Uncategorized

Moro vira atração em SP

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, virou atração em São Paulo na quinta-feira à noite. Moro foi tietado e recebeu manifestações de apoio durante o lançamento de livro na Livraria Cultura. Moro assinou com a mulher, Rosângela, o prefácio de Bem-vindo ao Inferno – A História de Vana Lopes, dos jornalistas Claudio Tognolli e Malu Magalhães.

A obra conta a trajetória de uma das vítimas de estupro do ex-médico Roger Abdelmassih, preso no ano passado no Paraguai. Moro foi aplaudido, recebeu flores e foi tratado como “herói”. “É ele, é o cara”, gritavam integrantes de grupos como Acorda Brasil, Vem pra Rua, Brasil Livre e Revoltados On-line, que lideraram manifestações contrárias ao governo Dilma Rousseff e à corrupção.

Outros cantavam o Hino Nacional, cumprimentavam o juiz e diziam “amém” e “nós te amamos”. Tímido, Moro cedeu a alguns pedidos de selfies e foi cercado também na calçada da Avenida Paulista. Ele disse que não se considera um herói nacional, mas que “é importante ter o apoio da população”.

8 Comentários

  1. Por favor gente, não encham demais a bola do cara, numa destas começa a baixar dele o “espírito do Joaquim Barbosa”, aí a coisa vai para o buraco. Reconhecimento, mérito é muito de diferente de puxação de saco e babação de ovo.

  2. Todo e qualquer cidadão honesto, trabalhador, respeitador da lei e dos direitos é herói e vira atração neste país.

    Só a petralhada (inclui aí os sindicalistas da APP) não entendeu ainda.

  3. Doutor Prolegômeno Responder

    Tomara que continue resistindo bravamente às tentações da vaidade mundana, como alvo de tantos salamaleques e louvações. Um país onde as instituições republicanas guardam o ranço do feudalismo, de rapapés, excelências, condes, marqueses e duques, é normal toda esta exaltação de pessoas diligentes e zelosas da coisa pública. Em países mais civilizados, com tradições republicanas mais genuínas, um juiz zeloso cumpridor dos seus deveres seria apenas um juiz zeloso cumpridor dos seus deveres.

  4. augusto palhares Responder

    concordo que ele é uma pessoa ponta firme…mas convenhamos….essa deveria ser a titude de td judiciario legislativo e executivo no Brasil….o Pais esta em tanta decadencia moral que uma pessoa por ser honesta e justa hj em dia vira herói…..

  5. Sergio Silvestre Responder

    Isso que eu acho errado,um juiz tem que julgar sem alguem bufando no seu cangote.
    Imagina a pressão em cima desse sr e as cenas grotescas de fãs idiotas o abalroando.
    Depois ele não vai ter saída quando a jaca cair e ter que recuar,por que isso é patente e logo ele não vai poder parar a nação e passar por cima da lei para seu deguste e satisfação pessoal do assedio.
    Já levou um sabão dias destes do CERVERO,onde gaguejou todo o depoimento dele,e dois advogados o prensaram e ele quase virou tchttchuca na mão dos devogas.

  6. Moro bem próximo da Polícia Federal em Curitiba. O cidadão de bem cansou de só ver na política e na justiça pessoas com pouca credibilidade e descompromissadas com a verdade.
    Dilma, lula, Janot, Teori, Tofolli, Renan, Sibá, etc, etc, etc…
    Quando se depara com uma pessoa do caráter de Sérgio Moro
    nem acredita e por isso a admiração.
    Parabéns Sérgio Moro.

  7. Deixa as pessoas de bem extravasarem seus sentimentos, não de ódio ou rancor, mas para suplantar a vergonha por tanta bandalheira impune, que quase as levaram a desistir do Brasil.
    Quem não pode entrar nessa onda – e certamente não entrará – é o próprio juiz Moro, pois não devemos “confundir derrotas com fracasso nem vitórias com sucesso” (Roberto Shinyashiki).

  8. Parreiras Rodrigues Responder

    Sérgio Silvestre escreve direto de Caracas. Ou será de Havana?
    Tem informações privilegiadas e ainda exerce um excepcional dom de crítica. Lá, entre as quengas dele.

Comente