alguns votos, de graça), dancei! Ainda bem que estou chegando na melhor das melhores idades e “democraticamente” não vou mais me sujeitar a essa palhaçada do “voto obrigatório”!!!!!

  49. Luiz Fernando Lara Responder

    Ah para. Todos sabem que o Campana é alinhado ao Beto, isso é fato, basta analisar seu blog. Só tem notícia pró governador. Além do mais quase foi escolhido para fazer parte dessa equipe de governo e seria mais um a se beneficiar das benesses dos comissionados a custa dos contribuintes. Na verdade acho que se fossem reduzidos os cargos comissionados em todas as esferas do governo, seria possível sim uma grande diminuição das despesas. Os gastos com publicidade, os gastos com os Senhores Deputados (que vão ganhar mais 25.000 litros de gasolina por mês para correr pra baixo e para cima, sem contar que custam para o Estado aproximadamente R$ 135.000 por mês contando subsídios, verbas de gabinete etc. Mas aí como apadrinhar os companheiros de partido e apoiadores das medidas esdrúxulas do Sr. Governador Beto Richa se tais medidas forem direcionadas para esses setores da administração pública? É mais fácil tirar daqueles que trabalham dia a dia para executar as políticas de governo (quando elas existem e não e o caso presentemente portanto fazem o máximo que podem) do que mexer com os peixes graúdos não é mesmo? Dessa forma, porrada no funcionalismo; porrada nos servidores. Só que isso tudo poderá ser um tiro no pé. Veja o IPVA já existe questionamento legal de que é inconstitucional. Vejam blog do Esmael.

  50. Cria vergonha na cara baixa seu salario e da sua familia susrentada pelo povo que sobra dinheiro.

  51. Em direitos trabalhistas não se põe a mão! É assim em todas as categorias. Esta questão do auxilio transporte foi sendo mantida, pois para leigos, muitos professores trabalham em 2,3 e até três escolas. Professor nenhum consegue sobreviver com carga horária de 20h e a dobra ou até triplica para sobreviver. Não rebem auxilio alimentaçao, moradia, gás ou bolsa. Salário e transporte somente. O plano de carreira, alvo de “desmonte” é o motivo de ainda existirem professores, que investem em um curso superior, fazem especializações e cursos. Estudam e muito para passar no concurso. O fato é que querem acabar com nosso fundo de previdência para utilizá-lo na quitação de um governo fracassado.

  52. FUNCIONÁRIO PUBLICO Responder

    DURO É SER FUNCIONÁRIO PUBLICO SENDO ADMINISTRADO PELO BETO RICHA. DETONOU TODO O DINHEIRO, NÃO INCENTIVOU A INDUSTRIA , NÃO INCENTIVOU A AGRICULTURA BAIXOU A ARRECADAÇÃO SÓ CONTRATOU PSS QUE FAZ COM QUE O DINHEIRO SAIA , CONCURSADO PELO MENOS A PREVIDENCIA FICA NO PROPRIO ESTADO.AGORA ELE PENALIZA O FUNCIONARIO PUBLICO TIRANDO O CONQUISTADO E DURAS PENAS PARA COBRIR OS FUROS DA SUA INCOMPETÊNCIA.
    AO CONTRARIO DO QUE FALA EM TODOS OS DISCURSOS DE QUE VAI PROVAR QUE O SEGUNDO MANDATO PODE SER MELHOR QUE O PRIMEIRO NO CASO DELE O SEGUNDO MANDATO SERÁ UM CAOS.
    ISTO É QUE É DURO

  53. Dizem que a classe política esta uma vergonha total, mais é esse tipo de governante que faz as coisas chegar a esse extremo. Beto Richa peça para ir no banheiro e não volte mais.

  54. Hã, combatente dos privilégios? kkkkk. Essa foi a coisa mais engraçada pra não dizer absurda que li nos últimos dias. Se este Beto paladino da moralidade existe por que ele não alterou a constituição do estado para acabar com as aposentadorias vitalicias de Ex governadores? “Há os professores recebem auxílio transporte de maneira imoral” e a “aposentadoria” da mãe desse senhor que se aproxima dos R$ 30.000,00 mensais por ela ser viúva de um ex governador essa é muito moral? Benefício este que se estenderá a ele próprio quando deixar o cargo, mas lógico isso não é imoral, é mérito.

  55. valeria regina Teixeira Responder

    Então os professores vão pagar a conta SA incompetência? Fomos nós que falimos o estado? Por favor! Então pensam que o professor recebe muitos benefícios? Não investem nada em educação !!!Quando as crianças não quiseram mais ir para a escola porque é um predinho feio e mal cuidado,quando a violência aumentar ,ai os GRANDES jornalistas vão começar a questionar onde foi que erramos!!

  56. A questão é que não teve nenhuma medida de austeridade no primeiro mandato, só gastou, gastou e gastou, tudo pra se reeleger. Se tivesse sido mais comedido, talvez essas medidas não fossem necessárias agora. Se tivesse aumentado os impostos no primeiro governo e gastado menos, certamente não chegaríamos a esse ponto. Mas a questão é que havia um projeto de poder em curso, e isso foi muito bem camuflado. Ora, os quinquênios existem a 45 anos e agora eles são culpados pela crise do Estado?
    O governador colocou as finanças do Estado na M. e agora a culpa é dos outros?

  57. Gostaria somente de uma resposta…
    Ficou 4 anos e agora que percebeu … Administração puramente incompetente ou na verdade houve tanta corrupção que o alvo mais fácil é a Educação…. Sem duvida … 🎯 gostaria de não ter nascido neste país… Me envergonho deste…..

  58. Quebrou o estado e agora quer dar uma de -bom administrador!!! vai tomar banho!! Ao o senhor que escreveu essas asneiras faço uma pergunta: Em qual governo o corte de gasto com a EDUCAÇÃO resultou em coisa boa?
    Sabemos que a educação é primordial, é o topo da pirâmide nos investimentos públicos, ou pelo menos era para ser.

  59. Fazer contingenciamento com quem ganha menos de 3mil reais é fácil. Já que a ideia é “sepultar vícios políticos da nossa tradição tupiniquim” ele podia começar revogando a lei que concede auxílio moradia de 4mil para os magistrados (bem mais do que ganha a maioria dos professores). Outra medida é reduzir o salário dele, mais ou menos 45 salários mínimos, para uns 20 e ainda continuaria ganhando mais do que 95% dos brasileiros. Parar de lotear os cargos do governo, coisa que o partido dele tanto critica no governo federal, para os aliados e implementar a meritocracia, algo que todo político tucano repete quando sobe em um palanque. Ele podia acabar com as pensões de ex-governadores. Outra coisa que ele podia fazer é explicar como o nosso grandioso Estado do Paraná, terra das araucárias, chegou a este estado tão deprimente mesmo com o maior aumento de arrecadação do Brasil. O auxílio transporte que o professor recebe é ínfimo (nem 10 reais/dia), perto do auxílio moradia de um juiz (que deve ganhar uma miséria para não conseguir pagar o aluguel como todos os outros servidores do Estado fazem).

  60. Realmente não é mole não!!! Pessoas que se dizem intelectuais, porém se matam para defender desgovernos como o atual, que mente descaradamente na campanha política enquanto na verdade, já sabíamos, estava afundando um estado inteiro. Consumiu com os recursos do Paraná para conseguir se reeleger, buscando benefícios próprios e de seus “cupinchas”, que tentam defendê-lo a qualquer custo. Já conhecia o Sr. Fábio Campana e o respeitava, mesmo sabendo que era um defensor entusiasmado do Sr. Beto Richa, mas agora ler o que este senhor escreveu em seu site me deixou boquiaberto. Para pessoas como ele o povo é o culpado por se manifestar pelos seus direitos, a corrupção não existe no Paraná, Beto Richa é um Santo, e ele é claro, não leva vantagem nenhuma em ser contrário a maioria da população, inclusive muitos que votaram neste senhor. Que pena, ainda existe benesses a serem cumpridas…

  61. Caro não é Barato Fabio Campana: Auxílio moradia magistrado, aumento de salário “26% deputados”, R$ 250.000.000,00 propagandas enganosas, desgovernador com maior salário do Brasil, nepotismo, pensão vitalícia da mamãe, funcionários do TCE auxílio moradia R$ 4.000 e tralalá, resultado do choque de gestão do desgoverno: Paraná quebrado, o Zé lambança nunca trabalhou na vida, garotinho mimado, mas DEUS é mais, aqui se faz, aqui se paga. Entrou na política na sombra do grande homem que foi seu pai, mas não honra o legado que se pai deixou.

  62. Votei no Beto e já me arrependi. Fiz isso, burramente, para não votar no petrossauro Requião. O velho senador é um atrasado, do tempo do onça, só pensa em políticas assistencialistas, tipo leitinho para as crianças, tarifas subsidiadas da Copel e Sanepar para os mais pobres. Jà Beto é um gastador, perdulário, acostumado desde jovem a gastar sem ter que se preocupar com nada. E Gleisi… essa não nem para comentar, deveria ser no máximo uma vereadora. O Paraná, um estado sempre mencionado como moderno e de vanguarda, parece não ser nada disso, a julgar por seus “líderes” políticos.

  63. Porque ele não começa diminuindo o salário dele e dos demais políticos que são exorbitantes, nem se compara ao salário de um professor!!! E ainda fora os auxílios que recebem, isso você não fala. Absurdo. É por essa falta de valorização do professor que o Brasil tá do jeito que tá, ignorância pura.

  64. Eduardo Moreno Responder

    Bem feito aqueles que votaram nele, daqui a 4 anos votem de novo bem feito, se elegeu e o povo que se dane, não vamos esquecer daqui a 4n anos viu Governador.

  65. NÃO É BEM ASSIM NÃO FÁBIO!!!

    Adequar benefícios para que sejam pagos de forma correta como no caso do vale transporte é uma coisa! Agora tratar das alterações apenas como uma “revolução” administrativa é uma afronta.
    O caus financeiro do estado não pode ser deixado de lado ou até mesmo ser separado das “adequações” que estão em curso.
    Trazer professores de volta para a escola esta correto. Agora mexer no fundo previdenciário é temerário pois depois não será reposto criando uma situação de dificil controle !!!
    Agora que há algo realmente equivocado nas finanças do governo isso há a décadas!!!
    A gestão das universidades estaduais é equivocada!!
    A gestão dos NRE´s é equivocada!!
    A Nomeação das regiões metropolitanas é uma bobagem, inclusive estes cargos chegam a ser ridículos!!! Mesmos os coordenadores regionais dos municipios menores!!!
    Como engenheiro trago algumas soluções não só levantamento dos problemas!
    Quanto as universidades por exemplo: Imagine a UEL com uma biblioteca de primeiro mundo – Biblioteca UEL/Fundação Bradesco, a UEM com a Biblioteca UEM/fundação ITAU e UEPG na mesma linha com alguma grande instituição privada ou alguma personalidade que “presenteie” a instituição e dê seu nome a ela! Até mesmo um fundo de ex-alunos! Tenho certeza que a turma de Medicina de 1990 faria uma doação especifica para algum setor da universidade!
    Outro ponto falando em medicina é de vincular ao formando que após formado este deve atender 10 horas semanais na rede pública ou no próprio hospital universitário durante três anos!!! Uma contrapartida pequena pelo ensino de qualidade e sem mensalidades que obteve!
    Tem muito mais!! A economia que o Parana tem em não precisar manutenir as rodovias pedagiadas, cade o dinheiro? Londrina dobrou sua frota de veículos nos últimos dez anos, e com veiculos novos cujo IPVA é maior! cade esta arrecadação?
    Entendo que tudo tem um começo e os trilhados pelo Beto seja o começo da segunda gestão dele, agora um mea culpa é necessário, pois fazer igual ao governo federal que gasta e na hora em que a conta fica maior apenas aumenta a carga na sociedade é bem difícil de aturar! Imagina você em casa economiza com um objetivo e seu parceiro ou parceira torra sem pudor! O que vai acontecer? confronto? Talvez!!!

  66. Concordo que alguns benefícios dos servidores deveriam acabar, a começar pelo auxílio moradia concedido aos juízes estaduais na gestão passada do nosso governador… Quantos salários de Professor cabem em 1 salário de juíz?

  67. Carlos Augusto Responder

    Fabio Campana, seu blog sempre foi parcial para o Beto, eu até entendo, pois Gleise e Requião de um lado, até eu seria, mas num momento como esse você poderia ser mais discreto, tentar justificar o governador nesse caso?? Ficar quieto seria mais bonito e não escancarar esse apoio ao governo estadual como fez com esse texto absurdo, vergonhoso, pra não dizer o pior. Você esta parecendo aqueles militantes fanáticos do PT, os tais ALOPRADOS que você tanto critica.

  68. Q texto tendencioso e MENTIROSO!
    Quem não conhece a situação realmente acredita nesse monte de mentiras.
    O professor perde o plano de carreira e os deputados tem aumento de quase 20%. Além do próprio aumento no salário do governador, que por sinal é o mais bem pago do Brasil.

    Um professor formado e concursado não chega a ganhar mil reais isso é um absurdo! E a ainda falam de regalia? Q regalia é essa? Salário de fome.

  69. Se é assim, por que o Belo Richa elevou seu salário, como o maior do País e colocou centenas em cargos comissionados? Faz-me rir

  70. Até pensei em comenar sobre o texto, mas lendo os comentários já publicados dedisti pois eles são muito agressivos ao autor.

  71. Estranho o seu comentário.

    Não foi visando a reeleição
    que o Beto governou no
    mandato anterior.

    Não cumpriu metade do
    projeto apresentado e aí
    partiu para a propaganda
    enganosa, alias muitos
    d vcs apoiaram e apoiam
    este tipo de gestão.

    Sem contar os favores que
    ganham exercitando este
    tipo de jornalismo.

    Agora, gostaria de ver meu comentário
    exposto e não simplesmente
    mandado para o lixo, já que pode
    não ser do gosto do nobre jornalista.

  72. Daqui a quatro anos os trouxas do Paraná poderão votar no Rossoni que já está em plena campanha para governador e daí poderão ver encenações públicas de devolução de dinheiro não gasto e etc. como fez na Assembléia.

  73. Estudamos anos. Fazemos faculdade, pós e concurso, não estamos na educação de favor. Trabalhamos duro sim, merecemos respeito.

  74. E aquele bando de chupins inúteis do TC querendo auxílio moradia de R$4.000,00 por mês.

  75. Parreiras Rodrigues Responder

    PQP – essa do presidente do Tribunal de Contas – invocando isonomia com o Tribunal de Justiça, pretender também auxílio moradia de 4 paus para os conselheiros daquele seu órgão é de amolecer o nosso órgão…
    Assim, não há tatú que aguente.
    Virou zona, com todo o respeito à casa da Otilia, ao 4 Bicos, aos antigos puteiros do Parolim.

  76. Não é possível tamanha baboseira. Pasme você, Fabio Campana, com o quanto o Paraná gasta com os salário e ”benefícios” que os deputados e este governador canalha recebem por ano. Me admira que um cidadão como você, que possivelmente seja leitor, culto e crítico, possa vomitar tanta asneira com tom tão desprezível como o do teu texto acima. Lamentável.

  77. Prezado Pai do Ferreirinha,

    Como blogueiro o senhor deveria ser imparcial, ainda mais como jornalista. Pare de jogar a culpa nas costas dos servidores, manda embora a cambada de apadrinhados no Governo do Estado. Disso o senhor não fala.

  78. se o salário dos professores fosse minimamente digno, não haveria necessidade de nenhum “benefício”.

    Ao senhor que escreve este texto, o sr consegue viver com 1300 reais?????? (Eu duvido muito)

    Aí o senhor vai dizer, mas os professores com duplo padrão recebem 2 vales, para que? Para cruzar a cidade, dando aula em 2 escolas diferentes, tendo de ficar 2h dentro do ônibus todo dia.

    O dia que os professores receberem 4000 em auxílio moradia, você pode criticar o excesso de benefícios, a verdade é que hoje, mesmo com “todos os benefícios” o salário do professor não chega ao valor do auxílio moradia de alguns… Mas nós somos os privilegiados, é claro.

    O dia em que o teto da aposentadoria valer para TODOS (inclusive políticos e juízes) você pode criticar tamanho privilégio.

    Aliás, antes de apoiar os cortes, vá visitar as escolas públicas, aposto que seus filhos jamais pisaram ou pisarão em uma.

  79. Professora Priscila Responder

    Quero fazer só um convite para os senhores que concordam com o “autor” deste texto: venham dar uma, apenas uma das minhas aulas, mas com a qualidade que eu faço. Preparando, estudando, gastando com cópia, e tudo mais.. aí vamos discutir justiça. Nem vou mencionar o aumento dos salários dessa corja de politicos. Como é que a gente pode esperar um país melhor com tanta gente ignorante??? Quero ver quem ensinará seus netos no furturo…..porque assimnossa profissão não mais existirá.

  80. Eugenio L. Junior Responder

    Verdade… O auxílio transporte dos professores quebrou o Estado. Ainda bem que foram:
    1 – Auxílio moradia para juízes retroativo a 10 anos;
    2 – Aumento do salário do governados, vice e secretários;
    3 – Aumento do salário do legislativo;
    4 – Verba do gabinete dos ilustres deputados;
    5 – Gasto com propaganda;

    Ainda que não foi isso que quebrou as finanças do Estado.

  81. exonerem todos os cargos comissionados que vai sobrar dinheiro. os fantasmas que ganham sem nunca aparecer no trabalho, que o ministério público investigue os comissionados…….aí está o dinheiro se esvaindo pro buraco. os nepotismos cruzados, parentes dos polítiocs em todas areas, com o nome publicado sem ser o nome completo, para não aparecer o parentesco. abram o olho. tem comissionado por demais da conta….. ea mulher do governador que nasceu em berço esplêndido que vá se prientar para falar mal dos professores. os filhos dela devem estudar em escolas particulares.limpe a boca antes de falar, está dentro do nepotismo também,,,,,

  82. Jaqueline Paula Pahares Responder

    Ohhhh rapaz… defender o seu bolso é o que é certo??? Quem leu o que tu escreveu pensa que diz a verdade… fala sério em camarada!!!

  83. Oxalá o país inteiro tivesse essa seriedade. Não teríamos essa máfia hoje instalada em Brasilia e nossa economia não estaria morro abaixo como está.

  84. PROFESSORA THAÌS Responder

    Sou professora e sei do que estou falando. O “benefício” do vale transporte é na verdade um aumento de salário que o Jaime Lerner não deu , ao invés disso fez o único benefício que temos que é ganhar uma porcentagem para vale transporte. Esses 200,00 reais deveriam fazer parte do nosso salário ja que é errado ter benefício. Tudo bem cortar o benefício quando estamos de férias, concordo, porém isso seria justo apenas se tivessemos um salário digno. Além disso querem acabar com o plano de carreira, ou seja, ganhar a mesma mxaria pro resto da vida, além de acabar com o aumento baseado nos juros que todas as coisas tem, por exemplo o pão aumenta todo ano um pouco, justo que o salário aumente também não é? Mas querem que além de o aumento ser menor que os juros querem quase acabar com ele passando de 5,% para 0,1%. QUEM NÃO PRECISA DA ESCOLA PÚBLICA ACHA QUE ISSO NÃO FAZ PARTE DE SEUS PROBLEMAS MAS QUERO VER QUANDO AS CRIANÇAS QUE NÓS TIRAMOS DA DROGA, DA MARGINALIDADE, DA PROSTITUIÇÃO COMEÇAREM A AMEAÇAR AVIDA CORDE ROSA DE VOCÊS, MATANDO SUAS FILHAS POR DINHEIRO PARA COMPRAR DROGA, MATANDO SUA MULHER PARA CONSEGUIR DINHEIRO. AÍ EU QUERO VER SE VOCES NÃO VAO SENTIR A DIFERENÇA DE UMA ESCOLA PUBLICA NO BOLSO E NA VIDA DE VOCÊS!!

  85. Ótimo, um governador que realmente está enfrentando e lutando para mudar as coisas no funcionalismo, SIM!!!! Epa… só nos servidores… o que ele mudou em relação aos privilégios da cúpula?? Ahhh aumentou ainda mais os salários… é, tira inda mais dos pobres pra enriquecer ainda mais os ricos… ou seja nada de novo!!! Apenas massacrando os servidores e não mexendo onde REALMENTE temos que mexer!!!

  86. Em tempo, o jornalista demonstra profundo desrespeito com a inteligência de seus leitores, patentemente expressa na construção frasal: “Enfim um governador decidiu sepultar vícios políticos da nossa tradição tupiniquim, a começar pelo hábito de governar para unicamente garantir a próxima eleição..”, pois vejamos:
    a) Beto Richa é governador recém reeleito, tendo então alcançado o ápice do exercício do cargo de chefe do executivo estadual, não subsistindo pretensão política imediata, sendo mais lógica a candidatura, ao final de seu atual mandato, para o legislativo (majoritária), para o que conta com a curta memória do eleitor;
    b) A situação financeira do estado não atingiu a atual condição de degradação de forma tão vertiginosa que nos trouxesse do paraíso “yuppie” da época da campanha eleitoral para o inferno “burundiano” de hoje, em tão curto espaço de tempo. A explicação de uma dinâmica macroeconômica que produzisse tal resultado sobre uma economia razoavelmente equilibrada, em tão curto espaço de tempo, daria Nobel de Economia na certa! Portanto, infere-se que a realidade das finanças do estado foi falseada com objetivos eleitoreiros;
    c) As medidas anunciadas não inovam, propõe o aumento de arrecadação pela extorsão tributária e diminuição de despesas pela supressão de direitos trabalhistas e corte de investimentos. Não prevê o estancamento da sangria de recursos por medidas de modernização de gestão, revisão de contratos e outras de cunho estritamente administrativo, que poderiam aumentar a qualidade do gasto público.

    Portanto, Sr. Fábio Campana, aí estão, de chofre, três singelas demonstrações de que o Governador continua afeto a vícios da nossa política “araucariana” e claramente atuou e atua visando as próximas eleições. Por favor, nos respeite!

  87. Tudo bem Fábio, vc tem razão(kkkkk) agora, já que deve ser cupincha do governador, pede pra ele pagar meu 1/3 de férias que ele não pagou e o salário de dezembro do meu marido que é PSS? por favor, to precisando. Pede pra ele cortar 1% d o salário dele ou da Fernanda que já dá.

  88. Sonia M. Padilha Responder

    Sr. Fábio Campana: você esqueceu o auxilio moradia dos juízes. Agora toda a culpa é dos funcionários públicos??
    analise o que escreve…ou vai virar um jornalista igual Teo da novela … ganhou quanto pra escrever isso.

  89. Concordo que o nosso pais está em crise e consequentemente nosso estado, mas você esqueceu de postar nas suas belas palavras que se está em crise o Excelentíssimo Governador deveria dar exemplo e reduzir em primeiro lugar os seus próprios gastos e salário, depois reduzir ao menos pela metade o salário dos deputados, depois reduzir o salários dos comissionados, hah sem esquecer o salário dos magistrados e cortar o auxílio moradia. Assim o funcionalismo público compreende que o corte de gastos é necessário e através de diálogo encontra-se uma solução para a diminuição da folha de pagamento do funcionalismo. Isso é DEMOCRACIA… Pois nosso Governador está agindo como um grande ditador.

  90. Impressionante a defesa! Texto muito bom, pra uma assessoria de imprensa de governo!

  91. Só quero fazer um singelo agradecimento, por nos condecorar com o gentil e educado título de MALTA CORPORATIVÍSTA, e concordar que somos ingratos e segundo suas próprias palavras nossa classe está mal acostumada a benesses e boa dose de LABORFOBIA!

  92. O povo do Paraná não sabe, mas um nobre deputado reeleito e muito tempo lá requisitou terras devolutas na região da Serra do Mar em meados de 1980, pressionava o governo federal e estadual recebendo altas quantias em dinheiro para preservar a região pois se tratava de Mata atlântica, em 2003 eleito presidente da câmara dos deputados estaduais devolve as terras ao Estado, com que preço? Dou um doce para quem adivinhar o nome do fanfarrão. Tenho certeza que o mesmo está devendo e muito pro povo paranaense. Vamos pedir que devolva toda o dinheiro que recebeu indevidamente do Estado. Não é só ele não tem vários, um deles está no TC a família do mesmo está no poder desde a época do Visconde de Nacar,mais de 300 anos no poder, fundador da cidade de Curitiba, um dos.

  93. É lamentável Sr. Fabio Campana, que a categoria tenha conhecimento de conjuntura política e das teorias que orientam as ações do governador Richa. Isso nos permite ir para o embate político, para a luta, nos permite lutar pelos nossos direitos, lutar contra essa incompetência governamental, lutar contra as garras dos neoliberais…

  94. Bom menino vc fez a lição certinha.Agora aproveite muito bem pois se algum da precisar de um voto do funcionalismo nem que seja pra sindico de um condomínio pode esquecer o povo brasileiro pode ate ter memoria curta mas os professores não .Fica a dica

  95. Tudo lindo, desde que ele corte os privilégios de sua família, seu e de toda essa corja, vamos começar por lá Betinho? E não pelo trabalhador honesto que ganha em torno de 3 mil mensais pra sustentar uma família inteira?

  96. Esse “governador” quebrou o estado no primeiro mandato, no seu choque de gestão, e agora arrocha o povo e quer se passar por vítima. Quem quebrou o estado foi você Beto Richa.

  97. Incrível a opinião emitida na matéria. Como pode o responsável esquecer se dos enormes reajustes q a cúpula dos três poderes se auto concedeu no decorrer dos últimos meses? Como pode esquecer também da falta de planejamento e da péssima administração a qual estamos submetidos? Como pode se esquecer do aumento dos impostos que já são altíssimos? Enfim, como pode se esquecer de tantos e tantos pontos fundamentais? Acredito que esta matéria trata de forma muito distorcida e parcial o assunto, além de tentar confundir seus leitores e desconsiderar os reais interesses do povo paranaense.

  98. Me explique porque foi reajustado salário dele e de deputados… Política não é profissão… se existe algo que tem de começar é parar de vocês, alienados, acreditarem que política é profissão!!!!! E deixe de escrever bobagens… ! Quem quer cortar gastos começa pela barriga!!!

    Greve por tempo indeterminado!!! E que polícias, bombeiros, todos do funcionalismo andem conosco!

  99. Nunca li tanta asneira junta! O senhor deputado já percebeu a “PEQUENA” diferença entre seu salário e o salário dos professores??? E se fosse o contrário? Não estaria também o senhor lutando por seus direitos? E por que os salários dos deputados foi reajustado há pouco, mesmo sabendo que seria preciso enxugar os gastos?? Lamento, deputado, mas quanto mais barulho eu puder fazer, farei. Educação é a base da sociedade e não deve ser menosprezada.. Seu texto é tão pífio que me impulsiona a lutar com ainda mais vigor pelos meus direitos.

  100. SOBRE o texto…VERGONHA VERGONHA VERGONHA…Fábio…pelo amor de Deus…teu passado tinha glórias ….vendeu a alma ao diabo e o pior…entregou….que triste…ninguém é tão idiota …

  101. deveria demitir os cupinhas que ficam mamando aí no palácio ……………e não tirar de quem trabalha………..vergonha

  102. Fabio, que falta de conhecimento. Sério pensava que para ser colunista teria que ter o mínimo do mínimo de conhecimento político e social. Diminuir os bilhões de gastos do governo você nem cogitou. Os benefícios do governo nem entrou em pauta. Você é do tipo que paga para os outros viverem bem. Sério tenha mais amor a si mesmo. A não ser que o Beto Richa pague suas contas. Ridículo seu comentário e totalmente alienado a realidade. São pessoas como você , completamente ignorante que faz o Brasil ser um dos países mais corruptos…

  103. APOSENTADA INDIGNADA Responder

    Indignada, revoltada com o que o sr Fabio Campana escreveu, venha ser funcionário público meu senhor, venha se submeter a um governo que só beneficia o proprio umbigo, Não é a classe do Magistério que levou aos caos o governo do Estado mas os desmandos, as próprias benesses, agora querem atirar pedras no funcionalismo póblico atribuindo a eles a não aceitaçao das medidas impostas.
    Tenho pena do Sr ao proferir tamanhas besteiras, seja realista e não seja conivente com este governo que quer prejudicar uma classe tão sofrida em nosso estado.

  104. Me responde então porque não corta o aumento de salário (altíssimo) do governador e dos deputados?? porque não corta o auxilio moradia dos juízes??? Porque só mexem nos ganhos da classe trabalhadora?

    Você que é trabalhador também paga as mordomias dessa corja!!

    GREVE GERAL para acabar com os desmandos desse DESgovernador!!!

  105. Os áulicos do Beto aparecem de todas as formas, seja ela através de pseudo jornalistas, como o Sr. escritor dessa matéria deprimente, lamentável sua atitude caro jornalista, quer iludir os poucos iletrados que não tem acesso a informação, defender um governador incompetente, marqueteiro, benesses é o que os cargos comissionados têm, um total de quase 4600, com salários exorbitantes, judiciário com 4600R$ de auxílio moradia, e o Sr. vem escrever asneiras, eu teria vergonha na cara.

  106. Isso poderia ser até justo, caso houvesse corte em regalias sem fundamento do prórpio governador. É muito fácil dizer que professeores recebem benefícios absurdos, mas o que recebem os secretários e o próprio governador não é absurdo? Que porcaria de matéria.. quem geriu o Estado nos últimos 4 anos foi o próprio Beto Richa, e só agora o Estado enfrenta problemas hahaha.. que palhaçada.. essa matéria é uma fraude igual ao governador!

  107. O sr. não sabe o que esta falando, nenhum professor ou funcionários goza desses privilégios que você falsamente afirma. Outra coisa, esse governo que o sr. esta pretendendo defender conseguiu voto das famílias paranaenses para se reeleger porque prometeu investir na educação, na saúde e na segurança (como seguidor dele o sr. sabe bem disso). Mas o que ocorre agora é que ele, Beto Richa, traiu a confiança de todo o povo paranaense. Ao tomar posse e se ver garantido no poder, tirou a máscara de bom politico e mostrou sua verdadeira face. Todas as promessas de campanha foram jogadas no lixo. Todo relatório apresentado durante a campanha que apontava q. o Paraná estava com as contas em dia esta errado. Pq. agora em janeiro ele apresenta outro afirmando estar o Estado em crise econômica, sem dinheiro nem pra pagar salários e rescisões dos inúmeros chefes de família que ele demitiu. Isso, o sr. deve saber. é caso pra MP pq. um mandato não pode deixar dívida pra outro mandato, não é?! Se ele, seu amigo Beto Richa tivesse falado a verdade, esse movimento já teria começado há muito tempo e ele nem teria se reelegido. Das duas uma ou o sr. não fale daquilo que desconhece e/ou não tente seguir a mesma pratica da mentira usada por esse seu amigo porque o povo paranaense tem memória e lembra das promessas de campanha. Memória sabe?! Aquilo que o sr. parece não ter ou, por interesse talvez, faz de conta que não tem.

  108. Já está passando da hora de colocar o Paraná nos trilhos. E muitas medidas, às vezes, são mal compreendidas, mas necessárias. É óbvio que deve existir uma diminuição dos salários dos Deputados e de outras benesses. Os professores, que sempre tive e tenho verdadeira admiração, respeito e agradecimento por terem me dado tudo o que hoje possuo, não podem se igualar a certos políticos, que querem tudo para si e nada para os outros. Vejo que o pagamento – por mínimo que o seja – de condução em época de férias e de licença não são justificáveis. A democracia é boa, por falta de algo melhor, para dirimir quaisquer assuntos de interesse das classes sociais e do próprio Governo. Tudo deve ser analisado e debatido entre os Professores e o Governo, ara que não possamos tirar conclusões muitas vezes precipitadas.

  109. Se ele cortasse benificios do seu cargo dos deputados,juizes e outros o estado nao estaria no fundo do poço. Tire dos mais favorecidos e nao da classe que ttabalha hoje para comer amanha.i

  110. José Leonardo Macedo Responder

    Destes 11 bilhões 8 será um saque compulsório do fundo previdenciário das servidores e a nosso revelia.
    Apoio a esses atos governamentais de cortes aos professores só pode ser uma brincadeira, aliás deve esta apoiando o plano de carreira do legislativo e o auxilio moradia do tc.
    A educação está em frangalhos.

  111. Dicelma Oliveira Responder

    Ler essas coisas, são o que desanima acreditar em alguma coisa… Meu caro Fabio Campana, Eu não saíria de casa, deixaria meus filhos pra ir dar aulas nas escolas publicas no estado que estão…. Infra estrutura a desejar, pessoas desmotivadas a trabalhar entre N outras coisas… Agora pergunto uma coisa, VOCÊ daria aulas todo motivado pelo salário que pagam aos professores?? O receber vale transporte nas férias é muito pouco perto do que merecem… Professores deixa de ser somente uma profissão, passa a ser um dom divino e tem que ser respeitados e reconhecidos em seus salarios e beneficios e etc. Se esse é um Orgulho que o no governador vai ter, em tirar isso deles… Sinto muito, mas vai entrar pra história da mesma forma que o Alvaro Dias entrou… PROFESSOR A GENTE PRECISA CARREGAR NO COLO E AGRADECER POR SAIREM DE SUAS CASAS PARA COMPARTILHAR SEUS CONHECIMENTOS E REVISÕES QUE FAZEM SEMPRE, PRA NOSSOS FUTUROS PROFISSIONAIS NÃO VIREM EM SEUS BLOGS ESCREVER ABSURDOS COMO ESSE.

  112. POLÍTICA É PARA OS VOCACIONADOS. NÃO É PROFISSÃO. POLÍTICO DEVERIA SERVIR A POPULAÇÃO, NÃO FICAR EM CARGOS POR MUITOS ANOS COMO RICHA, REQUIÃO, ÁLVARO DIAS, TRAIANO(TRAÍRA), ROSSONI, KHOURY, ANIBELLI, BELINATI, GRECA, ROMANELLI, TODOS TRAIDORES DA POPULAÇÃO PARANAENSE…

  113. Corajoso mesmo teria sido ele anunciar todas essas medidas antes das eleições. Provavelmente ainda o teríamos eleito. Talvez com maior margem. Em tempos de roubo institucionalizado, um candidato que ousasse se recusar a enganar os eleitores prometendo medidas populistas ou escondendo a intenção de adotar as que não o fossem; que se recusasse a seduzir os eleitores, possivelmente teria conquistado o voto das pessoas com um mínimo de inteligência. Até porque não tínhamos opção, considerando quem eram seus adversários. Não teríamos estômago para votar na Gleisi ou no Requião. Mas essa sim teria sido uma demonstração de “peito” e de respeito.
    Ficar agora se justificando, fazendo-se de vítima ou demonizando as “corporações” é algo que se poderia esperar de qualquer político medíocre.

  114. Absurdo é o aumento dos deputados,quem escreve uma matéria dessa e um sem noção… Esse é o Brasil pouca vergonha

  115. ILZA ALESSANDRA FRANCISCO DE M Responder

    Se você entrasse durante um dia em uma sala de aula, entenderia o quanto somos humilhados, com um numero excessivo de alunos, falta de recursos, falta de respeito. O salário se fosse comparado aos do deputados da Alep, aí sim seria um absurdo esse aumento de 5% a cada 5 anos. O que vc não explica é que temos que investir com recursos próprios em nossa carreira pra que o salário inicial suba um pouco. Mal da pra sobreviver com o salário de começo de carreira. Por favor, não escreva o que o Senhor desconhece, mesmo porquê se hoje você vem desmerecer conquistas de anos de luta dos professores, nunca se esqueça de que foram eles que te ensinaram a ler e escrever, infelizmente no seu caso essas barbaridades. Reveja sua postura ex-aluno de vários professores.

  116. Quem concorda com a forma do governadorzinho administrar o Pr está totalmente alienado, pois a reforma pretendida tem que iniciar por ele, seus familiares, cargos comissionados, juízes e etc… Mas não, este ser quer começar por quem realmente trabalha neste ESTADO, que são os policiais, profissionais da saúde, PROFESSORES e população no geral. E para parecer um bom moço depois de reajustar o próprio salário diz que vai devolver o do mês de Janeiro. Enfim, pague o que deve, não de auxílio a juízes e comissionados, eles sim não precisam, já tem benefícios de mais pelo pouco serviço prestado…

  117. Esta na hora de o povo sair para as ruas, começando com os funcionários público prejudicado desse rico Paraná, e botar fora esse governadorzinho medíocre.

  118. Se ele pagasse um salário decente para o professor, nem precisava pagar auxílio transporte extra. Se faz isso é para maquiar a CLT e não pagar direitos trabalhistas sobre isso. E muito me espanta ver que tem gente dependente de escola pública defendendo mais essas medidas.Ele deveria começar reduzindo o salário dele ao de um professor e com apenas os mesmos direitos.

  119. Cláudio Luiz Deodato Responder

    São pessoas como você e como o Senhor Beto Richa que não deixam o país crescer! Em qualquer país desenvolvido a Educação e os Educadores são tratados com respeito e dignidade!

  120. Sra ELIANE. Você diz que é uma vergonha este texto porque deve ser uma das que mama nas tetas do Paraná porque está num cargo em comissão, isto é, entrou no Estado pela porta dos fundos. Lanço um desafio: contradiga o texto, sua indecente.

  121. É isso aí sr blogueiro, vamos retirar 12 mil professores em funções administrativas -e por consequência desatualizados – e juntar com os professores q estão ativos -tão ativos q não sobra tempo para se atualizarem tb- e vamos esperar o melhor IDEB de todos os tempos-até pq a mulher do ilustríssimo governador colocou este assunto em pauta esta semana.
    Isso é um absurdo- retirar auxílio transporte em período de férias? Concordo, mas pq só dosprofessores? ???????
    E isso não é o único motivo de indignação dos trabalhadores da área de educação…

  122. Lamentável como os formadores de opinião vem trabalhando neste país! Acredito que nos mais de R$ 200 milhões em publicidade ele não deva mexer. Pimenta nos olhos dos outros é refresco! Mas nada como um dia após o outro. A justiça humana na maioria das vezes falha, mas há uma que é infalível.

    Lamentável meu caro!

  123. Professora Fernanda Responder

    Este texto é vergonhoso e parece coisa de gente alienada que não está 100% a par da situação. Acho que o Sr. Fábio Campana deve achar que governador que aumenta seu próprio salário, o de sua mãe, que nunca trabalhou pelo estado, que enche de cargos comissionados e gasta milhões com propaganda está “enxugando gastos da máquina pública”.

    Aí ele TORRA O DINHEIRO PÚBLICO e decide botar professores e funcionários públicos de carreira para pagar as contas, interessante!

  124. Cidadão Atento Responder

    A coisa não é tão simplista assim Fábio.
    Se por um lado é verdade que ajustes precisam ser feitos, não é menos verdade que devam ser de forma isonômica. Por exemplo penalizar duzentos reais de auxilio transporte de um professor enquanto juízes, promotores deputados e agora também o pessoal do Tribunal de Contas, recebem mais de quatro mil reais de auxílio moradia.
    Se de um lado é verdade que professores e outros servidores realizam um serviço aquém da linha da mediocridade (claro que existem exceções), com atestados frias e etc, de outro também é verdade que a péssima gestão que tem sido implementada no Estado nos últimos anos pelo menos, tem contribuído de forma decisiva para isso.
    Uma pena que a falta de competência generalizada (Beto, Requião e outros) tenha levado nosso Estado a esse caos.
    Infelizmente não vai mudar.
    Talvez com as redes sociais e os sindicatos mais organizados a coisa não sejam tão simples como garantiu o secretário paulista que o Beto importou para “ajeitar” o azedume.

  125. por acaso, o senhor sabe o significado da palavra ” malta” que citou no início do texto? De acordo com o dicionário ” Significado de “malta” sf 1 Grupo de pessoas de baixa condição. 2 Gente vagabunda, desconhecida e de má aparência. 3 Malandragem, súcia. 4 pej Bando, caterva, grupo,multidão”
    Para seu conhecimento, sou filha e irmã de professora, e não lhe dou o direito de chamar minha família e a classe de professores por esse adjetivo!!! Malta, são os senhores deputados que ganham mais de R$ 20.000,00 por mês só de salário, e quando são chamados para defender o povo, pelo qual foram eleitos, preferem lamber os pés do governador!! MALTA são os secretários de estado desnecessários, que até hoje, ninguém sabe para o que servem . MALTA são os cargos políticos comissionados, que só servem para acomodar os aliados do governador!! Então, sr Fábio Campana, antes de falar de uma classe que trabalha, e levou mais de 20 anos para ter seus direitos reconhecidos, o senhor DOBRE A LÍNGUA!!!

  126. E os Policiais Militares que nem vale transporte e vale refeição tem?? Muito menos hora extra.. Seu hipócrita!!! Engraçado que quando o Governador e Deputados aumentaram seus salários você não falou nada, e ainda quer dizer que o funcionarismo tem muitos direitos?? Vá lavar essa cara….

  127. Para quem quer enxugar gastos, aumentar o próprio salário e dos deputados é um despropósito

  128. Uma coluna como essa presta um desfavor a sociedade, ao tentar empurra-la contra os.profissionais da educação. Esses 60% é uma.mentira descabida. Qual a base racional para uma pessoa que quer enchugar o funcionalismo

  129. Ele pode estar tentando reorganizar as finanças do estado, mas eu pergunto, por que, diante de uma crise, reajustou seu próprio salário? Por que tem gasto tanto dinheiro em marketing? Por que os professores e os alunos é que tem que pagar por suas manobras administrativas errôneas? Turmas superlotadas, colégios com ensino técnico sem coordenação (sequer de estágio), colégios sem funcionários para fazer a merenda, limpar o colégio ou cuidar da secretaria, e por aí vai… Cortar privilégios é uma coisa, desestruturar a escola pública é outra.
    Gostaria que o blog fosse verificar a realidade da escola pública antes de falar sobre tais questões.

  130. Cade a PEC para a Constituição Estadual extinguir a aposentadoria para ex-governadores, uma indecência contra a CF 88, quero ver se ele tem coragem de mandar isto para a ALEP, pois afinal tem que contribuir por 35 anos para a previdência e isto de fato não acontece. Tem q contribuir para receber aposentadoria, então acaba com esta farra de vir governar por 4, 8 anos em alguns casos meses para administradores de cargos eletivos. Tem q estatutário para pagar esta conta?

  131. Será que ele irá abrir mão de sua aposentadoria daqui a 4 anos, mesmo sem ter contribuído para isso como acontece com com os professores que precisam contribuir por 30 anos?

  132. Sra ELIANE, seu comentário foi postado em 6 fev, às 22:03 h, então o texto ao qual a Sra se refere deve ser o do FABIO CAMPANA e não ao meu comentário postado em 6 fev, às 22:01 h. Neste caso peço-lhe que me desculpe pelo provável erro de interpretação. Peço sinceramente desculpas. É que o estado emocional tem sido muito ferido por este governador FDP, que está criando o pânico entre os funcionários.

  133. Que vergonha o comportamento dos professores do Paraná. O pior é que são governados por gritalhões quase sempre sem estudos(sindicalistas).

  134. ESSE GOVERNADOR ESTÁ COM A CORDA NO PESCOÇO DE TANTA DÍVIDAS QUE FEZ NESSES PRIMEIROS QUATRO ANOS. FEZ MUITOS EMPRESTIMOS GASTOU TUDO AFUNDOU O PARANÁ FINANCEIRAMENTE E AGORA VEM PRA CIMA DA EDUCAÇÃO PARA DESESTABILIZAR E PROVOCAR E QUEM DEVE É COBRADO.

  135. Daniel Lenharo Responder

    vocês publicam como se todos os funcionários tivessem 5% a cada ano. Isso só vale após ter trabalhado 25 anos. E no máximo por 5 anos. antes disso eles não recebe nada disso.

  136. É só diminuir o salário de todos os parlamentares que dá certo. Quando falta dinheiro no estado os prejudicados são os professores e demais servidores, mas o políticos recebem regalias e aumentos em plena crise!!!! Nada imparcial!!!

  137. Quanto ao retorno de professores as salas de aula sou solidário, mas a respeito dos cortes de benefícios ganhos a duras penas, não é da forma como alguns estão colocando. Ele cita que existem progressões, no entanto estas não estão sendo aplicadas em alguns institutos. Ele pode até fazer ajustes, mas não congelar direitos adquiridos. Que o faça primeiro com os privilégios dados aos que nunca vestiram a camisa, e nada produzira, que são apenas cargos obtidos por ocasião política.
    A partir do momento que não são respeitados os ganhos de plano de carreira, fica difícil acreditar neste grupo político que governa o Estado.

  138. Parem de reclamar do govarnador e vão reclamar do preço da gasolina, vão reclamar dos impostos! Bando de hipócritas.

  139. Quem consegue escrever algo assim, no mínimo é conservador, autoritário tanto quanto quem promove as desgraças que nosso estado sofre.

  140. Privilégios que beiram o absurdo??????

    E o aumento do salário do Sr Governador? E o salário da esposa do Sr. Governador e de sua mãe que chegam a 30.000 mil cada…. isso não é absurdo?

    ABSURDO é uma classe (policiais, área da saúde e professores) terem que fazer greve para serem ouvidos…. ABSURDO é essas classes ganharem 2.500,00 em média por mês enquanto deputados, senadores, governador sem o estudo que essas classes tem ganham 20 / 30 mil…. ABSURDO é que quando eles querem um aumento, ou um auxílio, moradia por exemplo de 4 mil, tudo é votado bem depressa. Enquanto um aumento de salário de professor de 5% é dividido em 3 parcelas….. Ah me poupe Sr. Campana volte para a escola, por favor.

  141. CESAR ERICO MORAES Responder

    Pena que o senhor escreveu meias verdades! E os benefícios concedidos a poucos dias aos servidores do tribunal de contas? Isso também impacta na conta final… E os cargos como do atual Secretário de Educação que não tem experiência pra ocupar essa pasta, imagine quanta despesa gerará… E os familiares dele, será que são competentes o necessário para exercer as secretarias que ocupam e fazerem projetos sem gastos desnecessários? Sou professor e concordo que não poderia ter benefícios como auxílio transporte durante as férias. Mas nosso estado é um dos mais ricos da federação e mesmo assim é mal administrado pelo atual governador e sua equipe!

  142. BrasilZonaTotal Responder

    Vai terminar igual o Aécio, ou seja, rejeitado e sepultado no próprio estado. O modelo de gestão psdbista é tirânico, tira de quem não tem pra dar aqueles que muito possuem. Beto tá muito mal assessorado, entupiu o estado de cargos comissionados. Já a Dilma tá fudida (melhor palavra impossível). Falta uma terceira via, que ainda não existe, pois os supostos sobressalentes são horríveis.

  143. De fato, o auxílio transporte para professores afastados deve ser revisto na mesma medida em que deve ser revisto o auxílio moradia para juízes que tem casa própria. Ou seja, sr. Fabio Campana, nosso governador parece ter dois pesos e duas medidas: aos professores nada, ao judiciário (que acobertará suas falcatruas) tudo. Quanto à previdência do estado, o Richa vai meter a mão nas reservas tanto quanto quer meter a mão nas áreas de proteção ambiental. Já viu né? Concordo que seja necessário rever muita coisa na Secretaria de Educação, por exemplo (como professores longe das salas de aulas, etc.) e que medidas antipáticas devem ser tomadas. Mas não são essas e não é assim, em menos de duas semanas antes do início das aulas, arbitrariamente, afetando professores já lotados há muitos anos nas escolas. Planejamento? Nenhum! Bom, depois, do caso da água em São Paulo eu creio que não se pode mais esperar nada da classe política brasileira, além da indiferença com milhões de vidas humanas. No caso do governo do Paraná, que não foge à regra, eficiência administrativa passa longe. É apenas pilhagem de uns para favorecer outros. Com muito desprezo pelos funcionários públicos que não interessam e não favorecem o jogo sujo do governador .

  144. Regina Terezinha Scolaro Responder

    Sei que receber vale transporte em período de ferias é absurdo. Mas os deputados vivem de férias e ninguém cirta a quota de combustível deles.
    Vai estabelecer teto para aposentadoria, tudo bem desde que os nobres deputados também recebam suas aposentadorias nesse mesmo teto e o governo também.
    Não estou falando pir mim não que eu nem recebo o valir desse teto. Infelizmente, mas estou falando pir quem paga 11% do seu salário em vima de outros valores e depois, na hora da aposentadoria corta oeka metade. Porque não faz isso no salário do Judiciário pra ver o que acontece.
    E isso que estou falando não é porque sou contra o Beto não, pelo contrário, sou crucificada pir ter estampado meu apoio a ele. E também não sou professora, por opção, pois minha formação é. É só por a mão na consciência. Os professores deveriam ganhar mais que os deputados, só pelo fato de ter que aguentar aquelas criaturas… em sala de aula. Ganham muito pouco sim.

  145. Será que o senhor possui uma capacidade de raciocínio tão estreita? Por que não acabar então com os privilégios dos deputados estaduais, dos secretários e do próprio governador? Afinal, política não deveria ser considerada carreira profissional e portanto não necessitaria de aposentadoria e verbas de gabinete que beiram os 400 mil reais anuais. Com o corte dessas prerrogativas o Estado ampliaria rapidamente suas receitas. Outra solução seria taxar as grandes fortunas, as transações imobiliárias, as heranças e não produtos e serviços, o que acaba afetando as camadas mais pobres, ou seja, 99% da população. Esse seu antipetismo é tão raso e rasteiro que não vi nada igual nem nas redes sociais. Por favor!!!!

  146. Na esfera federal já acabaram muitas regalias desde 2003…Não existe mais quinquênio. ..anuenio…vale transporte de férias? ?? qual a lógica? ? nao gosto do beto mas aprovo as medidas…

  147. osni a. da silva Responder

    Sr Fabio Campana
    Não fale o que o Senhor desconhece, você vem desmerecer conquistas de anos de luta dos professores.
    Indignado…
    Osni

  148. ” Hoje, a cada cinco anos de trabalho o funcionário público tem o seu salário aumentado em 5%. Não há arrecadação que aguente.” Pergunto: QUANTOS ANOS OS ATUAIS DEPUTADOS ESTADUAIS TRABALHARAM PARA MERECER O ATUAL “AUTO-AUMENTO” de 26% , FORA OUTRAS MORDOMIAS COMO A QUE ESTÁ PUBLICADA NO DIÁRIO OFICIAL DE RECEBER 25.000 LITOS DE COMBUSTÍVEL POR MÊS?

  149. Complementando : por favor sr Fábio Campana: leia esta manchete: Deputados terão 25 mil litros de combustíveis por mês para gastar no Paraná
    O Diário Oficial da Assembleia Legislativa do Paraná de quinta-feira (5) traz a distribuição das despesas com combustíveis que estarão à disposição dos deputados estaduais com o início da nova legislatura. INACREDITÁVEL!!!

  150. Concordo em acabar com vale transporte em periodo de ferias,e lembrando q professores estao sem receber suas ferias,e todo ano quer aumento e mais aumento pelo jeito so estao nessa profissao pelo salario, q é bom porque se nao fosse nenhum professor compraria uma hailux ou uma capitiva ja. Vi muitos professores com carroes.

  151. Já viu muitos professores com carrões?? e o que isso quer dizer ?? acha isso uma justificativa?? então se eu receber uma herança e for professor eu tenho que me ferrar com um fusca?? e pelo jeito você deve ter alguma magoa com professor pq escrever “Hailux” nem preciso fala nada!

  152. acho um pecado você dizer isso dos professores como se isso fosse o real motivo de eles estarem em greve, boça fechada não entra mosca..

  153. A respeito dos comissionados não vi nenhuma matéria, bem como, do aumento do salário do Governador, aquele auxilio que foi dado aos magistrados, propagandas caríssimas na TV em horário nobre, etc… etc… e infinitos etc…

  154. Acho bem estranho as pessoas criticarem o professor por receber aux. transporte nas férias, mas ninguém fica indignado com o professor passando finais de semana preparando aulas, corrigindo provas, estudando, sem ganhar hora-extra, trabalhando de graça. Enquanto os políticos ganham um absurdo, e quando tem sessão extraordinária ainda ganham hora-extra sem falar no aux. trasnporte que recebem q e muito maior q o nosso salário, dá ppra pagar uns 4 professores juntos.

  155. Que engracado, Beto sempre tão correto, então Porque Não fez no primeiro mandato?

Comente