Uncategorized

Governo cede, mas professores insistem
em barrar votação na Assembleia

professoresalep

Mesmo depois do governador Beto Richa e 37 deputados da base de apoio anunciarem, na noite de ontem, a manutenção de benefícios exigidos pelos professores e servidores (leia post abaixo), os professores mantém a disposição de intervir na votação da reforma na Assembleia para barrar as mudanças.

A manifestação dos professores produz grande ruído, mas esbarra na confortável maioria da bancada governista. Ontem, 37 deputados (dos 54) assumiram o compromisso de aprovar a reforma com as concessões feitas pelo governo. Mais, vão tranformar o plenário em comissão geral para acelerar o processo. Os professores chamam isso de “tratoraço”.

Os professores alegam que há exigências fundamentais ainda não atendidas. Reclamam porque o governo cortou 30% dos funcionários dos colégios – 10 mil servidores, segundo levantamento da APP-sindicato. Algumas escolas tiveram o quadro de servidores reduzido a um funcionário. Perderam merendeiras, pedagogos e diretores-auxiliares.

Além disso, o sindicato quer a contratação de 15 mil professores temporários – contratados via Processo Seletivo Simplificado (PSS) – para iniciar o novo ano letivo. A Secretaria da Educação anunciou que deve chamar dez mil deles.

O atraso no pagamento do terço de férias e da rescisão dos 29 mil professores PSS que lecionaram no ano passado também é ponto de discórdia. Essa dívida, segundo o governo, deve ser paga até o fim deste mês.

11 Comentários

  1. Muito pouco diante da possibilidade do governo lançar mão do dinheiro da Paraná Previdência. Possibilidade que seria um enorme roubo ou confisco de dinheiro pertencente aos servidores públicos que contribuem e contribuíram para a formação do fundo.

  2. jaime rodrigues Responder

    ROUBOS DA PETROBRAS OS PROFESSORES NAO VAO PARA A RUA.

    SÓ PENSAM NO UMBIGO DELES.

  3. ANTONIO CARLOS Responder

    SENHOR JAIME RODRIGUES,
    O senhor é mesmo um pobre politicamente falando. Por isso, pela sua pobreza política, é que o sr e outros iguais ao sr. são massa de manobra dessa corja de sem-vergonha que está hoje no poder. O sr. foi pra rua por causa da quebra da Petrobrás? O sr. tem filhos na escola? Se tiver , deve ser na escola particular. Para de falar asneiras em seus comentários de mal gosto. Tem momento que o silêncio é ouro. Aprenda a respeitar as lutas legítimas e fundamentadas dessa categoria prejudicada e que forma esse país, que são os educadores!

  4. ANTONIO CARLOS Responder

    SENHOR FÁBIO CAMPANA,
    Em que país o sr. vive? De que jornal ou canal de comunicação sério o sr. tirou a informação que o salário médio de professor no Paraná é de 8 mil reais?
    professora entra no estado ganhando pouco mais de 1.260 reais, nunca te falaram isso?
    Ter um blog é muita responsabilidade e exige uma consciência crítica muito apurada, então cuide mais das informações que o sr. publica no seu blog.

  5. vão acabar com a previdência no Paraná e tem pessoas defendendo o Governador Meu Deus!!!!

  6. Mírian Waleska Responder

    Essa PTzada não quer nada, querem apenas desviar o foco dos roubos do partido. O LEMA É AGITAR!

  7. Existem certos comentários que são verdadeiras peças de museu, haja vista o de Antonio Carlos, que deve ser professor ou defensor dos mesmos, por tão contundente ataque de “MAU GOSTO”. Deve ser um desses professores que fizeram com que o Paraná passasse de 1° (primeiro) lugar, no índice do IDEP, para 8° (oitavo) lugar. Os professores devem dar os melhores exemplos de paz, de generosidade e de sapiência.Não podem tergiversar para não caírem no ostracismo.

  8. Que lindo! Servidores mostrando com exímia educação que a ALEP pertence a população! Não há depredação, lixo no chão e o mais importante, ao menos ontem não fomos roubados por conchavos de um governo falido. E utilizando as falas de nosso governador ” pessoas com educação superior, são mais difíceis de se controlar “.
    Os papéis rasgados, que depois foi limpo, representa o que não temos nos colégios, e o hino nacional ao som dos educadores a ecoar pelas galerias, deixa claro que a EDUCAÇÃO É O ÚNICO CAMINHO PARA MUDAR NOSSO ESTADO E TAMBÉM O BRASIL!
    Parabéns a todos os servidores estaduais do PR

Comente