Uncategorized

Ex-sócio de Janene diz que Youssef lavou para Gleisi e Paulo Bernardo dinheiro desviado de
obra federal em Maringá

unnamed333333

O empresário Hermes Magnus, ex-sócio do deputado José Janene (PP), disse em entrevista à revista Carta Capital desta semana que o doleiro Alberto Youssef lavou dinheiro desviado das obras do Contorno Norte em Maringá para o casal petista Gleisi Hoffmann, senadora pelo Paraná, e Paulo Bernardo, ex-ministro de Comunicações do governo Dilma Rousseff (PT). Magnus foi sócio de Janene na Dunel Indústria e o denunciou em 2008 quando descobriu que o empreendimento era utilizado para lavar dinheiro. Hoje, ele vive em Portugal.

“O Janene gostava de falar a onde seus rivais iam cair. Ele falava do anel viário de Maringá( Contorno Norte). O Alberto Youssef teria lavado dinheiro dessa obra para Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo. Ao voltar aos tempos do Janene e rever minhas anotações, encontrei uma na qual ele falava que ia dar muito pano pra manga. Pelo que soube, o ex-procurador-geral da República Roberto Gurgel arquivou essa investigação sobre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte, responsável pela obra”, disse Magnus na revista.

A empreiteira responsável pela obra do Contorno Norte em Maringá, a construtora Sanches e Tripoloni, repassou R$ 2,4 milhões para Gleisi nas duas últimas campanhas: R$ 510 mil em 2010 e R$ 1,9 milhão em 2014. A obra também é suspeita de superfaturamento e investigada pelo TCU – e que custou R$ 412 milhões. Gleisi e Bernardo foram acusados ainda de usar o jatinho da empreiteira na campanha de 2010.

12 Comentários

  1. Monopólio RPC Responder

    O Monopólio RPC tv vai noticiar isso???? Ou mais uma vez vai se ausentar dos escando-los da narizinho?

  2. Sergio Silvestre Responder

    A TRIPOLONE É A PREFERIDA DO GOVERNADOR,O magnum ai é turquinho????????????

  3. Esse tem cara é de “trampa”. Tremendo salafrário, mas quando é para
    falar dos desafetos, vale tudo e o que fala é verdade. Empresário, sim… Gastando o dinheiro roubado por aqui. Mas ainda te pegam…

  4. Sociedade Responde Responder

    Curioso. Leio mais abaixo que o PT está comemorando, alegre e festeiro o pedido de impeachment do governador Beto Richa, feito por um causidico que é integrante do próprio partido petista, ex-candidato a vereador e com larga participação nos assuntos digitais da sigla. Portanto, isenção zero! ** E com tanta gente aliada sendo enxovalhada na Operação Lava Jato eles têm o que mesmo para comemorar?

  5. nesse caso de envolvimento do casal como fica então, o deputado Enio Verri,do PT, e o deputado Ricardo Barros.Ambos muito ligado,um ao casal e outro ao Janene, estava demorando pra chegar a Maringá

  6. Estas “delações premiadas” vão virar sinônimo de piada, é tanta besteira que contam para livrar a cara que, daqui há pouco os delatores vão começar a se desdizerem, de tanto trololó que estão contando.

  7. Não só a RPC como algumas rádios de interior, como uma de Londrina de maior audiência
    .

  8. Este casal de malacos fazem parte da turma do Lula e estão atolados
    até o pescoço nesta maracutaia de corrupção. Precisam ir presos tambem !!!

  9. Arnoldo Wilson Fricker Responder

    Ladrões safados, aí querem falar do Beto Richa, mas o governador não aparece diretamente ligado a nada só em “denúncias anônimas” e palavras de um pedofilo para se livrar de aanosde cana. Já a narizinho está enrolada ate a aba da calcola e o patrimônio dela nesses tempos de Senado aumentou consideravelmente. Já a RPTTV não irá divulgar nada, afinal recebeu do governo Lula e Dilma nos últimos 10 anos R$ 60 milhões para fazer jornalismo parcial que não machucasse tanto os Petroleiros e antigos Mensaleiros.

Comente