Uncategorized

Richa: ‘Vamos retomar
os investimentos nos municípios do Paraná’

beto richa

Em entrevistas às rádios Joven Pan (São Paulo) e Cultura (Foz do Iguaçu) na manhã desta terça-feira (10), o governador Beto Richa (PSDB) disse que as medidas de austeridade implantadas no Paraná são fundamentais para preservar a economia e melhorar a qualidade dos serviços públicos oferecidos à população. “Estamos passando por um momento de dificuldade econômica em todo o Brasil por causa da estagnação da economia que reduziu as receitas dos estados e municípios. Para isso, precisamos estar preparados para superar esse período com medidas importantes de austeridade”, analisou.

Richa fez um balanço da situação econômica do Paraná e disse estar otimista com a recuperação da capacidade de investimento do Estado. “Com as medidas de contenção de gastos, vamos o mais rápido possível restabelecer a capacidade financeira do governo e voltar ao ritmo acelerado de investimentos nos municípios para oferecer à população serviços de mais qualidade”, disse ele. Beto Richa elogiou o currículo do secretário da Fazenda Mauro Ricardo e disse que ele é preparado para ajustar as finanças para que o Paraná volte a se desenvolver e gerar melhorias para população.

CAPACIDADE – O governador explicou que o Paraná não é uma exceção nacional. Pelo contrário, todos os estados da federação estão tomando medidas de austeridade para se prepara para a crise financeira nacional. “O Paraná não é uma ilha. Fui o primeiro governador a tomar as medidas para reduzir custos e aumentar algumas alíquotas. Estamos sentindo os efeitos de uma séria crise econômica com desaceleração da economia, volta da inflação e começo do desemprego. Precisamos agir para preservar a capacidade financeira do Estado”, explicou.

Questionado sobre as dívidas do governo estadual, Beto Richa explicou que herdou da gestão anterior uma dívida de R$ 4,5 bilhões. “Tivemos que lidar com essa situação sem reduzir as obras e investimentos. Hoje, temos uma dívida de R$ 1,5 bilhão que está sendo sanada. Pagamos dívida da gestão anterior e mesmo assim tivemos grandes avanços”, disse. Ele citou como exemplo a contratação de 10 mil policiais, a compra de 1.500 viaturas, duplicação de importantes rodovias e a criação da Defensoria Pública. “Hoje, o governo tem obras nos 399 municípios. Nunca essas cidades receberam um volume tão grande de investimentos”, afirmou.

EDUCAÇÃO – Beto Richa falou ainda sobre o fim da greve do magistério e lembrou que os professores receberam 60% de aumento salarial nos últimos quatro anos e um aumento de 75% na hora-atividade, o que garante mais tempo para preparar aulas e correções de trabalhos e provas. Esta ampliação garante que professores com jornada de trabalho de 20 horas semanais têm sete aulas garantidas de hora-atividade. “Educação é nossa prioridade absoluta”, afirmou o governador.

Além disso, o Estado aumentou o repasse para transporte escolar, implantou as brigadas escolares, melhorou a qualidade da merenda escolar e contratou mais de 23 mil professores. Richa lembra ainda que o governador anterior entrou na Justiça contra o piso salarial dos professores e contra a hora-atividade. “Hoje, o nosso governo paga bem acima do piso. Uma demonstração do respeito nosso com os professores”, disse. O governador também falou dos avanços no ensino superior. Em quatro anos, o orçamento aumentou de R$ 1,3 bilhão para R$ 2,4 bilhões.

2 Comentários

  1. isso é uma piada de mal gosto, antes o tratoraço agora investimento cade a grana governador……

Comente