Uncategorized

Filme da história de Lula foi patrocinado por empreiteiras da Lava Jato

lula - filme

Leonel Rocha, Época:

No início do filme Lula, o Filho do Brasil, dirigido por Luiz Carlos Barreto e lançado em 2010, anuncia-se que a obra “foi produzida sem o uso de qualquer lei de incentivo fiscal federal, estadual ou municipal, graças aos patrocinadores”. Na lista de patrocinadores, no entanto, constam as empreiteiras Odebrecht, Camargo Corrêa e OAS, as três maiores do país e que são investigadas na Operação Lava Jato, da Polícia Federal e do Ministério Público. Policiais e promotores apuram desvios de até R$ 10 bilhões no esquema do petrolão. A cinebiografia também foi patrocinada pela EBX, do empresário Eike Batista.

11 Comentários

  1. Do Interior... Responder

    Nós pagamos os impostos. Os impostos vão para as obras. As obras são superfaturadas para manter os marginais do poder e para aumentar o lucro das empreiteiras para que estas façam as doações aos partidos. As empreiteiras, com este lucro, patrocinaram o malfadado filme. Logo, você contribuinte, pagou o filme e a roubalheira da petrobrás.

  2. Agora fica óbvio como poderia a história desse jumento alguém ter algum interesse nisso, é auto-promoção! Pais de “M” !!

  3. Ppenso que a película foi vista somente pelos envolvidos com a Lava Jato…
    Fracasso total…

  4. Pequena correção. O filme foi dirigido pelo Fabio Barreto,filho do LC Barreto,que é o produtor.Naquele evento “em defesa” da Petrobrás na ABI,LC e Luci Barreto acompanhavam o Molusco quando ele ameaçou chamar o exército do Stedile. Tudo gente fina…

  5. E o filme do José Dirceu vai ser com o nosso dinheiro. Viram, depois da prisão ele vai se transformar em herói! É pra acabar!!!!!!!!!!!!!!

  6. Caramba, mas quanto custou aquele lixo? – Ah, tá certo! – Lógico; e não poderia ser diferente: Até aquilo,foi superfaturado.

  7. É uma audácia colocar o nome do filme de Lula o filho do Brasil. De-
    veria chamar filho da ….

Comente