Uncategorized

Expectativa é de que greve dos professores termine na próxima terça

greveprofessores - app

da Banda B:

Apesar de ainda insistirem no reajuste de 8,17% ainda em 2015, professores e funcionários de escolas estaduais se reúnem na próxima terça-feira (9) na Vila Capanema, em Curitiba, e a expectativa é de encerramento da paralisação que já passa dos 40 dias. O sinal de que a paralisação pode chegar ao fim foi dado na última semana, quando deputados da base aliada de Beto Richa (PSDB) receberam sugestões para a nova proposta, um plano de reajuste válido por três anos.

A proposta, elaborada por deputados estaduais e acatada por Richa, estabelece para o ano de 2015 a aplicação de um reajuste de 3,45% no mês de outubro e institui o dia 1º de janeiro de 2016 como data para a antecipação da revisão geral anual da categoria. Para o reajuste de 1º de janeiro de 2017, seria aplicado o IPCA acumulado entre os meses de janeiro de 2016 e dezembro de 2016, ficando ainda estipulado o percentual de 1% de adicional de data base relativo à compensação dos meses não pagos do ano de 2015.

De acordo com a secretária de Finanças da APP-Sindicato, Marlei Fernandes, a greve continua por tempo indeterminado e todos os núcleos regionais estão discutindo a proposta nestes dias que antecedem a assembleia. “A greve não termina enquanto não haja uma decisão coletiva da categoria. Vamos avaliar tudo com a condição de que nenhum servidor será punido. O que será discutido na terça é o conjunto de proposições e discutiremos a continuidade ou não da greve”, disse.

Para eventual encerramento, a APP já coloca como condição a não punição dos professores grevistas. Em nota, a Secretaria da Educação já afirmou que não serão abertos Processos Administrativos contra diretores de escolas desde que eles entreguem os RMFs (relatórios de faltas dos professores) dos meses de abril, maio e junho, não serão feitas rescisões para contratos de professores temporários, as faltas de maio e junho serão negociadas mediante reposição das aulas (pela LDB precisam ser cumpridos 200 dias letivos e 800 horas) e que as faltas de abril (4 dias) já foram lançadas no sistema.

Calendário

Com o calendário comprometido, independentemente da continuidade ou encerramento da greve, a secretária de Educação do Paraná, Ana Seres Trento Comin, já trabalha com aulas até fevereiro do ano que vem.“A nossa maior dificuldade é com o transporte escolar. Alguns municípios não possuem condições de utilizar os sábados para reposições, então o calendário nessas localidades pode avançar até o mês de fevereiro”, disse a secretária.

Cada regional apresenta uma realidade diferente, pois alguns sábados já estão comprometidos com formação continuada de professores ou outras atividades pedagógicas. A intenção é utilizar a semana que havia restado como recesso de julho após a primeira paralisação (de 29 dias), e os sábados disponíveis. A APP-Sindicato também deve participara da reorganização do calendário

13 Comentários

  1. juvenil correia Responder

    sempre ouço a APT PT, dizer que o governador é irresponsável, e os professores nao são mais irresponsaveis??????

  2. O final da greve representará a derrota de tudo que correto e sério na administração de Beto Richa, é a anuência a descumprimento de Leis com base na vontade pessoal do governador. E caso alguém venha com o mimimi de “os prejudicados são os alunos” é bom lembrar que é o governador que assim o impõe, que a atual greve é resultado do assalto à previdência dos servidores, a truculência que faz inveja ao piores governos militares da última ditadura e a corrupção que foi instaurada, pelo atual governo, no Palácio Iguaçu.

  3. Do Interior..... Responder

    O APP-PT-MST leva faixas com os dizeres “Beto, a culpa é sua”… mas na verdade, a culpa é dos ratos do PT, grudados como carrapatos no Sindicato, cujo dinheiro vem dos professores.
    Onde tem PT tem maracutaia. Professores, fujam desse povo.

  4. Sociedade Responde Responder

    NÃO TERMINOU AINDA? Ou eles não querem mais trabalhar esse ano. Só depois das eleições do ano que vem? ** Vergonha! A sociedade dará o troco nas urnas da decência.

  5. -Na verdade falta apenas um item que o governo do Paraná ainda não conseguiu cumprir: TV à cabo em todas as escolas, nas casas dos professores e de todos os alunos do estado do Paraná….rs

  6. Pior que conheço professores até com Doutorado e totalmente alienados e com ideais comunistas na cabeça e o que é pior fazendo a cabeça dos alunos. Como a greve foi decretada ilegal,nada mais justo que o governo desconte os dias parados, quem não gostar,achar que merece ganhar sem produzir,que vá procurar seus direitos na justiça. E quanto a esses barbudinhos arrogantes de sindicato,o governo não pode dar moleza e tem que cobrar na justiça os prejuízos gerados por essa paralisação e que reponham até o último centavo ao Estado.

  7. Será que estes grevistas vão conseguir voltar trabalhar ? O cheiro do mofo nas salas e o pó do giz pode fazer mal. kkkkkkk
    Assim as viagens e passeios agora só ano que vem de novo.
    Força na peruca grevistas voces vão se adaptar de novo com os alunos. eu creio que sim.Vermelhos até no rastro.

  8. Mírian Waleska Responder

    Eu não sei o que é pior, se é os alunos estarem sem aula, ou se ver esse bando de comunistas fantasiados de professores dando aulas para nossos jovens…
    As vezes é melhor não ter, do que ter algo a nos prejudicar…
    Tenho pena destes alunos.

  9. antonio carlos Responder

    A professorada estará certa se adiar o reinício das aulas para depois do fim da Copa América. Vejamos, nela estarão jogando muitos campeões da Champions League, como o Neymar, o Messi, Luizito Soares entre outros, e quem não quer vê-los desfilando o seu futebol? Até a piazada vai concordar comigo, é melhor uma aula de Matemática ou ver um golaço do Messi?

  10. Sim. Curtiram o feriadão no dolce far niente.
    Agora mais um dia pra desarrumar as malas e voltam à educação de 5º mundo.
    Ah, claro. A culpa não é deles.
    É do xunda.

  11. Esta greve já encheu o saco. O Paraná demonstrou mais uma vez
    que está contaminada pelo PT e os maiores prejudicados são os
    alunos.

Comente