Uncategorized

PR libera R$ 5,5 milhões para universidades

O Governo do Paraná liberou ontem R$ 2,7 milhões destinados ao custeio dos hospitais das universidades estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG) e Cascavel (Unioeste). Outros R$ 2,8 milhões serão liberados para a UEL pagar o Pasep.

2 Comentários

  1. Antônio Carlos Martins Júnior Responder

    Essa é a prova mais evidente que os governos dos estados estão fazendo suas partes, porém a dona Dilma andou cortando R$ 7 bilhões da Educação, o maior corte de todas as pastas.

  2. valdecir trindade Responder

    O custeio das universidades públicas (federais e estaduais) atribuído ao contribuinte é o que existe de mais anacrônico e injusto em termos de politica educacional no Brasil. A cada dia me convenço que a cantilena do ensino público em todos os níveis é uma estupidez ímpar, pois os tesouros da União e dos Estados não tem recursos para manter essa máquina em funcionamento. Como já se disse, a coberta é curta; quando se cobre os pés a cabeça fica ao relento. Por isso que sempre critiquei a política de ensino superior público. A meu ver o ensino superior prestado pelas Universidades públicas deve ser pago pelos alunos que possua recursos e gratuito para àqueles que não possua, situação essa facilmente de ser aferida. Assim os custos da educação seria democratizado e não concentrado no tesouro estatal. Lamentavelmente as esquerdas influenciam os governos, que por serem fracos não tem a coragem de confrontá-las. Confio que com a adoção dessa política as universidades não correriam o risco de ficar insolventes, e não faltaria mais o básico papel higiênico nos seus banheiros.

Comente