Uncategorized

Marco Polo Del Nero descarta renúncia

del nero - coletiva

Em entrevista realizada na manhã desta sexta-feira (29), Marco Polo Del Nero, presidente da Confederação Brasileira de Futebol, comentou o escândalo deflagrado nesta semana envolvendo cartolas de todo o mundo, inclusive Marin, seu antecessor na CBF, que foi preso na operação. Del Nero descartou a possibilidade de deixar o cargo: “Não vou renunciar, porque não tenho nada a ver com isso”, disse o presidente da CBF.

5 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    A corrupção pandêmica no Brasil e suas manifestações internacionais são reflexo da era Lula e do lulopetismo. As caraterísticas fundamentais são as mesmas do mensalão, petrolão, etc. Ninguém nunca sabia de nada. É o Brasil exportando seu principal produto, a corrupção.

  2. Agora estou entendendo porque nossa Presidenta dizia que seu governo seria Padrão FIFA.

  3. antonio carlos Responder

    E renunciar porquê, a roubalheira na CBF vem desde o dia em que ela foi criada. Se formos apurar bem, vamos descobrir que a culpa é toda do FHC.

  4. Como que pode esse velho nojento só sair com meninas que tem a idade das filhas das netas dele. Que gente mais podre.

Comente