Uncategorized

Quem encerrou o diálogo?

Marlei_Fernandes_160414

Na verdade, essa questão é irrelevante para as principais vítimas da greve dos professores, os alunos, que estão sem aula e com um ano letivo definitivamente prejudicado. Mas a verdade é que foram os professores, na voz da professora Marlei Fernandes, que decidiram encerrar o diálogo no dia 12 e desmarcar a reunião proposta pelo governo. Ou seja, a radicalização vem do movimento de professores, que procura arrastar agora as outras categorias do funcionalismo público para uma greve geral. Aqui entra um fator político que se sobrepõe a tudo mais. O PT quer que a greve continue, seja qual for a alegação. Mesmo que isso prejudique alunos e os próprios professores..

14 Comentários

  1. Parreiras Rodrigues Responder

    Desde o início da movimentação, se sustentou que as articulações da APP são inspiradas pelo PT. Trata-se decididamente de ação conduzida pelo PT e o principal motivo é o desvio das atenções para com o desastrado estado da administração federal.

  2. A culpa não é do pt. A culpa é dos abobados que acreditam nessa facção chamada de partido e votam neles.
    Forças armadas tinham que tomar conta e por esses baderneiros para trabalhar ou pro olho da rua.
    Só pensam no projeto comunista deles e um bando de aloprados ainda apoiam.

  3. APP do Paraná virou chacota nas redes sociais… BEM FEITO!

    O bom é que o PT está se enterrando dilmavez

    E os capachos da APP/CUT/PT vão comer capim logo logo mesmo porque a revolta de pais, alunos e do povo em geral está grande também.

    Será que a APP acha que o povo só vê a RPC e não se informa de verdade ?

  4. Obrigada Fábio! Como é bom ler opiniões de seres pensantes….tem que ser muito ingênuo para não enxergar toda a questão política por trás desse movimento!

  5. Com baderneiros, politiqueiros transvestidos de professor não deve haver diálogo. Se eles dizem “menos bala e mais giz”, acho que precisa mesmo ter mais giz, ou seja mais aulas, mais trabalho e mais profissionalismo e compromisso com a missão de um verdadeiro EDUCADOR.

  6. Toscani, então tu ta muito por fora. O que mais se viu no Centro Civico por esses tempos foi bandeirinha vermelha. Só um inocente pra não ver o dedão petista nessa greve.

  7. Essa pelegona tem mais que ir trabalhar.Vive as custas do dinheirinho dos professores que pagam mensalmente suas mordomias.Enquanto a professorada come sanduiche na praça a pelega almoça no Devons.Se tivesse sido eleita deputada federal duvido que estaria por aqui defendendo a classe.É simplesmente uma aproveitadora.

  8. FORAM AS MERENDEIRAS, COITADAS, ESSA APP ESTÁ FICANDO INSUPORTAVEL COM CUNHO POLITICO, E USANDO OS MESTRES COMO MASSA DE MANOBRA, COM OS QUE NÃO FICAM NA SALA DE AULA MESMO, SÓ NA TETA DA APP( BEM GORDA POR SINAL)
    PARA COBRIR OS ROMBOS NACIONAIS CLARO.

  9. Mar-lei!!! Chega!!! Vamos voltar para as Escolas e trabalhar!!! Pais!!! Vão ao Ministério Público e solicitem a volta das aulas!!! Seus filhos vão perder muito!!! Vocês, pais e mães, estão perdendo muito.
    Governador: faça uma reunião com todos os Chefes de Núcleos e exija a volta às aulas. Depois da reunião com o Governador, cada chefe de núcleo reúne todos os diretores das escolas de seu núcleo e elaboram uma estratégia de volta às aulas. É fácil!!! O exemplo a ser seguido é do Diretor Gilmar (CE. Vila Macedo – Piraquara)… Lá as aulas voltaram. Governador: chame o Professor Gilmar para a reunião com os Chefes dos Núcleos Regionais de Educação. Governador: nesta reunião, a sua presença é fundamental.

  10. Acredito que esteja no momento de os professores (de um modo geral) pararem de fazer o teatro da temática: Sou Coitadinho!.
    Inúmeras categorias não recebem os salários merecidos, contudo executam a sua função da melhor forma possível. Um gari não deixa de varrer parte da rua porque o seu salário não é o que ele considera adequado, o mesmo deveria ser com os docentes, as aulas poderiam ser proveitosas, com conteúdo real e atual, independente do contentamento salarial. A qualidade da educação não depende do dinheiro investido no salario dos professores e sim da consciência destes; não podemos ser levianos e acreditar que o ensino público é um horror porque os professores não recebem bons salários, os docentes poderiam lecionar boas aulas e assim colaborar para o desenvolvimento real da sociedade independente dos seus salários. É sabido que existem aulas “fantasia”, encenadas e nada proveitosas (eu finjo ensinar e vocês apreender).
    A requisição de melhores salários é valida a diversas categorias, mas é necessário tem o bom senso de avaliar a situação caótica da economia do Pais, não só o Estado do Paraná passa por dificuldades, mas diversos unidades da Federação, isso em decorrência de politicas equivocadas aplicadas no âmbito Federal.

    É surpreendente quando se ouve que o ensino privado é muito melhor que o publico, sobretudo porque muitos dos professores estaduais já lecionaram ou lecionam na educação privada; creio que a sociedade atingiu o atual patamar com utilizando giz e quadro negro, assim uma lousa digital não deve representar tamanha diferença.

  11. -Agora está mais do que comprovado, a APP-Sindicato sofre influência do partido reinante para desestabilizar o governo do estado do Paraná. O sindicato dos professores também dominam as greve em São Paulo, Santa Catarina, Goiás e Pará

Comente