Uncategorized

Youssef cumprirá 3 anos de prisão por esquema em Abreu e Lima

Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da estatal, foi condenado a 7 anos e seis meses de prisão. Ele cumprirá a pena em prisão domiciliar.

de Kelli Kadanus, Gazeta do Povo:

A ação penal resultante da Operação Lava Jato que tratava de irregularidades nas obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, terminou com oito réus condenados. O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo caso, condenou o doleiro Alberto Youssef, apontado como chefe do esquema, a 18 anos e oito meses de prisão. Já o ex-diretor de abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa, foi condenado a sete anos e seis meses.

Por causa do acordo de delação premiada, Youssef vai cumprir apenas três anos da pena em regime fechado e, em seguida, segue para o regime semiaberto. Paulo Roberto Costa cumprirá prisão domiciliar até o dia 1º de outubro de 2015 e, em seguida, cumprirá o regime semiaberto por mais um ano. O restante da pena será cumprida pelo ex-diretor em regime aberto.

O diretor das empresas Sanko Sider e Sanko Serviços Márcio Bonilho foi condenado a 16 anos de prisão em regime fechado. A condenação foi a mesma para o laranja de Youssef Waldomiro Oliveira.

Leonardo Meirelles, dono da empresa Labogen, foi condenado a oito anos e dez meses de prisão em regime semiaberto. O irmão dele, Leandro Meirelles, foi condenado a 10 anos e oito meses, também em regime semiaberto.

Pedro Argese, considerado laranja de Youssef e Leonardo Meirelles na empresa Piroquímica, foi condenado a sete anos, um mês e dez dias de prisão em regime semiaberto. Esdra de Arantes Ferreiras foi condenado por Moro a mesma pena de Argese, também em regime semiaberto. O juiz ainda absolveu os réus Antônio Almeida Silva e Murilo Tenia Barros dos crimes de lavagem de dinheiro.

Acordos

Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa firmaram acordo de delação premiada com a Justiça, em troca de uma pena menor no caso. Os dois revelaram com detalhes o esquema de fraude nas licitações da estatal e a formação de um cartel na concorrência dos certames. Eles também revelaram à Justiça os nomes de políticos e partidos envolvidos no pagamento de propina. Com base nos depoimentos, o Supremo Tribunal Federal (STF) abriu inquéritos para investigar parlamentares com foro privilegiado. Três paranaenses integram a lista: os deputados federais Dilceu Sperafico (PP) e Nelson Meurer (PP) e a senadora Gleisi Hoffmann (PT).

Paulo Roberto Costa cumpre prisão domiciliar no Rio de Janeiro desde o dia 1º de outubro do ano passado e, de acordo com o acordo firmado com a Justiça, vai ter que devolver R$ 70 milhões aos cofres públicos.

11 Comentários

  1. Sergio Silvestre Responder

    No fim quem se deu bem foi o quase Tucano Paulo Roberto Costa e tudo como dantes.
    Quem sabe agora quase solto o Paulo resolve incrementar suas mentiras numa delação desmoralizada pelos desencontros de informação e seletiva.
    O Yossef deverá levar uma prensa na cadeia para não dedurar os “outros” e ter um conforto como cama redonda,uisque 12 anos e algum encontro feminino sem viagra já que é cardíaco e pode esticar as canelas numa dessa.

  2. Esse Sergio Silvestre deve ser maledacabeça….o Lula nomeia, e o cara é Tucano???

  3. JOÃOZINHO DO SUDOESTE Responder

    Tem pessoas,tão doentes politicamente,que é melhor ser cego que ler certas coisas,esse tal SS dizer que seu PR Costa é tucano,é de fazer rir….Quem o nomeou ???? Aliás,ele e o resto da cambada,que estão sendo investigados ???? De repente,dirão que foi Getúlio Vargas,Juscelino,Itamar,FHC…..Engulam,que foi seu LULA e companhia……

  4. valdir izidoro silveira Responder

    Estes dois canalhas, laranjas e infiltração dos tucanos para desmoralizar a nossa Petrobrás DEVEM SER FUZILADOS. Executados sumariamente por traição, ´por tentarem entregar a Petrobras ao capital estrangeiro. São dois crápulas.

  5. Esta é apenas a sentença de um dos casos de corrupção em que estão envolvidos, mais precisamente na Refinaria Abreu e Lima. O restante, e que também são muitos ainda estão sendo apurados, pelo Juiz Sérgio Moro. Portanto, Sérgio Silvestre, aguarde e verá, a condenação de muitos outros Petistas condenados e mais os aqui referidos em outras ações. Pelas suas declarações, nota-se que é Petista roxo, e não quer perder a tetinha !

  6. Sergio Silvestre Responder

    Quantos dosi,são os que foram indiciados 25 são do PP,CONHECEM O PP,vamos lá e o SR PAULO R COSTA foi nomeado pelo LULA EM 1997 É PRA RIR NÉ.

  7. Eremildo não é mais idiota Responder

    Espero que a tradição dos FARROUPILHAS e MARAGATOS do velho Rio Grande do Sul, fique atenta ao Tribunal Regional da JF, para não engavetar o julgamento deste desta Apelação que será proposta. Assim como a presteza da primeira instancia, a Justiça Federal no TRF, tem que ser ágil.

    Escolhido o Relator, tenho certeza que pelas Redes Sociais a fiscalização sera intensa.

    Mas se o Dignissimo Relator, não for ágil como tem sido o Juiz Sergio Moro, tenho certeza que a gauchada vai fazer plantão e passeatas na frente do Tribunal pedindo Justiça.

    DURA LEX, SED LEX

  8. Sergio Silvestre máledacabeça.. O Paulo é funcionário de carreira da Petrobras desde 1995 e foi nomeado pelo Lula em 2004 como diretor de abastecimento aonde começou a ladroagem. ASSUMA MEU!! Não seja sectário alienadinho.

  9. Tem um senhor aí em cima que assina SS,que deve ser da sigla nazista,porque não é possível que seja tão alienado pois inverte todas as verdades,quando besteiramente diz que o Sr roberto Costa é tucano . Sr SS a leitura com certeza não faz parte do seu cotidiano, como a maioria dos membros desta quadrilha ,que nunca na história deste país roubaram e estão roubando como a sigla PEtralhas ( Petrolhão,mensalão,).
    Alguém deve ter cargo comissionado,pois só ler o que diz o pessoal bolivariano ,bolchevistas, comunas com bandeiras vermelhas etc

Comente