Uncategorized

Em carta a Richa, coronéis da PM
repudiam declarações
de Francischini

richa - cel 1

O Coronel Cesar Kogut, comandante da Polícia Militar do Paraná, enviou carta ao governador Beto Richa em que repudia declarações do secretário de Segurança Pública, Fernando Francischini, em nome da oficialidade da corporação. É o que segue:

CARTA AO EXCELENTÍSSIMO SENHOR GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ

“O Comando da Polícia Militar do Paraná, instituição sesquicentenária que labuta diariamente em prol da segurança pública do Estado do Paraná, cumprindo incansavelmente a sua missão constitucional, vem perante Vossa Excelência manifestar o seu repúdio às declarações atribuídas pela Imprensa ao Secretário de Estado da Segurança Pública, em data de 04 de maio de 2015 – e até agora não desmentidas – as quais atribuem única e tão somente à PMPR a responsabilidade pelos fatos ocorrido em 29 de abril de 2015, quando da manifestação dos professores, pelos fundamento abaixo delineados.

a) A Polícia Militar do Paraná esteve presente no dia 29 de Abril de 2015, cumprindo o seu papel constitucional de preservação da ordem pública, no intuito de garantir a ordem pública e impedir uma possível invasão à Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, em atendimento ao interdito proibitório expedido pela Justiça paranaense, devidamente comandada, com planejamento prévio e ciente dos desdobramentos que poderia advir.

b) Que o Senhor Secretário de Segurança Pública foi alertado inúmeras vezes pelo comando da Tropa empregada e pelo Comandante-Geral sobre os possíveis desdobramentos durante a ação e que mesmo sendo utilizadas as técnicas internacionalmente reconhecidas como as indicadas para a situação, pessoas poderiam sofrer ferimentos, como realmente ocorreu, tendo sido vítimas manifestantes e policiais militares empregados na operação.

c) Que imediatamente após os fatos foi determinada a abertura de Inquérito Policial Militar para a apuração dos possíveis excessos, no sentido de serem responsabilizados todos os que tenham dado causa aos mesmos.

d O que não se pode admitir em respeito à tradição da Polícia Militar do Paraná, seus Oficiais e Praças, que seja atribuída a tão nobre corporação a pecha de irresponsável ou leviana, por não ter sido realizado um planejamento, ou mesmo que tenha sido negligente durante a operação, pois todas as ações foram tomadas seguindo o Plano de Operações elaborado, o qual foi aprovado pelo escalão superior da SESP, tendo inclusive o Senhor Secretário participado de diversas fases do planejamento, bem como é importante ressaltar que no desenrolar dos fatos o Senhor Secretário de Segurança Pública era informado dos desdobramentos.

e) O Comando e os demais integrantes da Corporação deixam claro a Vossa Excelência que nunca deixarão de cumprir o seu juramento desempenhar com honra, lealdade e sacrifício de sua própria vida, as suas obrigações, na defesa da Pátria, do Estado, da Constituição e das Leis.

Curitiba, R, 5 de Maio de 2015.

Cel. QOPM Cesar Vinícius Kogut

Comandante-Geral da PMPR”.

23 Comentários

  1. Caro Fabio Campana,

    Use a sua amizade com o governador e a sua experiência em vários governos e aconselhe o governador a tomar a frente do governo e demitir a todos , virar a pagina.. a bagunça se instalou na secretaria de segurança publica do Parana

  2. Já que a coisa descambou mesmo, cruzem os braços e exijam a saída do batman tupiniquim.

  3. Falido e mau pago Responder

    Demonstração de que, ao menos, a PM tem comando e hierarquia. Enquanto os demais setores da gestão estadual é só choque de gestão. Estado de choque nas finanças e tropa de choque para cima de professores manipulados pela APP, só servindo para dar sobrevida política ao PTrolão no Paraná e ao esperto de louco do Requião.
    Quanta falta de habilidade política deste grupo que orbita em torno do Governador. Cada um cuidando do seu interesse e da sua próxima eleição. Pobre Beto!

  4. O GOVERNADOR VAI MANTER A PALAVRA OU VAI CONTINUAR NÃO TENDO PALAVRA.
    ESTA CARTA MOSTRA CLARAMENTE QUE O COMANDO DA PM NÃO ESTA MUITO AFIM DO FRANCISCHINI. NÃO ERA ESTA A CONDIÇÃO PARA MANTÊ-LO NO CARGO??
    E AI GOVERNADOR VAI CONTINUAR COM ELE NA SESP, ASSIM ATÉ A DONA FERNANDA VAI FICAR COM CIUMES.

  5. Agora o FRANCISCHINI, vai mandar dar porrada e bala de borracha nesse comandante e oficiais. Pois só isso que ele sabe fazer. Quando o FRANCISCHINI foi conversar com o desgovernador, já tinha acionado a sua inteligencia e tinha informação que todos iam apoiá-lo. Esta ai, um governo de m…, um secretario de m….!!!!!!!

  6. Kátia Flávia Responder

    Sobra pro mais fraco, o Excelente Coronel é de carreira não tem votos e o Batman tem !

  7. Se Beto Richa tivesse demitido o secretário de segurança no dia seguinte, tudo iria ser esquecido. E ainda teria a imagem de um governador competente, que não concordou com o massacre. Mas agora olha a confusão que virou: oficiais da PM desmentindo o secretário. E o secretário implorando para nao ser demitido porque atrapalhará a carreira política dele. E por fim, o Beto Richa líder disso tudo. Sinto muito. Até eu que sou contra o PT, que nunca votei no PT, me sinto mal representado pelo Beto Richa.

  8. CLOVIS PENA -o custo da pressa Responder

    Situação complicada. Momento difícil. Não está bom prá ninguém.

  9. RECEITA DO CAOS Responder

    Ah sim… quer que sobre tudo para o Francischini senhores oficiais; não aceitam ser reprovados … O homem é um lutador pela nação, a sociedade tem que dar apoio a esse homem. É um guerreiro, contra corrupção, sacanagens, e essa jaca ele tem que descascar com todos os companheiros, inclusive com os funcionários da polícia. É isso aí, erramo todo mundo junto, morre abraçado. Ninguém vai empurrar o Francischini pro abismo não. Todo mundo errou. O governo na forma de aprovar ? (talvez). Os professores descumprindo ordem judicial ? O sindicato apavorando todo mundo ? As alas radicais aprontando ? A área da segurança entrando no jogo ? Todo mundo errou, todo mundo querendo o seu. Tão querendo fritar o secretario, mas não é assim não, meus chefes eu sempre assessorei até sem me pedir, sempre avisei: chefe, vamos fazer de outro jeito, eles sempre me ouviram, sempre fui honesto com eles. Sempre preocupado em “a casa não cair”. O Francischini tá sendo bom pra segurança da população paranaense; uma parcela que agora ficou descontente não pode manchar a carreira desse homem. Confiamos no Francischini.

  10. Alguém tem que pagar o pato, já que Richa e Francischini não tem coragem para assumir os seus erros, mas também tem muitos policiais que merecem esta fumada, já que muitos se aproveitaram da ocasião para despejar suas frustrações e devaneios em cima de pessoas que não estavam armadas, somente tinham um única intenção, não deixar que os seus recursos de aposentadoria fossem delapidados pelo Governador e seus Secretários que até agora não demonstraram competência para gerenciar um estado da pujança do Paraná. Mas a carta tem sua credibilidade por colocar de fato os pingos nos “is” e mostrar que as “autoridades” palacianas estavam cientes das ações dos policiais. Gostaria de ver uma ação desta envergadura para acabar com os bolsões de criminalidades na cidade de Curitiba e no Paraná. Mas isso é só contra os “perigosos” professores e funcionários públicos.

  11. Arne Saknussen Neto Responder

    Parece que o estoque de munição do governador para dar tiros no próprio pé é inesgotável ! Não consegue ficar 24 horas sem fazer um monte de…

  12. QUER DIZER ESTAO USANDO O POBRE DO CORONEL COMO BODE EXPIATORIO,POR CAUSA DE BETO RICHA UM GOVERNADORZINHO FROXO ,BUNDA MOLE,É UM PLAYBOYZINHO DE PREDIO MESMO.BETO VC NAO SE ELEGE NEM PARA VEREADOR MAIS.SE EU FOSSE VC PEDIA DESCULPAS POR TODAS AS CAGADAS E RENUNCIARIA,MAIS PARA ISSO TEM QUE SER MACHO,COISA QUE VC DEIXA BEM CLARO QUE NAO É.SEU COMPORTAMENTO E DE UMA CRIANCINHA MIMADA E ABOBADA.

  13. Todos os coronéis da PM (15) eram responsáveis pela OPeração que contou com mais de três mil PMs. Os coronéis não aceitariam fazer a operação apenas com os PMs da Capital. Foram atendidos. Ganham por Mês mais de 25 mil reais e, após uma choradeira enorme, mais sete mil reais de representação. Agora cometeram erros enormes porque se esconderam em seus gabinetes com ar condicionado e querem botar a culpa no secretario e nos seus soldados. Sejam honrados coronéis. Assumam a culpa e, se não estão felizes, vão embora. Cometeram erros sim. Comandante fica junto com a tropa e não em sala climatizada.

  14. O Coronel que comandou a Corporação no período de 1961 a 1965, tinha por ideologia conquistar benefícios sociais para seus comandados, certamente com base na Declaração Universal de Direitos Humanos, garantidora de direitos na época.
    Proporcionou a felicidade da Família Militar ao determinar a construção do primeiro Conjunto Residencial na Capital e exclusivo para as praças sob seu Comando que não conseguiam adquirir a casa própria devido a baixa remuneração da época.
    Visitava constantemente o Conjunto Residencial, Projeto Social que idealizou, e após a conclusão destinou para ocupação e uso a Cabos, Soldados e respectiva família, sem exigência de Contrato Locatício, por ser um BENEFÍCIO SOCIAL apoiado pelo governo da época.
    Exigiu apenas cópia da Ficha de Corretivos para comprovar a conduta do praça e cópia da Certidão de casamento para comprovar que era casado.
    Mesmo depois de estar na RR continuava as visitas, pois, fazia questão de manter a boa qualidade das casas que foram construídas com mão de obra dos primeiros Praças beneficiados.
    O Nobre Comandante faleceu em 1988, no mesmo ano que foi promulgada a Constituição Cidadã, que confirma e garante os mesmos direitos que ele ofereceu com base na DUDH.
    Passados 50 anos, mesmo sem ter o JUSTO Título de Propriedade, todos cuidam de suas casas mantendo a boa qualidade habitacional de sua moradia com recursos próprios. Porém,depois de 5 décadas existe o risco de DESPEJOS, pela falta de documento tão importante.

    Mas existe a esperança que assuma o Comando da PM, um Coronel com a mesma ideologia e garanta o Direito a Moradia e o Título de Propriedade a todos os moradores do Conjunto

  15. Se o Governador fosse só um pouco esperto, aproveitaria a chance de ouro e mandaria esses coronéis a, estão ai apenas para agir em pról de seus interesses particulares, o atual comando nada fez em beneficio da tropa, penas defendeu interesses e promoções de oficiais, tenho certeza absoluta que na sua grande maioria a tropa ficaria bastante satisfeita com a saida destes se julgam os donos da corporação, existem vários oficiais mais novos, e com vontade de trabalhar, e podem ter certeza com competência de sobra, fora já com essa velharia que só prejudica a gloriosa PMPR.

  16. QUE PENA! VALE MAIS A PALAVRA DE UM POLÍTICO DO QUE A A ASSINATURA DE 16 CORONÈIS PROFISSIONAIS DA SEGURANÇA PÚBLICA!

  17. Marcos da Silva Responder

    Esse Coronel foi indicado por LUIS ABI primo do governador Richa para o Cargo, ele e de Londrina mesma cidade de Luís. O esquema de Abi era o conserto das viaturas da PM.

  18. Erraram o Governador, o Secretário e a Polícia Militar. Faltou estratégia política ao Beto, faltou jogo de cintura ao Secretário e a polícia matou a saudade daqueles tempos de chumbo, da DITADURA. Aliás, passou da hora de UNIFICAR a polícia no Brasil.
    UNIFICAÇÃO JÁ!!!!!!

  19. luiz saragiotto Responder

    PRIMEIRO O POVO

    O governador foi eleito para governar defendendo os interesses do povo, não para cuidar dos interesses políticos individuais desse ou daquele parceiro.
    Com o passar do tempo os resultados mostrarão se as ações foram acertadas ou não e, ai sim as carreiras políticas dos envolvidos se definirão subindo ou descendo.
    Os milhões de paranaenses esperam que nosso governador se preocupe e aja defendendo os interesses de todos e, não apenas da carreira política de um parceiro; Por mais parceiro que ele seja, o povo tem preferência e, o povo espera ações do nosso governador para voltarmos a normalidade e a paz.

  20. EUCLIDES DA CUNHA NETO Responder

    Não precisando tanto…mas se os coronéis não forem fiéis ao secretario e ao governador coloca de lado e promove os tenentes-coronéis fiéis e bola pra frente…Queiramos que não tenha havido sentimento de revanche no coração dos coronéis

  21. Acho que os coronéis mandaram descer o cacete de propósito mesmo, não gostam do Beto e nem do Francisquini. Estão com saudades do homem que come mamonas.

  22. A Cidade Industrial de Curitiba, bairro mais violento da capital paranaense, segue com apenas uma viatura em operação. Isso porque as outras 40 viaturas, que deveriam atender a região mais populosa da cidade, estão paradas por falta de manutenção, estacionadas no pátio do 23º Batalhão Policial. ( fonte: radio Band News 08/05/15)

Comente