Uncategorized

Nem a chuva desanima
a greve

unnamed

Nem a chuva conseguiu dispersar os funcionários da saúde da Prefeitura de Curitiba que estão em greve e acampados no Centro Cívico. O prefeito Gustavo Fruet enfrenta a crise sem condições de atender todas as reivindicações, pois o caixa está baixo e não há esperança de repasses do governo federal.

2 Comentários

  1. Vigilante do Portão Responder

    Enquanto isso, escondem que a Prefeitura NÃO CUMPRIU o acordo que havia celebrado com os funcionários da Saúde.

    Outra GREVE está agendada: Dos Professores da Rede Municipal.

    Na campanha, em 2012, repetiam a frase:

    “Vamos VALORIZAR os PROFESSORES”.

    O tempo foi passando, nada de VALORIZAÇÃO.

    Pressionados, mandaram um Plano de Cargos e Salários, para ser implantado nos próximos anos.
    Percebendo o EMBUSTE, os Professores fizeram paralização.

    Prometeram implantar em 2015.

    Janeiro, Fevereiro…
    Disponibilizaram o PROGRAMA de Computador.
    Cada Professor, individualmente, deve ´preencher os dados e verificar a melhor opção, observando suas peculiaridades.

    Ao preencher os dados, perceberam que o PROGRAMA não havia sido elaborado da maneira combinada.

    Erros PROPOSITAIS?

    É possível, assim, a Prefeitura pede + 2 meses para refazer o Programa e + alguns meses para implantar os PAGAMENTOS.

    O objetivo é GANHAR TEMPO.

Comente