Uncategorized

Maria Victória propõe Frente Parlamentar em Defesa da Cadeia Produtiva da Reciclagem

Foto: Pedro Oliveira – ALEP maria vitoria 1 foto pedro oliveira

A deputada estadual Maria Victória (PP) protocolou na Assembleia Legislativa requerimento para a constituição da Frente Parlamentar em Defesa da Cadeia Produtiva da Reciclagem. Segundo ela, o objetivo da Frente é “apresentar exemplos de iniciativas bem sucedidas que resultaram em crescimento profissional e financeiro em comunidades do Paraná, e a partir disto, buscar meios para melhorar as condições de trabalho e oferecer mais oportunidades de inclusão social, econômica e a expansão da coleta seletiva de resíduos sólidos, da reutilização e reciclagem com enfoque direcionado para a educação ambiental.”

Para a deputada, as cooperativas de reciclagem exercem um papel importante na medida em que proporcionam a estruturação do trabalho dos catadores e ajudam na inserção deles como profissionais e cidadãos.

Maria Victória lembra que o setor de reciclagem movimenta R$ 12 bilhões por ano. Com políticas que incentivem a reciclagem, seria possível aumentar esse valor, pois atualmente o país perde em torno de R$ 8 bilhões por não reciclar resíduos que são encaminhados aos lixões e aterros sanitários. “Para contribuirmos para a ampliação da reciclagem e reutilização de materiais é preciso que mecanismos de gestão sejam criados, assim como a desoneração tributária da cadeia da reciclagem. Temas que serão discutidos pela Frente Parlamentar”, disse a deputada.

9 Comentários

  1. Ponto para a deputada!
    Mas que tomem medidas efetivas.
    Chega de discurso e virtualidades.

  2. Sergio Silvestre Responder

    A reciclagem começaria com a família Barros,trocando por outra família menos gulosa de Maringá.

  3. COMANDO É ISSO …. MENOS MOÇA MENOS, PP TEU PARTIDO FOI QUEM MAIS PEGOU PROPINA DA PETROBRAS…MOÇA.

  4. Perguntar não ofende: durante o mandato de seu Tio Silvio Barros II, a cidade de Maringá teve (e ainda tem, acreditem) apenas 3% dos domicílios atendidos pela coleta seletiva.
    Silvio Barros é Secretário do Richa.
    Pergunto: a Deputada já conversou com o Tio? Sim, porque a família não tem uma história lá muito boa na gestão dos resíduos sólidos aqui em Maringá…mais uma bandeira furada para a moça, que não tem credibilidade para falar do assunto, haja vista que a administração de sua família aqui em Maringá queria até queimar o lixo…

  5. Calça frouxa, o que você tem a dizer do cabeção de Londrina que esta hospedado na PF Santa Cândida Resort?

Comente