Uncategorized

Professores permanecem em greve

hermes-leao-presidente-app

A paralisação de professores e funcionários de escola, deflagrada no último dia 9, continua por tempo indeterminado. O movimento, que registra alta adesão, é fortíssimo. E o objetivo, agora, é reabrir as negociações sobre os outros itens da pauta.

“Logo no primeiro dia greve nós protocolamos um ofício informado ao governo sobre a decisão da assembleia, que deflagrou a greve, bem como solicitando uma audiência de negociação. Até o momento, não recebemos resposta”, explica o presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Leão. Além disso, ele relembra que a reinstalação da greve se deu baseada em uma pauta que vai além da retirada dos projetos de lei 06/2015 e 60/2015.

Hermes destacou que esse silêncio, por parte do governo, só dificultou ainda mais a saída da categoria da paralisação. “Sem debate do conjunto de medidas, não temos condições de avaliar o desfecho da greve, então ela pode ter uma duração longa”, avaliou. De acordo com o presidente da APP, a categoria decidiu na assembleia que deflagrou a paralisação que antes de voltar para as escolas o governo deve garantir o fim do desmantelamento da rede.

“Logo após a reeleição, o governador Beto Richa escolheu a educação como alvo constante de ataques. O início do ano letivo foi totalmente comprometido após a adoção de medidas que em nenhum momento foram debatidas com a categoria ou com a sociedade”, lamenta Hermes. Ele relembra de outubro para cá o governo suspendeu a eleição de diretores(as), taxou aposentados(as), fechou turmas e escolas, demitiu educadores(as), entre outras coisas.

14 Comentários

  1. “O direito irrestrito de greve transferirá aos sindicatos um poder de chantagem que, nos serviços essenciais, castigará a sociedade inocente”

    APT sindicato, digo app.

  2. Do Interior... Responder

    Fala para o PT, PSTU e APP fazerem greve no governo federal para pagarem os royalties que deram o calote. Sem isso, não haverá salário….

  3. Com todo a minha idioticia eu pergunto: ” Os professores tem razão certo?” O Governo tem razão certo?” E nós pais passado uma, dua, treis ou quatro semanas de os nossos filhos sem aulas a quem cobrar ? Ao PT ao PTSU, ao PMD,ao PP. ou sei la aquem?

  4. Parabéns aos Professores assim os Deputados Estaduais não conseguiram fazer mais uma pilantragem !

  5. PRIORADO DE SIÃO Responder

    almejo q se esse auxilio moradia – ridículo – R$ 4.000,00 pros pobrezinhos – continuar a coisa tem q feder …!!!!!!!

  6. VLemainski - Cascavel Responder

    Gostaria que o governador tomasse uma atitude mais radical contra esses grevistas políticos. Não remunerar os dias parados e ter que recuperar posteriormente os dias gazeados seria uma ótima solução. Resolveria definitivamente o caso em 60 dias. Nosso país é primeiromundista em direitos e quintomundista em obrigações.

  7. Maria Victória Borghetti Responder

    O ódio aos professores tem explicações que podem clamar por teses psicanalíticas e sociológicas (e outras!).

    O ódio é fácil de identificar: as pessoas em uma sociedade como a nossa não gostam de se verem como crianças, possuem vergonha da infância, e o professor é a figura que mostra nossa infância. Sua figura nos amedronta, ele é uma testemunha de que não fomos sempre adultos. Diante dele estamos nus, ou melhor, estamos na condição de quem chorou de medo, de quem fez xixi na calça, de quem foi pego fazendo algo errado etc. Queremos fugir de tudo isso. Não queremos nada com essa memória. Por isso, mesmo que nossos filhos dependam dos professores, não lutamos pelos salários deles e não nos importamos com a escola. Também governantes agem assim diante do professor. Esse é o dado psicanalítico.

    O dado sociológico é o ciclo vicioso de piores salários que levam a piores professores e, então, piores professores que surgem para a sociedade como não merecendo salário algum. E sendo assim a sociedade não pressiona governos em favor de salários de professores.

    A questão sociológica é possível de ser quebrada, a primeira é mais difícil, talvez impossível.

  8. fica dificil da gente entender quem esta certo!

    o Governo quer reduzir gastos, professores estão reivindicando seus direitos
    mais fico decepcionado com tudo isso.

    professores recebem 360 reais a cada 20 horas de vale transporte até ai tudo bem, sabemos que temos 399 municípios no parana onde atuam os professsores a maioria moram próximos as escolas, em cidades abaixo de 10 mil habitantes que são muitas no parana os professores recebem o mesmo vale transpote isso 40 horas 720 reais se não bastasse muitos ficam de atestado sem ter problemas nenhum de saúde, tiram férias e mesmo assim recebem seu vale transporte integralmente os aposentados também. na empresa que trabalho não tenho essa vantagem de receber vale quando estou de férias, o vale transporte não seria pra aqueles que estão na ativa.

  9. Alguns sindicatos são espécies de parasitas do desenvolvimento do país, principalmente nos últimos 12 anos e nos próximos quatro.

Comente