Uncategorized

Com risco de derrota do governo, Senado adia votação da MP 665 para próxima semana

d’O Globo

Depois de uma rebelião da base aliada e com risco de ser derrotado, o governo precisou pedir que o Senado adiasse a votação da Medida Provisória 655, que endurece as regras para o pagamento do seguro-desemprego e do abono salarial. Seria a primeira medida do ajuste fiscal analisada pelo Senado este ano.

A votação ficou para a próxima terça-feira e a expectativa é que até lá o governo negocie com senadores para conseguir uma maioria segura para a votação.

O Palácio do Planalto foi informado de que havia risco de derrota, já que o governo teria apenas de três votos a cinco votos de vantagem. O adiamento vai dar ao governo e aos líderes tempo para achar uma saída que evite uma derrota da presidente Dilma Rousseff em um dos pilares do ajuste fiscal.

4 Comentários

  1. O QUE EU ACHO, NÓS BRASILEIROS VAMOS TER QUE PAGAR ESSE FURO DA PETROBRAS CUSTE QUE CUSTA PONTO. ALGUMA COISA JÁ COMEÇOU , O QUE….GASOLINA….ALIMENTOS…LUZ E AGUA , AGORA VEM OS IMPOSTO ETC…ENQUANTO AS CONSTRUTORA , OS DONOS ESTÃO SAINDO DA PRISÃO, UM PAGA 100MILHOES OUTRO PAGA 200MILHÕES , E VOCE NÃO SABE COMO ESSES PAGAMENTO ACONTECE E PARA ONDE VÃO, UNS DIZEM VAI PARA ISSO AQUILO,ENFIM MUDA BRASIL, VAMOS PARAR DE SER BURROS, NÓS SOMOS A FORÇA.

  2. É interessante como as coisas são colocadas. Derrota da Dilma. A derrota é do País, que vai ficar ingovernável. A Dilma sai em 2.018 e provavelmente o governo será da oposição de hoje, que é quem vai sofrer as consequências dos atos de agora. É tiro no pé. Fazem isso para derrubar a Dilma mas na realidade estão plantando o caos futuro para si próprios.

  3. Ora, não entendo, afinal, quem manda no Senado? é a Dilma ou é o Renan? é estranho isso né!!! vamos pro sim ou não uai.

Comente