Uncategorized

Sangue no Galpão Nelore

Em torno de uma suculenta picanha a sangrar, deu-se transação do sórdido comércio de dossiês no Galpão Nelore, muito indicada churrascaria de Londrina. A Polícia percebeu sangue nos olhos dos negociantes.

7 Comentários

  1. Cajucy Cajuman Responder

    Como sempre, os rabos felpudos da política de baixa qualidade continuam aprontando das suas, sempre com o objetivo de sujar reputações, deixando rastros de como são vulgares, decantes e desprezíveis. OU seja: não valem à água do batismo…

  2. Abrahao Maciel de Oliveira Responder

    Noticia do tipo que o PT gosta, sem sentido. Pela seriedade do blog, de nomes aos participantes.

  3. Agora vai ser uma correria só, por precaução talvez até as passagens já estejam compradas! Quem sabe!? Adivinhem só quem esta apavorado? Neguinho chora e a mãe não escuta!
    Não haverá salvação, para as organizações criminosas.
    Esse tipo de notícia reforça a desconfiança de vazamento de informações privilegiadas.

Comente