Uncategorized

Justiça indefere afastamento do deputado Nelson Justus

Nelson-Justus

O Tribunal de Justiça do Paraná negou pedido de afastamento do deputado estadual Nelson Justus (DEM), acusado pelo Ministério Público de contratações irregulares, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro desviado da Assembleia LEGISLATIVA entre os anos 2007 e 2010, quando presidia a Casa. O desfalque no erário seria de R$ 13 milhões.

O Judiciário entendeu que não há fato novo no presente mandato. Com o indeferimento, a tendência é que o Conselho de Ética da Assembleia, presidido pelo deputado Pastor Edson Praczyk (PRB), arquive a notificação enviada a Casa.

23 Comentários

  1. O compadrio dos poderes públicos no Paraná é digno de coluna policial …
    É preciso que a sociedade comece reagir contra esse descalabro sistemático das ditas “autoridades de controle público” no Estado, as mais regiamente pagas pelo bolso dos paranaenses, inclusive, com toda sorte de “auxílios” aduzidos às supinpas remunerações …

  2. CANTEI A PEDRA AQUI, OLHE NA OUTRA MATÉRIA O QUE DISSE LEVA UM PITO E PONTO FINAL. TENHO DITO. UMA VERGONHA TÁ NA MÃO DOS DEPUTADOS….. CORPORATIVISMO HEIMMM ????

  3. Mas olha só a cara do palmiteiro de Guaratuba! Mas a mandioca para ele já está assando!

  4. valdir izidoro silveira Responder

    Justiça? Que justiça? Se ele fosse do PT ou do PCB já estava morto, mas…

  5. Que Judiciário !? Assim caminha o Brasil inteiro. O cara rouba milhões
    em 2007 e ainda permanece livre e solto como político !?

  6. jaime rodrigues Responder

    se fosse um prefeitinho, um vereadorzinho, um secretariozinho de prefeitura

    ja estaria na Cadeia, na Jaula.

  7. Francisco Carlos Responder

    E precisa fato novo???? Este “cara de pau” deveria já ter sido afastado e preso, que é o lugar de todos os ladrões. Só que no Brasil eles se prevalecem das leis (que eles próprios aprovam em seu benefício). Tem que acabar com essa imunidade parlamentar, LADRÃO É LADRÃO e tem que pagar.

  8. A Justiça que peça ao nobre deputado contratante de funcionários fantasmas para que ele continue contratando e dando mais despesa aos cofres públicos e assim ela, justiça, terá fatos novos. Que absurdo. Se fosse o ladrão de galinhas seria algemado e jogado numa cela comum como qualquer outro preso. Mas trata-se do Deputado corrupto que tem imunidade parlamentar e que4, julga os aumentos do judiciário. Como afastar quem me serve? Assim segue o nosso país de corrupção e impunidade, e compadrio.

  9. Alguém ainda acreditava que o TJ-PR acataria o pedido de afastamento deste malandro?…Conselho de ética? Ora bolas, a conclusão que chego é que a ALEP é uma escola de “anjinhos”…Agora entendo porque o CAPETA está bravo, dizendo que o Inferno está vazio….Tá todo mundo santo na ALEP

  10. Caro FÁBIO, essa posição dos magistrados do TJPR coloca a sociedade em pé de guerra, e nos envergonham, pois os magistrados estão confirmando a compatibilização dos malfeitos praticados pelos picaretas, achacadores e denunciados da república. Esse favorecimento a esse meliante não tem denominação após apoiamento dos magistrados. Com essa manifestação, os magistrados do TJPR, os mesmos assumem compromissos e culpabilidade pois, a sociedade paranaense pode passar a pensar que esses elementos do TJPR estão de conluio com a corrupção praticada pelo deputado NELSON JUSTUS. Não possuem índole e caráter de eliminar a corrupção, desejam que fique como está, não desejam passar o país a limpo. Há necessidade de colocá-los na mídia para verificar até onde estão comprometidos. Qualquer informação é suficiente. O país necessita ser passado a limpo, com inicio pela magistratura. Defendo a liberdade de opinião, liberdade de imprensa e liberdade de investigação. Apoio a mobilização dos CAMINHONEIROS e defendo a RENÚNCIA JÁ, da DILMA, agora no poder, para evitar a pratica de VEXAMES e VERGONHAS, praticadas contra a sociedade brasileira. Atenciosamente.

  11. Pizza. Os três poderes do Paraná na verdade são um só. Aqui se rouba e ai se encontram no cassino da Argentina e gastam juntos. Ah, bebem e fazem compras também. Ai querem falar mal do governo federal. Cada povo tem o que merece. O nosso é especialista em comer com farinha.

  12. Bem, ele só preside a mais importante comissão da casa: CCJ. Comissão de Constituição e Justiça (Justiça???).
    O arquivamento pelo conselho de ética, se ocorrer, será um tiro de 12 no pé do Pastor e dos componentes. Querem pagar para ver? Então tá…

  13. é isso que o BRASIL NÃO MUDA….E NÓS BRASILEIROS TAMBEM NÃO MUDAMOS, PARA UM BRASIL SEM ROUBO ETC., ACEITAMOS TUDO….

  14. OBA,NAS PROXIMAS ELEIÇOES PARA DEPUTADO ESTADUAL,VOU ME CANDIDATAR,DAI VOU ROUBAR DESVIAR PINTAR E BORDAR,SEM MEDO DE SER FELIZ.POIS NADA VAI ME ACONTECER E TUDO VAI SER ARQUIVADO.E MELHOR,VOU COMEMORAR COM UMA DELICIOSA PIZZA,COM MEUS AMIGOS DEPUTADOS POR ME BLINDAREM E A JUSTIÇA NESSE ESTADO E FROUXA.E VIVA A DEMOCRACIA.

  15. Tem que abrir a “operação limpa judiciário” ….

    Larápios, bandidos, corruptos e comparsas deste criminoso Nelson Justus Demonius

  16. Todos os poderes estão podres, tudo uma corja de safados, alienados.TJ , TC e ALEP, OAB.
    Urubu não come urubu.

Comente