Uncategorized

Escárnio, vaias e mixórdia

alep - 24.02

Os manifestantes que acompanham a sessão da Assembleia nas galerias estão fazendo inveja à plateia do Silvio Santos. Até o famoso Roque, agora é representado pelos deputados da oposição, 5 deputados dos 54. Os animadores incentivam as vaias para qualquer manifestação de outros deputados. Os manifestantes obedecem com vaias, xingamentos e ofensas. “É o escárnio com a população. Todo esse amor pelo Estado, defendido com tanta paixão, teremos numa máquina funcionando perfeitamente após esse processo, mas ao contrário, advinha em quem eles vão colocar a culpa?”, diz um deputado vaiado.

16 Comentários

  1. A culpa são dos próprios deputados que não respeitam o povo que os elegeram e sim ao poder que fazem acertos !

  2. Sergio Silvestre Responder

    Eu assisti ontem um pedaço dos pronunciamentos dos deputados e tem ali um sujeito chamado HUSSEIN,MACRI, deve ser Libanes,o cara é uma anta,começou num assunto e partiu para a ignorância,não sabia se defendia o governo ou fazia media,um boçal.

  3. Quem são os verdadeiros inimigos da educação?
    Estes manifestantes parecem hamsters de laboratório, repetindo sempre o mesmo ritual:
    – deputados PTistas e assemelhados podem falar, com breves interrupções para aplausos, não importa a bobagem que estiverem falando.
    – deputados governistas são tão vaiados que sequer são ouvidos, não importa se o que estiverem falando é justamente o que os professores queriam ouvir.
    Grande “educação” que estão ensinando com seu exemplo: não converse, não negocie e não ouça, invada, destrua e roube.
    E quando foram apresentar a conta dos estragos, ainda disseram com petulância de “mano da comunidade”: “é pouco, foi barato e eu posso pagar”.

  4. Vivemos num mundo onde mostrar a verdade está fácil demais. Por favor documentem em tempo real tudo…A população já está se revoltando com tanta baderna. Sábado , Domingo e feriados não tem baderna nas ruas..Estão descansando , quando chega segunda, hora de ir trabalhar a baderna tá aí e nós pagamos as contas..Muito preocupados com a Educação.

  5. Culpa da “maioria burra” que apoia este governo.
    Como ouvir um deputado que vai ao plenário da AL, palco de tantos momentos memoráveis para a política do Paraná, para fazer o que fizeram?
    Fica difícil, seu Campana…
    Quem sabe, se os deputados roedores passarem a votar de acordo com a verdade, ética e justiça, a coisa fica mais equilibrada em favor do povo.
    Paderemos até esquecer os outros partidos reacionários de ultra direita…

  6. Zé Venancio, que verdade é esta de que você está falando? Você por acaso esteve na Assembleia no dia da invasão? Viu quem são os que invadiram o prédio? Você estava junto quando os invasores roubaram os bens da Assembleia? Levaram até garrafa térmica, para não falar em microfones, bandeiras e xícaras. Que tal você fazer esta avaliação.

  7. Porque esses mesmos deputados não vão apoiar a paralisação dos caminhoneiros em protesto ao governo Dilma?

  8. È o retrato fiel do que este país está se transformando. Uma verdadeira “zona do meretricio”! Uma classe política desacreditada, mentirosa, mal intencionada e mal educada. E ainda por cima, com demonstrações deste naipe na chamada ” casa do povo”. Que povo? Quando que o povo foi proprietário de lupanar?
    Pois que se matem, pois no estado atual das coisas,nenhum dos lados faz falta.
    E o fato disto estar acontecendo na Assembléia Legislativa não faz a menor diferença, pois aquilo transformou-se em terra de ninguém.

  9. Quem ainda se surpreende com a ação deletéria desses “mestres”, por favor, dê um jeito e grave secretamente algumas aulas desses “professores”, principalmente no ensino fundamental.
    Aquilo ali virou um aparelho do partido comunista. Nessas aulas, a única coisa que acontece, são loas a Fidel, a Stalin, a Lenin e outros genocidas; a Lulla, à Dilma, e ao resto do bando. Sli o Mensalão não existiu, e o Petrolão é apenas mais uma mentira da imprensa golpista.
    Meu filho, que estudava no Estadual, recebeu uma “lição de casa”, valendo nota 10, no boletim; ou seja podia tirar 0 na prova, que o 10 tava garantido: Passar um final de semana no acampamento do MST, ouvindo junto adultos e sem-terrinhas, palavras de convencimento; assistindo filmes e palestras, verdadeiras sacanagens comunopetistas, e tudo sob hinos e gritos de guerra, contra o “maldito capitalismo”, e contra azelite.
    Garoto bem criado, bem formado, mandou-os enfiarem aquela nota 10 solenemente no primeiro orifício que e encontrassem.

  10. Os professores não pararam para pensar que a invasão realizado na Assembleia Legislativa traria dores de cabeça e sem justificativa plausível, pois virou, infelizmente, num verdadeiro ASSALTO a bens materiais da mesma, trazendo prejuízos o erário público. Se a classe continuar se acadelando para os interesses escusos dos partidos de oposição, em especial, o PT estaremos inseguros quanto a educação que poderão dar a nossos alunos. Responder por crime de furto devido a certos professores intransigentes não fica bem para a classe do professorado.

  11. O Paraná não pode viver eternamente sob a vontade dessa gente. A democracia esta morrendo antes de atingir a maturidade. O fato é que esses baderneiros não hesita em lançar mão de qualquer pretexto para demonstrar seu caráter torpe. A esquerda CORRUPTA afeita às guerras e toda hostilidade, tem que pagar tributo elevado por suas safadezas. Professores propagadores do ódio atualmente correspondem a 90% dos educadores das universidades e instituições públicas

  12. Veredicto, seu post é deveras ” profundo ” para contribuir com a questão levantada.
    Um dia, quem sabe lhe levo a um manifesto dos professores, para confirmar não somente minha presença nele, mas também os efeitos que uma falcatrua engendrada por pessoas de pouquíssimos princípios morais e éticos, são capazes com suas atitudes para dizer o mínimo, ilegais, ocasionar no grupo mais organizado e íntegro em suas reivindicações do que os servidores públicos estaduais, professores e professoras incluídos.
    Sim, caro veredicto, pois se bem notou, pois penso que por seu ácido post esteve lá na ocasião, notou que vários servidores de diferentes repartições e secretarias também participaram do evento, inclusive moradores de rua, frentistas, e outos profissionais que vendo o volume do movimento talvez também tenham aproveitado a ocasião para externar seus sentimentos sobre o atual mandato da AL…
    SUCESSO PRÁ VOCÊ.

Comente