Uncategorized

SC começa a contratar professores temporários para substituir grevistas

greve -sc O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), autorizou a contratação de professores temporários para substituir grevistas. Nesta semana foram chamados 113 aprovados em processo seletivo e a previsão é convocar mais 687 para todos os núcleos de educação.

Em Santa Catarina, o magistério estadual está em greve desde 24 de março.

8 Comentários

  1. VLemainski - Cascavel Responder

    Se foi aprovada a lei das terceirizações é justo colocá-la em prática… Começa a resolver essa esculhambação organizada pelos sindicatos… Outra solução seria a privatização… Sai mais barato, tem mais qualidade e acaba com essa mordomia da estabilidade para gente que não trabalha.

  2. Dinheiro para pagar os servidores não tem mas tem para contratação.. É O FIM DA PICADA…

  3. Boa tarde, parabéns Governador ótima atitude, quem ficar de greve manda embora, ninguém e melhor que ninguém para receber sem trabalhar.

  4. Anderson Santana Responder

    Quem quer ficar em greve que fique,agora não é justo que recebam. Na iniciativa privada só recebe quem trabalha,não pode ser diferente no Governo. Esses pessoal se vale de sua estabilidade de emprego para querer “tocar o terror” no estado. Pode contratar professor para ganhar metade que essa gente ganha que dobra duas vezes a fila no quarteirão.

  5. E abre Processo Administrativo por abandono de emprego. Quem não quer trabalhar da lugar para outro.

  6. esse está correto, tem meu apoio, minha admiração e certamente conta com o apoio da sociedade catarinense também.

  7. Se rua ao grevista, digo, ao baderneiro… O mesmo (ou metade – professor inicial), vai sobrar dinheiro aos cofres públicos.

  8. É o caminho à ser trilhado para resolver a intransigência dos grevistas. Mais aulas e trabalho e menos greve!!!

Comente