Uncategorized

Contrabando de cigarros do Paraguai em alta

Dono de 50% do mercado de cigarros contrabandeados aos países vizinhos, Horacio Cartes, sentado na cadeira de presidente, não atendeu a apelos brasileiros para que o Paraguai aumentasse os impostos sobre o tabaco dos atuais 13% para os esperados 50%. Pois não aumentou. O Senado paraguaio acaba de elevar as taxas de 13% para 20%, número ainda insuficiente para diminuir o contrabando a países como o Brasil, onde os impostos sobre esse tipo de produto chegam a 65%. A medida ainda deve ser ratificada pelo Congresso do Paraguai.

Comente