Uncategorized

Hélio Cury inelegível na Federação Paranaense de Futebol

Chapa Federacao Futebol_CB9-3809-kCCF-U10594531940wJC-1024x683@GP-Web

Ontem o Superior Tribunal de Justiça Desportiva afastou o presidente da Federação Paranaense de Futebol, ao reconhecer a prática de inúmeras irregularidades. A Lei Pelé, nº 9.615/1998, estabelece de forma clara que são inelegíveis para qualquer cargo quem estiver “afastado de cargos eletivos (…) de entidades desportivas” (art. 23, II, “d”). É exatamente o caso. Este dispositivo está reproduzido no próprio Estatuto da Federação Paranaense de Futebol (art. 79, IV). O recurso de Hélio Cury no STJD, sequer em tese, terá efeito suspensivo pleno, capaz de afastar a eficácia a penalidade até a eleição. Portanto, não há nenhuma dúvida que Hélio Cury está inelegível, impedido legal e estatutariamente de ser votado na eleição do próximo dia 21 de março.

É claro que a Conselho Eleitoral, integrado por homens de confiança de Hélio Cury, pode conceber argumentos fantasiosos para mantê-lo ilegitimamente na disputa. Mas o Poder Judiciário, a quem cabe a palavra final, não vai aceitar esta violação direta e inequívoca da Lei Pelé e do Estatuto. É evidente que não se pode aceitar a eleição de um Presidente que está afastado pela Justiça Desportiva. Cedo ou tarde, Hélio Cury será impedido de disputar a eleição ou exercer o cargo de Presidente.

6 Comentários

  1. Não foi esquecido? Responder

    Escuta… Três processos nos últimos 20 dias contra Helio Cury armados por Paulo Shimitt, ex assessor de Ricardo Gomyde na Paraná Esportes de Roberto Requião.

    Em 6 anos Helio Cury nunca respondeu nada no StJD e justiça desportiva e agora?

    Fábio Campana cabe recurso e você sabe disso.
    Mesmo que apóie Ricardo Gomyde você sabe e muito bem.
    Princípio elementar da Justiça.
    Tanto na CBF como no mundo real.

    Agravo dará efeito suspensivo. Eleição daqui 6 dias, sábado 21 de março.

  2. Chapa Helio Cury Responder

    Nota Pública

    Nota Oficial da chapa Transformação – a verdade!
    O grupo político que se intitula “Oposição de Verdade” mente sobre uma falsa inelegibilidade de nosso candidato Hélio Cury, em razão de um julgamento ocorrido no último dia 13, na quarta comissão disciplinar do STJD, em decisão não unânime, que comporta ainda amplo direito de defesa e recurso com efeito suspensivo obrigatório.

    Não informa que Helio Cury em seis anos à frente da FPF nunca sofreu alguma sanção ou denúncia na Justiça Desportiva na CBF e estranhamente nos últimos 20 dias respondeu a três denúncias, sendo vitorioso em duas já na primeira fase e agora se defenderá na segunda instância da denúncia de ocasião.

    Maliciosamente, também, não informa que a decisão comporta recurso ao Pleno do STJD; maliciosamente, faz interpretação deturpada de dispositivos legais, inaplicáveis ao caso; maliciosamente busca colocar em dúvida a lisura do pleito eleitoral.

    Que fique claro, a condenação não transitou em julgado, comporta recurso com efeito suspensivo, conforme disposição legal expressa.

    E essa condenação, também não importa na inelegibilidade do candidato Hélio Cury, não priva do Direito de disputar uma eleição e nem de ser empossado, não podendo a a Chapa oposicionista aumentar o alcance da norma.

    Não há que se falar portanto, em inelegibilidade, até mesmo porque, não previsto no Estatuto e em nenhum dispositivo legal no ordenamento esportivo pátrio.

    A mentirosa nota emitida demonstra claramente o desespero da malfadada Chapa oposicionista, que não conseguiu obter os apoios necessários, e agora utiliza de todos os ardis possíveis para tentar inviabilizar a candidatura de Héio Cury ou até mesmo tumultuar o processo eleitoral da FPF.

    Reafirmamos a nossa candidatura, nosso compromisso com a verdade, e que a transformação continue na FPF.

    Curitiba, 14 de março de 2.015.

    Chapa “Transformação”

  3. Miguel dos Anjos Responder

    Fabio antes de publicar matéria a pedido do seu amigo Xandinho, pesquise a veracidade da informação.
    O Hélio Cury NÃO é inelegivel

  4. Tem muita àgua pra rolar sob essa ponte ainda! – Essa história tá com cheiro do Tio Pet.

Comente