Uncategorized

Professores decidem pela manutenção da greve

greve-  vila capanema

da Gazeta do Povo:

Professores de todo o Paraná se reuniram em assembleia nesta quarta-feira (4) e decidiram rejeitar as propostas do governo estadual e manter a greve da categoria, iniciada em 9 de fevereiro. O encontro aconteceu no estádio da Vila Capanema, no bairro Rebouças, que ficou lotado de docentes.

Após o término da assembleia, os grevistas sairão do estádio em passeata até o Centro Cívico. A intenção é acompanhar a votação, na Assembleia Legislativa, do projeto de lei que extingue a Comissão Geral. Apelidada de “tratoraço”, esta medida permite que projetos sejam aprovados em um período curto de tempo, sem a análise individual por comissões da casa legislativa.

31 Comentários

  1. junior MARIANO Responder

    CORTA O PONTO

    NAOI QUEREM TRABALHAR

    AINDA RECEBENDO AUXILIO TRANSPORTE PARA IR PARA A GREVE

    ESTE PAÍS NAO TEM CONSERTO MESMO

  2. Não estou a defender o governo do Paraná, mas infelizmente parte dos professores estão sendo inocentes úteis e atuarão apenas como protagonistas de uma ideologia que nem sequer conhecem, mas servirão de massa de manobra do indigente lulladron e quadrilha que se preparam para criar terror no dia 15 de março quando teremos o maior movimento cívico para livrar o Brasil da canalhocracias do d idiotas ptistas e cia.

  3. Do Interior... Responder

    Parece-me que os professores estão em outro mundo. Não acreditam em ninguém, só na APP-MST.

    Estão inflexíveis e impedem as crianças de ir a escola porque querem antecipar poucos dias a proposta do governo. Parece-me um exagero pois isso não tem prejuízo grande à classe. Tem para os alunos.

    Mas quem mais está ganhando é a APP-MST. Só falta o Stédile estar no comando para virar uma aberração.

    Só as escolas estaduais estão em greve. Na esfera federal a coisa está bem pior e ninguém está em greve porque a greve afetaria o PT Federal. Aí o MST não tem interesse de agir.

    Não que os professores não tenham razão em suas reinvidicações, mas a greve se tornou exacerbada. As pendências são miudeiras, exceto quanto a utilização do fundo da Paranaprevidência. mas para isso temos que ir à assembleia quando da votação, não ficar em greve.

    Curiosamente as manifestações sindicais só atacam o governo estadual e nunca a federal ou o estado do PT. Vide o Distrito Federal. Lá a coisa está bem pior e foi governo do PT.

    Se não há dinheiro para antecipar pagamentos, nada melhor que a negociação do que ir para a “guerra”. Guerra já anunciada pelo LuLLadrão.

    O salário dos professores do Paraná é um dos melhores do Brasil, mas isso não é suficiente para a APP-MST. A guerra, guerrilha e greve são as especialidades do PT. Alías é a única coisa que fazem com eficiência. Só não sabem trabalhar nem administrar nada.

    Fora o ensino marxista-bolivarianista e a tendência esquerdista socialista e comunistas das escolas e universidades.
    Fora PT
    Fora APP-MST
    Fora Foro de São Pulo

  4. Definitivamente a paralisação da categoria chega ao ponto da intransigência: não vão voltar ao trabalho enquanto TODAS as exigências não forem atendidas. A diretoria da APP deveria saber que em uma negociação deste nível o bom censo deveria ser levado em conta. A radicalização de posições em que o governo não pode(ou não quer) discutir agora deveria ser levado em consideração para a continuidade do diálogo e não da greve. Vemos alegações para continuidade da greve totalmente distorcidas, que a escola não pode receber os alunos, que não tem funcionários suficientes. É hora de cada professor assumir seu compromisso com a sociedade, por mais dura que possa ser a situação a ser enfrentada. A greve NÃO vai resolver os problemas da escola. Na atual conjuntura ela só está agravando a situação.

  5. Tá na cara que a greve, não é financeira e sim política, só não vê quem não quer.
    GOSTARIA QUE DE ALGUMA FORMA, FOSSE DIVULGADO E ASSINADO, PELO PRESIDENTE DA APP, TODAS AS PENDÊNCIAS,POIS NÃO AGUENTO MAIS ELE DAR ENTREVISTA E NÃO FALAR NADA COM NADA.PENSO, QUE A IMPRENSA DEVERIA SER MAIS IMPARCIAL, POIS ESTÁ CLARO, O POSICIONAMENTO DE GRANDE PARTE DELA, CONTRA O GOVERNO.NA INICIATIVA PRIVADA, OS CONTRATOS SÃO ROMPIDOS, POR TODOS OS LADOS. QUEM NÃO ESTIVER SATISFEITO, QUE PEÇA DEMISSÃO E PARE DE VIVER NA. MAMATA DO GOVERNO. OS PAIS DOS ALUNOS, DEVERIAM COMEÇAR UM MOVIMENTO DE VOLTA AS AULAS, POIS OS DESMANDOS DA APP, ULTRAPASSOU TODOS OS LIMITES. QUEM ESTÁ MANTENDO FINANCEIRAMENTE A GREVE,? oNDE TEM TANTO DINHEIRO, PARA SUSTENTAR TANTA GENTE PARADA NO CENTRO CÍVICO?

  6. 30 dias de ferias no meio do ano
    60 dias de feria no final do ano
    52 sabados
    52 domingos
    20 dias de feriados e emendas
    30 dais de cinselho de classe
    10 dia de licença médica
    igual a 236 dias coçando o saco……..
    365 – 236 = 129 dias trabalhados….mais ou menos 4 meses, de um ensino ridículo, que coloca nossa crianças e adolecentes nos ultimos lugares no ranking mundial……..pé na bunda do grevista, e contratem quem queira trabalhar de verdade……….
    SAUDADES DO BOTÃO DOURADO OU DO VERDE OLIVA, COMO QUEIRAM.

  7. Petralhadas querem só fazer politicaGEM cADA DIA VÃO INVENTAR ALGO PARA CONTINUAREM POLITICANDO CONTRA O GOVERNADOR.
    O fora Dilma eles não tem né? que é a amior corrupta e aumentou tudo no país.
    Os pais devem exigir que eels voltem ai trabalho e pararem de proteger estes petistas.Eles Só querem atraaplhar o bem do povo. São tumultuadores e usam professores, pais de alunos e alunos para serem conivente com eels.
    Tudo o que querem, é esticar a greve até o dia 15 para usarem os alienados nas manifestaçoes para tumultuaremnosso protesto do FORA DILMA.A justiça tem que se mais severa com estes grevistas.ANão querem trabalhar deixe que tem muitos querendo.
    Sangessugas.FAÇAM POLITICAGEM NOS FINS DE SEMANA.

  8. Sou pai de três filhas que estudam em escolas públicas e estou aflito com toda esta situação e o Beto Caloteiro vem com mais mentiras para cima dos servidores e da população. Só tenho a dizer: FORA BETO CALOTEIRO.

  9. Parreiras Rodrigues Responder

    Comprovadamente turbinada por motivações político-partidárias, daqui prá frente, o apoio da comunidade vai ser revisto.

  10. Doutor Prolegômeno Responder

    Quero ver a coragem do governo para cortar o ponto dos grevistas e cortar o desconto para o “sindicato”.

  11. Isso já deixou de ser quesão de uma classe faz tempo…
    Tornou-se briga política a APP do PT contra o governo do PSDB.
    Os professores sendo usados como peões de guerra em um jogo de xadrez.
    Uma Vergonha.

  12. Marcelo Augusto Responder

    A categoria decidiu, então não tem discussão. A Direção da APP pediu ao judiciário para que faça a mediação das negociações a partir de agora. Então, as partes agora têm a responsabilidade de retomar as negociações. Ou seja, o governo deve comparecer caso a audiência seja marcada e se comprometer perante o Judiciário que vai cumprir o que acordou com a categoria. Beto Richa poderia também mostrar que está em desacordo com as iniciativas da SEED no início do ano, substituindo de uma vez o secretário de educação. Creio que essas medidas poriam fim ao movimento grevista.

  13. Acho que já que o governo está tentando acertar as contas publicas, todos tem que fazer a sua parte, população, funcionários publicos, empresas, professores, servidores, etc. Voltem as aulas, esperem, atendam as crianças, pelo amor de DEUS, e depois em outro momento, se o governo não cumprir o que prometeu, voltem as greves…
    Não sejam capachos da CUT e PT por motivos políticos. Sejam inteligentes, por favor.

  14. JÁ ESCREVI AQUI ANTES. ISSO É UMA “greve política”ORQUESTRADA E MANTIDA PELOS DITOS PROFESSORES vagabas petistas. A QUESTÃO É MANTER A GREVE, NEM QUE NÃO EXISTAM MOTIVOS. E O PODER JUDICIÁRIO, SÓ VAI ASSISTIR ESTE BANDO DE corruPTos AGITAREM NOSSO ESTADO? PROFESSOR QUE SE DIZ PROFESSOR E SÉRIO, JÁ DEVIA ESTAR EM SALA DE AULA JUSTIFICANDO O BOM SALÁRIO QUE GANHAM AQUI NO PARANÁ.

  15. Penso que os 10% da população paranaense que não apoiam o movimento dos professores se encontra em seu blog, seu Campana.
    Os outros 90%, estão com os professore e reprovando o governo de Richa…

  16. Beto deve endurecer nas negociações, começa a descontar os dias parados e deixa eles la na praça do centro civico esperando a merenda do mst.
    Todos sabem que desde o momento que o governo atendeu as demandas, agora é coisa dos vermelhinhos, que estão empurrando a manifesto até pelo menos dia 15/03 onde o Brasil vai parar.
    Dia 16 de março eles voltam ao trabalho, isso está claro.

  17. DESCONTAR EM FOLHA OS DIAS PARADOS.

    ABRIR SINDICÂNCIA PARA IDENTIFICAR OS RESPONSÁVEIS.

  18. Estragos na Assembleia Legislativa: R$ 51.000,00;
    Aluguel de onibus: R$ 95.000,00;
    Marmita de grevistas: R$120.000,00
    Prejuízo dos alunos da rede pública: NÃO TEM PREÇO!!!!!
    Para todas as outras coisas pague com MastercarPT Corporativo Federal

  19. Não, Zé Venâncio. Você deve ser um dos desocupados, que estão sem trabalhar desde novembro,e ganhando, não é mesmo?
    Vivêssemos num país sério, com um judiciário forte, independente, sem peias, amarras ou viseiras, vocês estariam trabalhando há muito tempo; ou já estariam demitidos. Quem não trabalha não pode receber salário.
    O direito de vocês, vai só até onde começa o direito dos demais cidadãos que precisam mandar seus filhos pra escola; infelizmente para a escola pública, comandada hoje por um sindicalismo ordinário,vermelho e canalha.
    Só idiotas, ou cegos por conveniência, não enxergam que esse movimento é essencialmente político.
    N ãoenxergam que o petismo bandido, através de um sindicalismo marginal, trabalha dia e noite pra meter suas garras imundas no comando do nosso estado, até hoje, Graças a Deus, livre dessa mácula. Dessa pústula.
    Na PM de Curitiba já meteram a mão, pelas mãos fracas de um político sem têmpera.
    E olhem só a m*** que está aquilo lá.
    Fora bolivarianos. Fora petismo ordinário. Fora sindicalismo bandido.
    Primeiro vão trabalhar pra receberseus proventos. Depois, se sobrar algum direito, comecem a reinvindicar, mas TRABALHANDO.

  20. Do Interior..... Responder

    Marcelo Augusto, pelo que sei, quem entrou na justiça primeiro foi o governador e ELE não negocia mais com a APP.

    Sua informação está errada. O governo é que exige a negociação, daqui para frente seja no judiciário. Isso porque a APP-PT já não cumpriu o acordo feito antes. Não tem como negociar com petistas. Essa praga é como o Estado Islâmico. Está correto o governador na questão da greve, embora eu discorde com o governo de utilizar o fundo de previdência.

  21. O PT se transformou sinônimo de ma conduta, se acostumou à cultura de usurpação do bem alheio para uso próprio.Para manter o seu projeto de poder essa gente desprovida de escrúpulos, é capaz de tudo. Os militantes petistas, denominados pão com mortadela, são manipulados conforme necessidade dos adestradores petralhas. O governo do PT e sua base aliada, não passam de mercadores de natureza deformada.

  22. Um monte de gente falando do que não sabem… vamos nos atentar mais pessoal… a luta de hoje é pela qualidade na educação que seu filho vai receber amanhã… se não fosse todo esse movimento, seu filho com certeza poderia sair desse ano letivo bem pior do que entrou… agora, se vc concorda que seu filho estude numa sala com 40 ou 50 colegas, com muitas aulas vagas por falta de professor, sem o material básico por falta de recursos na escola… se vc concorda, vou te dar um conselho… tire ele da escola e alfabetize-o vc mesmo.. com certeza o resultado será melhor do que se permanecer a situação caótica que o seu governador quer implantar na educação do seu filho… Ahhh, e veja também que na pauta da greve não existe pedido de aumento salarial, muito menos de Auxilio Moradia… o foco da greve foi e é desde o início a qualidade da educação que vamos oferecer aos nossos alunos.

  23. Como vamos parar com a greve se a aposentadoria ainda está em risco? Se o governo está dando calote em seus fornecedores e segundo o secretário da fazenda está contando moedas para pagar a folha de pagamento. De promessas o inferno esta cheio! Hoje na audiência pública o Secretário falou, falou e não disse nada. Só confirmou o que já sabíamos vão meter a mão no dinheiro da aposentadoria dos funcionários públicos do Paraná e que o Paraná por incrível que pareça está quebrado!

  24. ZÉ VENANCIO:
    AQUI NÃO TEM SÓ OS 10% DA POPULAÇÃO QUE APOIAM O GOVERNO.
    TEM PAIS QUE QUEREM QUE SEUS FILHOS TENHAM AULA DE QUALIDADE
    E QUE OS PROFESSORES PAREM COM ESTA PALHAÇADA.
    OU VOCE QUER QUE SEU FILHO CONTINUE O PALHACINHO DELES?

  25. Parabéns BigPeter, seu comentário retrata exatamente aquilo que penso, já chegou a hora de trabalhar.

Comente