Uncategorized

Justiça já bloqueou
R$ 700 milhões de empreiteiras

mpf - empreiteiras

A Justiça Federal de Curitiba decretou o arresto de R$ 241 milhões da Camargo Corrêa e de R$ 302 milhões da Galvão Engenharia, duas das empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato. As decisões, da 5ª Vara Cível, se deram em ações de improbidade administrativa que as empresas respondem em consequência do esquema de corrupção investigado na Petrobras.

Somando ao valor de R$ 153,7 milhões que já foi arrestado em relação à Engevix, já chega a R$ 700 milhões o bloqueio envolvendo as empreiteiras. A indisponibilidade dos valores na esfera cível foi solicitada pelos procuradores do Ministério Público Federal. Todo este montante deve ser usado para restituir parte do dinheiro desviado em propina da Petrobras. A estimativa do MPF é de que R$ 6,1 bilhões sejam restituídos aos cofres públicos.

Comente