Uncategorized

Greve pode deixar 417 mil estudantes sem vestibular

O futuro de 417 mil estudantes do último ano do ensino médio começa a ficar seriamente comprometido no Paraná. O início do ano letivo, que deveria ter ocorrido no dia 9 de fevereiro, vai atrasar em pelo menos um mês devido á greve dos professores estaduais, o que pode impossibilitar a inscrição para os vestibulares do fim do ano e, consequentemente, o ingresso no ensino superior em 2016.

No sábado, o Tribunal de Justiça já havia determinado a volta dos professores às aulas do estudantes do 3º ano no ensino médio e ontem, o desembargador Luiz Mateus de Lima determinou o retorno imediato às aulas de professores e funcionários. Em caso de descumprimento, a multa diária será de R$ 20 mil. A APP-Sindicato disse que vai recorrer da decisão do TJ.

23 Comentários

  1. Ontem vi esse presidente do sindicato, o tal leãozinho. O homem nem sabe falar e é visível estar a serviço do PT. Não sabia nem mesmo justificar os motivos para a greve prosseguir. Disse que queria reabrir a discussão com o governo porque pequenas questões não foram abordadas.
    Fique aí professorada comandada por esse sujeito e faça parte da manifestação do PT, depois não se queixe se alguma das balas não for de borracha e os cacetetes não forem de isopor! Aí o leãozinho coloca o rabo entre as penas e vocês ficam com os encargos do serviço sujo deste.

  2. É vergonhoso uma classe como a dos professores, Mestres, Formadores de Opinião, estar a serviço do PT.
    Uma vergonha Senhores Educadores!
    “ÔÔÔ vida de gado, povo marcado é povo feliz” assim canta o Zé Ramalho!

  3. Juca: certíssimas suas colocações em relação ao presidente da APP.
    Na verdade ele não é nada mais que um testa de ferro da antiga presidente. Pode ver que na maioria das vezes quem dá entrevista é ela.
    Ela não pode se candidatar por força do estatuto da APP.

  4. Você tem razão Strapasson. Hoje vi na TV a distinta falando, mas não sabia que ele é ex-presidente de tal sindicato. Valeu a informação.

  5. Pague o que deve, cumpra o que acertou em reunião, contrate os agentes e professores PSS necessários para que se abram as escolas.
    Isto sem falar que muitas escolas estão sendo limpas com contribuição financeira(leia-se ESMOLAS) dos pais, que ainda doam materiais de limpeza e papel higiênico… As escolas ainda não receberam todo o fundo rotativo devido de 2014!!!
    Penso, seu Campana, que o blog é um meio de informação dos mais democráticos da atualidade.
    Penso também que todas as opiniões devem ser mediadas pelo provedor do blog, no caso o senhor, resguardando opiniões ofensivas ou discriminatórias, como é o caso de alguns participantes que deixaram suas “construtivas opiniões” acima, especialmente com relação ao presidente da APP SINDICATO.
    Tenho certeza absoluta que nenhum destes senhores preconceituosos não gostariam de trabalhar de graça…

  6. Pelo menos aqui, publicam comentários sem “distinção”, bem diferente do Blog do Esmael, que não publica algo que não seja para o bem do PMDB.

  7. O falar é muito mais fácil , gostaria que o senhor Juca e Strapasson fossem verificar em loco a grande maioria das escolas do Paraná para comprovarem que o que os professores querem não é só salário , é condição digna para que os filhos dos paranaeses possam ter segurança e conforto para estudar, quando falo conforto, vou explicar para que os cidadão citados acima não pensem em poltronas confortáveis , banheiros com piso de granito e etc, mas sim um banheiro que pelo menos funcione, que não tenha mal cheiro, que tenham portas as cabines dos sanitários , que essas crianças tenham um local apropriado para lancharem e não como acontece de ter que lachar no patio da escola queimando as mão nos pratos de alumínio, para que eles tenham uma sala de aula sem goteiras, com laboratórios funcionando e o principal , que eles tenham todos os seus professores e funcionários para acomodá-los de forma digna, então antes de fazer citações do tipo “não será bala de borracha e nem cacetete de isopor” lave a sua mente com sabão e reflita que estamos falando de quase um milhão de alunos e não de um presidente de sindicato, é uma pena termos que ler coisas escritas por pessoas que não conhecem do que escrevem, recomendo como pai que sou leiam mais , se dediquem mais a suas culturas , pelo menos é o que faço com meus filhos para que não fiquem empobrecidos de conhecimento e raciocínio

  8. POSSO DEIXAR AQUI Á MINHA UMILDE OPINIÃO??…..SE NAO TEM ACORDO. ENTÃO QUE SE PASSE TODO MUNDO ESTE ANO E PONTO FINAL….OS ALUNOS NAO TEM CULPA DESTA SITUAÇÃO QUE ESTA OCORRENDO…ESTES DIAS EU VI NA MINHA RUA ..UM MENINO QUE EU CONHEÇO..GENTE BOA..SENTADO NA BEIRA DA CALÇADA CHORANDO..EU ME PREOCUPEI..E FUI PERGUNTAR O QU EHOUVE???…ELE ME FALOU SEU PEDRO..EU QUERO IR PRA AULA E NAO TEM???..SEM COMENTÁRIOS?????????

  9. A respeito de informações sobre contratação ou não de funcionários das escolas, elas já foram realizadas a algum tempo (APP desinformada). Professores PSS estão sendo convocados e só não estão atuando ainda por conta da greve (APP não sabe disso). Projetos e salas de apoio foram reabertos e devidamente destinados aos professores de direito (INCRÍVEL, a APP também não sabe disso). Restou apenas o pagamento de 1/3 de férias e progressões a serem cumpridos. Posso traduzir que os representantes da APP, que apoiam a educação(sic) só vão levantar acampamento quando o dinheiro estiver no bolso. De outra forma é bandeira vermelha pra cima.

  10. Mas Mauro, “Povo marcado e povo feliz”, você sabem bem que são, e não são nossos admiráveis professores.

  11. Antonio Alvaro Rosar Responder

    Escrevi muitas e muitas vezes neste blog que, uma vez que o governo voltou atrás não justificaria a continuidade, pois nem sequer deram uma oportunidade para ver se o governo cumpria o prometido e além do mais a APP e o PT é que manipularam as assembleias. E também fica a duvida é só o Paraná que esta no aperto, é a primeira vez que querem o dinheiro da previdência, e atraso no fundo rotativo também será a primeira, e o que dizer do terço de férias…..pura birra dos que perderam e não vem os alunos como objeto principal. Sou contra muitas atitudes do Richa e acho até que ele e a Dilma estão cabeça a cabeça em questão de enganar o povo, porém não sejamos o lado do exemplo ruim aos alunos para uma Pátria Educadora. Vi e ouvi por diversas vezes professores falando no blog do Esmael “acompanho todas as greves que tem”, “sempre fui grevista”, etc. etc. isto é são mais profissionais de greves que profissionais da educação e tem ainda os coitados que seguem os treinados pela banda que toca a musica linda de seu repertório, repertório este que os maestros com suas lábias e arrogância e também com seus treinamentos de convencimento de massas levam muita gente a dançar no inicio do baile e aos pouco percebem que a musica agrada tão somente ao maestro e consequentemente os dançarinos aos poucos deixam o salão. Para terminar mais uma pergunta como foi formado a lotação para os participantes da assembleia que foram de ônibus a Curitiba?

  12. Do Interior.... Responder

    A APP-MST, do leãozinho Stédile tem algumas semelhanças com o PT:

    1) Fala como o PT;
    2) Tem o sotaque do lula;
    3) Tem barba e óculos de pseudo intelectual;
    4) Usa camiseta vermelha;)
    5) Faz parte de sindicato;
    6) Recebe apoio da CUT e da Gleise

  13. Antonio Alvaro Rosar, uma nação que não valoriza educação e educadores, tem como consequência a ignorância e o analfabetismo. Quando sito analfabetos,não é no sentido restrito da palavra, mas analfabetos no sentido amplo,que hoje é muito comum. Ao lermos os comentários de muitos aqui temos a prova real, cujo o assunto que se está se discutindo, com determinadas pessoas (até mesmo universitários, graduados) e se percebe que o mesmo está se colocando, sobre o assunto, fora do contexto simplesmente por não conhecer do assunto. Esse tipo de analfabeto costuma escrever bem, falar bem e sente a sabedoria em pessoa, por tal motivo, mas quando se começa argumentar sobre determinado assunto se percebe que ele só escreve bem, fala bem e falta conteúdo.
    Quando entrei na Universidade uma das primeiras frase que os professores deixaram bem claro foi: “procurar não discutir e criticar aquilo que não tem conhecimento”, que isso não demonstrar ignorância simplesmente pelo fato que a pessoa não é obrigado e não consegue saber de tudo na vida. Tentar mostrar habilidade e argumentar algum assunto que não conhece é que é ser ignorante. Só que esse tipo de analfabeto, que é muito raro, costuma esconder a falta de conhecimento criticando os seus erros de português, os erros ortográficos, seu vocabulário e deixa o conteúdo do que se está discutindo de lado. Você vai encontrar muito desse tipo escrevendo e falando muita coisa bonita que não serve pra nada. Temos também o Analfabeto Político.Este tipo de analfabeto eu considero uma variante do Analfabeto de Conteúdo. A diferença é que o analfabetismo político é aquele cidadão que deveria ter conhecimento de como funciona o seu estado, a forma de fazer política em sua sociedade, os direitos e deveres de cada cidadão (geralmente a pessoas só procuram aprender os direitos). A grande maioria das pessoas, inclusive as de formação universitária, não tem noção do que seja Estado (só fui entender a noção de Estado quando estava na Universidade!!!), propriedade, os interesses na sua formação e controle por parte das camadas sociais. Não tem como uma pessoa entender de todos os assuntos, mas pelo menos deveria saber dos assuntos pertinentes a sua sociedade e do lugar onde vive. Que quero dizer com isso?? que é muito duro se conquistar misérias dentro de um setor que é a “EDUCAÇÃO PÚBLICA”, DEVER CONSTITUCIONAL DO ESTADO, a duras lutas e com muitas greves. Então quando ouvires de um professor que é grevistas tenha como interpretação um professor lutador para que o estado não lhe tire aquilo que a constituição lhe garante como trabalhador. Não temos nenhum privilégio, não temos nenhuma regalia, bem pelo contrário temos que manter uma formação contínua para agregar, que muitas vezes é feita em sábados e domingos.Como diz o Rudinei, lave sua língua e sua mente com sabão. Vale ressaltar, tome conhecimento sobre nossa organização sindical e depois nos pergunte como chegamos a Curitiba.

  14. Antonio Alvaro Rosar Responder

    Indignada: sabias palavras para quem tem treinamento para convencimento de massas mas tudo bem concordo com você que não conheço o que é direito de estado, porém sei dos direitos do cidadão de questionar, discordar e de lutar por seus ideais. Escrever bem com português correto muitas vezes não expressa sentimento, mas o egoísmo de que provavelmente age de maneira individualista ou para um bloco que se assemelha a si própria. Da próxima vez então escreverei em linguagem matemática para ver sua interpretação de uma bela concordância às acentuações corretas, em fim português que deixa qualquer catedrático no chinelo, além disto, o que escrevo é com coração e por isto te digo “o sentimento não tem ponto, não tem vírgula e nem concordância, mas sim coração” . Feliz de você que participa daquilo que achas correto, porém ninguém poderá tirar a minha felicidade de ser o que sou sem mordaça e sem aceitar a mesma por ser um cidadão com erros e acertos o que acho que é um defeito do ser humano, porém se és perfeita me ajude atingir está perfeição, pois deve ser isto que você procura para seus alunos e já deves ter muitos por ai cópia da sua genialidade. Torno a dizer sou o que sou e você também deve ser, então cabe a nós que temos na cabeça massa encefálica e não o que Rui Barbosa tinha na barriga o respeito às diferenças e sendo você diferente de mim uso a massa e não o que tem na barriga.
    Minha língua serve para degustar as coisas que com meu esforço adquiro o sabão sempre será um excelente produto para aqueles que em sua soberba não sabe aceitar as coisa a não ser o que parte de intestino de gênio e todo poderoso, lei a teu texto e diga não nenhum erro e sobre os ônibus sempre é bom dar uma passeada na capital principalmente para depois contar as seus alunos as belezas da Educação. E para terminar meu nome é real …..

  15. 1.000.000 de alunos sem aula, 417.000 com o vestibular ameaçado…conta esquisita…quer dizer que quase metade está no 3 ano do colegial (ensino médio)…

  16. Rudnei: eu não preciso verificar “in loco”. Eu vivencio. Tenho 22 anos de magistério. Já vivi de tudo em sala de aula. Vidros quebrados, portas caindo, falta de material, falta de pessoal de apoio e administrativo, falta de professores,falta de merenda, falta de livros, falta de água eluz, encanamento estourando por falta de maanutenção, luminárias caindo sobre aluno, mesas se desmontando, ferpas de cadeiras atingindo pernas de alunos, arrombamentos, drogas, violência de todo tipo, sem laboratório, salas inundadas e chega ou quer mais?
    Perdi a conta de quantas vezes puxei com rodo a água de chuva que invadia minha escola, buscando salvar documentos, material administrativo, etc.
    Ora, nunca disse tudo está uma maravilha. Mas parece que só o discurso do horror é que vale!
    Têm muito a melhorar, têm!
    Mas, negar que esta greve está politicamente atendendo os interesses do PT, daí é demais!
    Eu não atendo interesses de partido nenhum. Quero, e sempre lutei pela educação. Independente das cores partidárias de plantão. Não sigo manada. Tenho discernimento para escolher o que considero melhor; E mais, sempre me responsabilizei pelas minhas atitudes.

  17. Antonio Alvaro Rosar Responder

    Strapasson concordo e complemento.
    Houve tempo em que nem verba tinha merenda então tínhamos que fazer com mandioca e osso ganho dos açougues e nem por isto os alunos ficavam sem aula, e, além disto, material de limpeza tinha que buscar em Curitiba o salário então nem se fala o primeiro pagamento era de agosto pra frente e tínhamos que fazer uma vaquinha para o diretor ir à capital resolver as papeladas para pagamento.
    O que falta é amor a profissão, pois quem já não passou por problemas. Sou contra muitas atitudes do Governo Estadual que alias iguala-se ao governo federal nas mentiras e enganações, porém o amor aos alunos deve suplantar tudo isto e se não for amor que seja as obrigações, obrigações estas que assumimos de livre e espontânea vontade.

Comente