Uncategorized

Negociações avançam e governo pede fim da greve dos professores

sciarra-casa-civil

O Governo do Estado assumiu compromissos de não alterar direitos e benefícios dos servidores públicos durante reunião hoje com representantes do sindicato dos professores. O secretário Eduardo Sciarra, que comandou o encontro, também afirmou que qualquer alteração no plano de previdência do funcionalismo será amplamente debatido. Ele ressaltou ainda que as rescisões dos professores temporários – PSS – serão pagas integralmente na próxima terça-feira, dia 24. São R$ 82 milhões. Com relação ao terço de férias, os pagamentos foram agendados para fevereiro (R$ 12 milhões), março e abril, em duas parcelas iguais de R$ 72 milhões. O governo também assumiu compromisso de discutir questões da organização das escolas com os professores. Sobre este último item haverá novo encontro com o secretário Fernando Xavier Ferreira (Educação) e a direção da APP-Sindicato nesta sexta-feira. Com o avanço nas negociações o governo pede o início das aulas no menor prazo possível.

12 Comentários

  1. Não existe nenhum avanço de negociação. O X da questão são os 8 bi da previdência dos servidores públicos. Ele, o elemento beto richa quer este dinheiro para pagar salários, mordomias e comissão dos deputados; auxílio moradia de magistrados, promotores e agora de conselheiros, auditores e procuradores o TCE, pessoas que entraram no TCE por indicação política ( sem concurso público ). Logo,logo, será concedido o auxílio-moradia para os Secretários. Isto é uma aberração. Para conceder estas benesses não há falta de dinheiro. Não se pode permitir que o elemento roube os 8 bi. Nunca mais devolverá.
    Daqui 4 anos sai do governo e BABAU DINHEIRO! O gato vai comer!
    Elemento é como os PM chamam os vagabundos, bandidos, estupradores e outros mais por aí. O servidor público não pode permitir ser estuprado pelo beto richa.

  2. Sou professor e quero voltar para sala de aula o mais breve possível, porém, é necessário colocar a casa em ordem, na situação atual é muito complicado. A comunidade escolar (pais, alunos, professores e funcionários) merecem respeito!

  3. Fica difícil o governo negociar com os professores, enquanto o TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO acaba de aprovar mais um super benefício para o contribuinte paranaense pagar. Haja arrecadação!

  4. Guindonlhem de Daudilha Responder

    Um assunto tão importante, nossas crianças sem aula, quando tem já não aprendem muito, eu esperava que o governador estivesse na mesa negociando com os professores.

  5. Avançam ? não estou sabendo. Os professores representados pela APP sindicato não tem que negociar a pauta é está e ponto final. Depois querem explicações porque o IDEB caiu nos quatro ultimos anos. Do primeiro para o oitavo. O desgoverno do PSDB quebrou o PARANA e esta sucateando a Educação.

  6. Do Interior.... Responder

    E o calote do Pronatec e as roubalheiras na petrobrás, pela capivara vermelha petista, nada!

  7. A “evangélica” mara lima se é evangelica e deve conhecer a biblia, na biblia não existe o termo “apropriação indébita”,mas apenas não furtarás, não roubarás, e para Deus ela está apoiando um furto ou roubo, o que leva para a condenação eterna no lago de fogo e enxofre, caso não se arrependa a tempo, antes que ela morra.
    DEPUTADA MARA LIMA
    O Dinheiro do Fundo Previdenciário pertence ao Servidor Público, que mensalmente tem descontado, compulsoriamente, em seu Contracheque.
    Não é Caixa de Governo.
    Roubar o fundo previdenciario é a mesma coisa que roubar qualquer coisa, é pecado.Mara Lima vc não acredita na biblia? vc é evangelica ou uma hipocrita falsa que se diz cristã? Acha que Deus aprova isso que vc está fazendo? Vc pode esconder dos homens, mas de Deus não esconde, vc sabe no fundo que estpa pecando. Cuidado com a mão de Deus, se vc crê, pois parece que já vendeu sua alma para o diabo.

  8. Caro FÁBIO, essas novas informações sobre a greve dos professores vem apenas para confirmar que o GOVERNADOR BETO está equivocado, pois está apenas ganhando tempo para refazer o caixa do estado para liquidar os compromissos do ano passado com os professores. No ano passado faltou com a verdade quando afirmou que as finanças do estado estavam em ordem, que tinha dinheiro no caixa e que o segundo mandato seria melhor que o primeiro. Eu acreditei e mais 70,0% do paranaenses. Fomos enganados. Insistiu no certo quando propôs o corte nas despesas e aumento das receitas. Está correto, porém tem que cortar no executivo, reduzir o numero de assessores a níveis de 2.010, reduzir numero de secretarias, alterar esses assessores que estão negociando com os professores, pois eles perderam credibilidade. Troque logo antes que a população comece a ´perceber que todos nós paranaenses fomos enganados pelo seu grupo político. E em sendo verdadeiro, adeus candidatura ao senado. Acorde e veja o que aconteceu com o ex-governador ALVARO, levou 20 anos para melhorar imagem com os eleitores paranaenses. Atenciosamente.

  9. Estou ansiosa para ver o que o Sr. irá escrever sobre a aprovação do auxílio moradia de 4.337,74 dos conselheiros, auditores e procuradores do Tribunal de Contas. Afinal, pagar auxílio transporte para professores em período de férias (que todo mundo sabe que é para equiparação salarial) é imoral para o blogueiro, receber 4.3337,74 de auxílio moradia, sem precisar comprovação e pago até pra quem tem casa própria, deve ser perfeitamente normal.

Comente