Uncategorized

Tarifa do pedágio para litoral de Santa Catarina sobe a partir de domingo

do G1 PR:

A partir do próximo domingo (22) o valor do pedágio cobrado na BR-376 e na BR-101, que cobrem o litoral de Santa Catarina, vai estar mais alto. A tarifa, que antes era de R$ 1,80, passa a custar R$ 1,90 no trecho explorado pela concessionária Autopista Litoral Sul. A saída de Curitiba para o litoral catarinense é pela BR-376, passando pela praça de pedágio de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana da capital do Paraná.

O aumento, de 5,56% foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e passa a valer e todas as cinco praças de pedágio do trecho: São José dos Pinhais (PR), Garuva (SC), Araquari (SC), Porto Belo (SC) e Palhoça (SC).

Outros reajustes
Em dezembro do ano passado, outros dois reajustes em valores de pedágios foram anunciados no estado paranaense. Em cinco praças de pedágio da BR-116, entre Paraná e Santa Catarina, subiu 7,89%. Os veículos que antes pagavam R$ 3,80 passaram a pagar R$ 4,10.

No trecho entre Curitiba e as praias paranaenses, desde o dia 1º de dezembro, os motoristas pagam R$ 16,80 na praça de pedágio localizada em São José dos Pinhais. O valor até então era de R$ 15,40.

5 Comentários

  1. Poderia incluir o percurso (KM s) do trecho avaliado do Paraná/Santa Catarina e o trecho Curitiba/ litoral paranaense, para esclarecer e perceber o quanto somos explorados.

  2. Mesmo para qualquer desatento ou que não viaje muito é um absurdo
    saber da diferença que existe entre o pedágio de Santa Catarina e o
    nosso Paraná. Subir dez centavos !? Ou a concessionária é honesta
    demais ou do Paraná é ladrão. Fico com a segunda !!!

  3. Francisco Carlos Responder

    Preço justo. Valor semelhante deveria ser cobrado nos nossos pedágios do PR (BR-277 e outros), se não fossem as maracutaias do Sr. Jaime.

  4. Entra Governo e sai Governo, inclusive do fanfarrão que dizia ou o PEDÁGIO BAIXA OU ACABA. Não baixou e não acabou, ocorreu o contrário SUBIU de preço. Está na hora de sabermos ao certo o POR QUÊ de não ser resolvido esse problema do PEDÁGIO MAIS CARO DO BRASIL.

Comente