Uncategorized

Sem chance

renan-e-henrique-300x156

do Lauro Jardim:

Henrique Eduardo Alves já pediu três vezes a Renan Calheiros que dê o aval para sua indicação ao Ministério do Turismo. E Renan não está nem aí.

3 Comentários

  1. Caro FÁBIO, o senador RENAN com essa posição de não aceitar esse novo indivíduo HENRIQUE EDUARDO ALVES do PMDB no MINISTÉRIO DA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA, um ministério de perdedores, é evitar a instalação de mais um perdedor/derrotado na última eleição, pois não tem mais representatividade no seu estado. É colocar mais um “morto de fome” para dificultar a saída do imbróglio em que o cooptado PMDB está envolvido. O RENAN poderia articular a devolução de todos os demais ministérios que estão com os seus parceiros para criar uma situação de ingovernabilidade para a ORGANIZAÇÃO, e com isso sair do foco da população na mobilização do dia 12.04.15., mais um dia em que o PMDB será exposto a sociedade como parceiro de sustentação da ORGANIZAÇÃO. Defendo a liberdade de opinião, liberdade de imprensa e liberdade de investigação. Apoio a mobilização dos CAMINHONEIROS e proponho a RENÚNCIA JÁ da DILMA, agora no poder, para evitar a prática de maiores VEXAMES e VERGONHAS a sociedade brasileira. Atenciosamente.

  2. valdir izidoro silveira Responder

    Pessoal, esse Renan que está envolvido na Operação Lava Jato tal qual o presidente da câmara se tivesse vergonha na cara renunciariam ao mandato. O Renan, para quem conhece um pouco de história política, foi um guri de recado do Collor. é um safado de primeira linha. Ainda tem gente que acredita e dá bola pra esse canalha achacador, chantagista e negocista.

  3. Cajucy Cajuman Responder

    Renan, Cunha e outros da tal base “alugada” estão exercitando a cartilha do livre-arbítrio e à revelia da coerência e do respeito à Constituição e aos brasileiros. ** Eles executam fielmente o mandamento do poder vigente do levar vantagem em tudo e sobre todos como, aliás, foi à nova ordem implantada ferozmente há doze anos. ** Portanto, Renan e mais Cunha são apenas peça – cada um – da mesma engrenagem corrupta e decadente da república que esperneia para não afundar na lama que eles e a tal base, em parceria, executam com maestria. ** Enquanto não houver renovação política com novos quadros oriundos da juventude estudantil universitária não comprometida com a baderna da hora, tudo ficará na mesma, com algumas exceções.

Comente