Uncategorized

APP desconsidera proposta e greve dos professores continua

divulgação app

da Banda B:

Integrantes da APP-Sindicato, que representa os professores da rede estadual de ensino, descartaram a proposta do governo e decidiram manter a greve, que já passa de 30 dias. A comissão esteve reunida na manhã desta quinta-feira (28) e classificou como imoral a proposta encaminhada pelo governador Beto Richa (PSDB) à Assembleia Legislativa (Alep), na tarde de ontem (27).

Com a decisão, uma nova assembleia da categoria foi descartada, porque a proposta nem cabe para votação, segundo a APP. Segundo a entidade, com a medida, cada servidor perderá, ao longo do ano, o equivalente a metade de um salário atual. Uma professora que recebe R$ 1.300,00 por mês perderá, ao final de 2015, cerca de R$ 650,00, diz o Sindicato.

“A proposta é uma afronta. São 30 dias de debate e a proposta não atende os anseios da categoria, só trazendo o reajuste referente ao ano passado. Não vamos aceitar que o 8,17% seja pago apenas no ano que vem. Vamos apresentar emendas e um substitutivo geral na Alep”, disse à Banda B a secretária de Finanças da APP-Sindicato.

Sobre o fim da greve, Marlei confirmou que, no momento, a volta das aulas está descartada. “Houve muita perspectiva com relação à nova proposta e o que veio é inadmissível. “Vamos intensificar a nossa luta. Além do mais o governador mudou um artigo na database que é o artigo 6°, que acaba com a tabela salarial do magistério. Isso tinha sido um acordo na greve de fevereiro e que agora foi retirado”, argumento.

Ato

Para amanhã, a APP-Sindicato promove uma manifestação nacional para lembrar um mês da Batalha no Centro Cívico, que deixou 200 feridos após confronto de manifestantes com a Polícia Militar (PM). “A nossa convocação é para um ato nacional relembrando o que aconteceu no dia 29. Vamos nos concentrar a partir das 9h na Praça 29 de Dezembro. Queremos a presença de todos”, concluiu.

13 Comentários

  1. Se a pessoa não está contente com seu salário,se acha que ganha menos do que deveria pelo que produz ela então tem que procurar outro lugar pra trabalhar ou mudar de profissão, vivemos num país livre e a iniciativa privada esta aí de portas abertas… O que não pode é fazer o Estado de refém de sindicalistas radicais picaretas, e o Estado por sua vez tem como obrigação de cortar o ponto daquele professor que “gazeia aula” e não quer trabalhar e esse deveria se envergonhar de querer receber dinheiro sem produzir.

  2. clarice franzec Responder

    TENHO CERTEZA QUE ISTO NÃO FARÁ FALTA PARA O PROFESSOR.
    QUEM COM CERTEZA ESTÁ PERDENDO SÃO OS ESTUDANTES.
    IMORAL MESMO É A IRREDUTIBIDADE DO SINDICATO, MAIS OS PROFESSORES QUE SE ACHAM O DONO DO MUNDO.
    O QUE O GOVERNO NÃO DEVE DEIXAR DE FAZER, E O DESCONTO EM FOLHA, NÃO TRABALHOU, NÃO SERÁ PAGO..

  3. Me poupe esse professores, hoje tive acesso ao portal da transparecia e fiquei horrorizado com os salario que eles ganham , ganham muito bem, ficam se fazendo de vitimas para sociedade ganhado esse salario! Olha gente pergunte a um professor se quer Estadual que tem seu filho estudado na escola onde ele leciona, incrível nenhum todos estão nas particulares onde os professores ganham em media R$ 1.300,00 . Esse povo da APP ficam mentido a media pelas somas que fizemos por uma escola é de 8.250,00. E uma vergonha todo mundo mergulhar em impostos para esses funcionário públicos nadar na costa dos comerciante, pequenos empresários e funcionários da iniciativa privada! Néo liberalismo e o que vocês vivem! Governador esta contra você agora entendi, o senhor ainda foi muito educado em não pater de frente mas os professores Estaduais no Paraná tem o melhor salario do Brasil!!
    Beto Richa estou com você companheiro!!

    Edivaldo!!!

  4. VERGONHA DE SER BRASILEIRO Responder

    sou professor, ganho 3900,00. acham muito?????? repor a inflação que estamos perdendo desde maio do ano passado em 3,45 dividido em 3 vezes a partir de setembro!!!! tão de brincadeiraaaaaaaaaaa, a greve agora vai aumentar, isso foi uma afrontaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

  5. SERÁ QUE VÃO CONTINUAR AS FÉRIAS ATÉ O FIM DO ANO?
    GOVERNADOR, DESCONTOS DOS DIAS PARADOS JÁ!!!

  6. BETO DEMITA QUEM NÃO QUER TRABALHAR, ESTE BANDO DE PARASITAS PETISTAS DISFARÇADOS DE PROFESSOR

  7. Turma de irresponsável
    Meus filhos na rua.
    Esses arruaceiros são empregados do povo e não do governador
    Governo federal pegou emprestado 8bilhoes Fgts
    Nem por isso o Estado parou

  8. Ah! Os “Trabalhadores em Educação” esqueceram do seu “objeto” principal de trabalho: OS ESTUDANTES PARANAENSES. Eles estão sendo considerados um Zero à esquerda: isto é: N A D A!!!

  9. Anderson você disse tudo.
    O que falta é vergonha na cara e respeito com os alunos e se não estiverem contentes,
    ter coragem de mudar de profissão ou então se julgarem-se tão capacitados e indispensáveis à educação, procurarem nas escolas particulares ou até em outros estados, suas colocações.

  10. Não sou professor, mas concordo plenamente com a luta deles, pois estão lutando nada mais que por direitos conquistado a duras penas, vocês que estão criticando deveriam cobrar de quem realmente é o responsável por tudo isso que está acontecendo em nosso Estado, pois já que o Sr Beto Richa tem a maioria dos deputados ao seu lado. por que não vetou o auxilio moradia para o judiciário, MP. Tribunal de Faz de contas, TJ, cargos comissionados, Sanepar, Copel, etc.só com essas benesses, daria pra juntar um bom dinheiro. E o xoque de jestao, onde foi parar, infelizmente acho que o governo perdeu a condição de governabilidade, o melhor era sair antes que feda mais, porque do jeito que vai as coisas, vai vir mais m…… por aí.

Comente