Uncategorized

Campanha de Ratinho Junior bate recorde de nomeações nos Victory Awards

A campanha Paraná Mais Forte, de Ratinho Junior, deputado estadual proporcionalmente mais votado do Brasil, está nomeada como finalista do Victory Awards em 9 categorias, dentre elas: Campanha do ano, Spot de Tv e rádio e Campanha Política nos Meios Digitais. A campanha assinada pela Quintella Gerez Branding poderá ser escolhida a grande vencedora no dia 3 de julho quando acontece a escolha e a premiação dos vencedores. Victory Awards é o maior premio da comunicação política da língua hispana em Washington DC USA, onde centenas de campanhas de todo o mundo latino participam da disputa.

9 Comentários

  1. Sergio Silvestre Responder

    Inclusive deve ganhar o OSCAR pelo filme o grande mentiroso com a coadjuvancia do Beto Richa.

  2. E o trabalho bem feito não fica apenas na campanha, QUEM ACOMPANHA SABE que o trabalho de Ratinho Jr merece destaque no cenário político brasileiro, que por sua vez está escasso de bons políticos. Belo trabalho! #ParanáMaisForte

  3. Um orgulho para nós Paranaenses, claro que os recalcados vão criticar. Aquele que conseguir a votação igual ou superior a do Ratinho para deputado estadual que aponte. 😉

  4. Caro Gustavo, pode ate ser que o ratinho venha no futuro a ser um destaque na política, mas ainda esta longe disso. Aliás o país esta escasso de bons políticos. Mas deve acordar logo, e decidir qual caminho ele vai seguir……deixar de ser caco de vidro e tomar algumas decisões, que se não forem tomadas logo, podem vir a afetar a carreira política dele.

  5. Ratinho Jr precisa abrir o olho e oxigenar sua equipe, pois a maioria dos seus assessores blindam o Deputado com medo de perder espaço, com isso ele perde pessoas que gostariam de ajudá-lo…

  6. Recebeu mais de 300 mil votos e limpou-se com eles. Foi eleito para ser representante dos eleitores na ALEP e não para ser secretário. Levou mais uma penca de deputados que não seriam eleitos, em sua maioria, se não houvesse a vinculação.

    Gasto duplo na ALEP: recebe seu salário como deputado e não como secretário e o suplente também recebe.

    Isso é política com o P bem minúsculo,

  7. O PT e o PMDB, estão se cacando de medo de ele sair como candidato ao Governo ou a Prefeitura de Curitiba. Outrossim, Sérgio Silvestre, por falar em Oscar e filmes, vergonha mesmo é o valor que o Ministério da Cultura destinou ao filme sobre a vida de José Dirceu, como se ele fosse um herói da nação. Não passa de um vagabundo, quadrilheiro, oportunista, ladrão e condenado pelo mensalão. O PT gosta de inverter os papéis !

Comente