Uncategorized

Governo considera greve abusiva e pede que Justiça decrete sua ilegalidade

sciarra - reuniao

O governo entrou na sexta-feira, 27, com um pedido de liminar judicial para que a greve dos professores da rede pública seja decretada ilegal. O governo passou a considerar a greve abusiva porque resolveu toda a pauta de reivindicações dos professores e não há motivo para que a paralisação prossiga, prejudicando um milhão de estudantes.O governo ainda estranha o fato da APP-Sindicato apresentar nova pauta, com novas demandas, rompendo o acordo firmado na quarta-feira, 25, entre as as duas partes, governo e sindicato.

Essa nova pauta foi protocolada hoje pela APP-Sindicato pede a reabertura das negociações, desconsiderando os avanços e conquistas atendidos. O governo sustenta que a rede estadual está pronta para a retomada das aulas e espera que os professores voltem o quanto antes para as salas de aulas nas 2,1 mil escolas estaduais. “Não existem mais razões administrativas, operacionais e financeiras que impeçam o início do ano letivo. O governo fez todo o possível para resolver a situação do magistério. Agora temos que voltar para as salas de aula para que os alunos não sejam prejudicados ainda mais”, afirmou o secretário da Casa Civil, Eduardo Sciarra.

10 Comentários

  1. Waldete Zeferino Responder

    parabens, Governador, tem que cortar o ponto destes folgados.

    até que enfim vamos acabar com esta farra do Requiao e do PT

  2. folgados, querem receber sem trabalhar,, ]

    preguiçosos,

    acabar com a farra do Pt e do Requiao

  3. juvenil de andrade Responder

    CORTA O PONTO , NAO PAGUE O SALARIO NO FIM DO MES,

    PROCESSO DEMISSAO POR FALTA NO TRABALHO

  4. Avanço é o nome de um desodorante muito consumido por professores, demais servidores e outros integrantes das classes menos abonadas do país, que não têm jetons extras, muito menos auxílio moradia. Aliás, muitos deles trocariam a esmola que dizem ser o salário deles por este auxílio moradia…
    O governo considerar a greve abusiva e “ordenar” o início das aulas é risível, no mínimo.
    Os comandados de Beto esvaíram o seu governo de credibilidade, agravada pela entrevista que o próprio deu à Folha de São Paulo, publicada neste ótimo blog.
    Vai dar mais um pouco de trabalho, consertar as ratadas do bom baiano…

  5. JOAO SEM TERRA Responder

    Contra os caminhoneiros a Justiça agiu rapidamente, agora vamos ver contra os demais.
    O governo federal subiu os combustiveis pela Petrobrás e agora determinou a alta da energia elétrica pela ANEEL, está na hora da bancada do PMDB do Pr, baterem de frente, já que inclusive fazem parte do governo federal.

  6. Caro FÁBIO, a população do PARANÁ já havia percebido que os professores da APP estavam comportando-se como bandidos nessa negociação com o frágil governo BETO. Em função dessa fragilidade financeira das contas do estado, os professores abusaram e conseguiram o limite possível a ser fornecido pelo estado. Agora desejam ajustar novamente a pauta e continuar a greve. O governo deixa de tratar com bandidos da APP, agora deverá negociar com MERCENÁRIOS, classe muito mais agressiva e funesta. Porém os mercenários podem ser comprados, apenas elevando um pouco mais o soldo, e nesse caso, nos intervalos eles poderão até dar aulas para os jovens, contudo não assumindo o compromisso com a qualidade do serviço entregue. Serviço esse que já é de baixa qualidade, apenas conferindo os valores do IDEB. Vamos aguardar o dia 02.03.15, em seguida iniciar procedimento de demissão dos faltosos. Negociação com MERCENÁRIOS deve ser DURA, porém não como com os membros da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA, que trata os adversários com PORRADA. Defendo a liberdade de opinião, liberdade de imprensa e liberdade de investigação. Apoio a proposta de ” o sul é o meu país” e proponho o IMPEACHMENT JÁ da DILMA, agora no poder, para evitar maiores constrangimentos e VERGONHAS a sociedade brasileira. Atenciosamente.

  7. Maurílio Viana Pereira Responder

    E os R$ 8.000.000.000,00, da previdência dos servidores, o (des)governo, desistiu?

  8. Abusiva é a pratica de um governo que não paga em dia seus servidores e não dialoga com as categorias. Um governo que tenta impor sua vontade a qualquer custo sem qualquer debate com as partes interessadas.
    ‪‬

  9. Os verdadeiros professores não estão nessa orquestra de agitadores e baderneiros, não têm consciência de que os maiores prejudicados são os alunos e por conseguinte toda a sociedade.
    É preciso educá-los..

Comente