Uncategorized

Scanavaca cobra microfones roubados
na invasão da APP

unnamed

O deputado Fernando Scanavaca (PDT), voltou a cobrar, na sessão matutina de hoje da Assembleia, providências para que a APP providenciasse a reposição dos microfones do plenário roubados durante a invasão dos professores em fevereiro. Segundo o deputado, os equipamentos fazem falta para a atividade parlamentar.

A invasão da Assembleia pelos professores, liderados pelo deputado Professor Lemos (PT), esteve longe de ser pacífica como alega a APP. Além dos estragos (portões, cercas derrubadas, portas de vidro despedaçadas) um rastro enorme de furtos foi registrado. Os prejuízos foram estimados em R$ 51 mil.

Os invasores da Assembleia furtaram uma enorme quantidade de objetos. Entre eles 12 microfones Beta Shure. Também sumiu uma bandeira do Brasil, um mastro de bandeira, seis terminais de votação destruídos com partes levadas, 13 garrafas térmicas de café de 2,5 litros, 9 garrafas térmicas de 1,5 litros. Tomaram Doril 74 xícaras de café com brasão do Paraná, 24 copos de short drink, uma jarra de inox e um açucareiro de prata.

21 Comentários

  1. jaime rodrigues Responder

    vandalos, desocupados,

    isso nao tem nada de professores,

    o que será que nossos alunos estão aprendendo.

  2. Esta acusando vai ter que provar, pois ali estavam não só professores e sim muitas pessoas, o MP PR denunciou o Dep. Nelson Justus por corrupção desvios de dinheiro público etc … na Assembleia e nada aconteceu!

  3. Perto do que alguns deputados roubaram isso não significa nada. O que não quer dizer que eu concorde com o que foi feito. Mas debitar isso somente aos professores, em especial ao Professor Lemos, mostra o direcionamento político da notícia. Pensei que isso tivesse acabado. Lá não estavam apenas professores, mas sindicalistas de outros naipes e mesmo cidadãos inconformados com a canalhice do projeto que queriam colocar goela abaixo do funcionalismo e de tabela ao povo paranaense. Roubo é o que queriam fazer, Sr. Fernando Scanavaca, e teriam feito se não fosse a invasão. Se a Assembléia não tem dinheiro para repor o seu microfone, bem que o Sr. poderia comprar um com o monte de dinheiro que ganha, inclusive com verbas bem gordas.

  4. Isto custa muito pouco para população bem menos que salario dos deputados ajuda de custos para gasolina telefone celular, ou os 27,000,00 de verba de gabinete.

  5. Cade os carros da Alep que sumirão os quadros cade o dinheiro que Luiz Abi recebeu cade fale sobre isto ai sim tera um pouco de razão

  6. Enquete:
    Estavam lá professores e deputados, aí sumiram os microfones da assembleia. A pergunta é, quem foi que levou os microfones?
    Marque a resposta certa:

    [_] Foram os professores;

    [_] Foram os Deputados.

  7. VLemainski - Cascavel Responder

    Se eu fosse professor, certamente estaria envergonhado… O que dizer em casa?…

  8. O GAECO poderia tomar as providencias!

    Isso foi crime organizado, Professor Lemos e APP Sindicato – favor repor os valores pra sociedade.

    Dano ao Patrimônio Público e subtração de bens. Cade o exemplo?

  9. Caro FÁBIO, o que aconteceu na ALEP não tem denominação. A ALEP foi invadida por membros da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA, por mercenários professores ladrões da APP e por aquela massa de gente que tem pouca massa cinzenta, que denominamos de ” maria vai com as outras”. Diga-me com quem andas e dir-te-ei quem és. Foram os professores da APP quem escolheu os parceiros, portanto devem se responsabilizar pelos convidados, e pelo jeito são todos ladrões de micro fone. Se levam esse tipo de equipamento, dá para imaginar o que fazem nas salas de aula. Lamentável para as crianças paranaenses, com o nível desses professores. Atenciosamente.

  10. O real fato é o seguinte,o tal professor quis ganhar as eleições “no grito” em Cascavel, professores não quebram as coisas nem roubam, provavelmente há pessoas vermelhas infiltradas,Luiz abi nem a tal oficina não receberam 1 centavo dos carros arrumados (quem vai pagar a conta e o salários dos funcionários ??) … Fato que estão querendo desestabilizar nosso Estado para desviar a atenção da bandalheira no País.

  11. É SÓ IR ATÉ O REDUTO DE corruPTos DO pt, QUE É A TAL DE APpt sindicato, QUE LÁ ENCONTRARÃO TODOS ESTES MATERIAIS ROUBADOS DA ASSEMBLÉIA.

  12. Manda a Polícia na casa do presidente da APP que vai encontrar estes objetos. Não esqueçam que ele é vermelho, por tanto…..

  13. clarice franze Responder

    VAMOS E VENHAMOS, EXISTE DIFERENÇAS E GRANDES ENTRE MANIFESTAÇÃO REINVINDICATÓRIAS E INVASÕES , DEPREDAÇ~OES DO PATRIMÔNIO PÚBLICO,
    NESTA GREVE O QUE HOUVE FOI UMA DEMONSTRAÇÃO DE DESORDEIROS, ONDE NÃO SÓ HAVIA O PESSOAL DA APP, OUTROS SINDICATOS SE MISTURARAM A TURBA, MAIS DEPUTADOS DESORDEIROS TIPO LEMOS E OUTROS QUE ESQUECERAM A ÉTICA E TRIPUDIARAM NOS DIREITOS DE GREVE.
    AGORA É IR MESMO PARA CIMA E SOLICITAR A REPOSIÇÃO DOS BENS DESTRUIDOS.
    E NO FUTURO VER UM MODO MAIS CIVILIZADO DE REIVINDICAR O QUE É DE DIREITO. SEM QUEBRA-QUEBRA.

  14. Vamos pedir ao Dep. Scanavaca que ele tambem devolva dinheiro de licitiações emergenciais, para manutenção de carros oficiais do deto, em que as empresas dele, no nome de um laranja, foi vencedora da licitação de contratos que ultrapassaram a casa de 1,5 milhoes.

  15. Ah, agora tenho certeza que esses professores são petistas mesmos…precisa verificar se não houve mais objetos roubados. Vejam que tipo de educação nossos filhos, netos, etc., estão sendo educados.E ainda querem aumento?!?

Comente