Uncategorized

Fim da reeleição

Os recentes protestos, e os de junho de 2013, contra a política, os políticos e o poder (do PT) pesaram na decisão da Câmara de acabar com a reeleição. A esmagadora maioria dos deputados, de todos os partidos, querem que a fila ande mais rápido, exista renovação, oxigenação política: pois, como dizem, oito anos de mandato é uma vida.

5 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    A reeleição é a mãe de todas as corrupções. Nascida da vaidade de um presidente bem intencionado, hoje estrebucha e agoniza nas mãos de um sistema de corrupção à serviço da causa lulopetista, que apoderou-se do Estado, de suas autarquias e empresas estatais, em favor de seu projeto de perpetuação no poder.

  2. Caro FÁBIO, realmente os LEGISLADORES não valem mais o que comem. Desejam que a fila do EXECUTIVO ande, que são em pequeno número, porém quanto aos LEGISLADORES podem ficar até 40 anos ou 10 mandatos. ISSO É INCRÍVEL. Para esses DEPUTADOS velhacos mandato de apenas 04 anos, pois quem não faz em 04 anos, não fará em 40 anos. NÃO A REELEIÇÃO. A fila tem que andar. ELEITOR ATENÇÃO. Atenciosamente.

  3. Isso mesmo. 8 anos é uma vida. E o LEGISLATIVO que se reelege indefinidamente, se aposentando e se reelegendo. Isso sim é uma vergonha

  4. Concordo com o Johan, não à reeleição não só de pesidente, mas de todo o legislativo. 4 anos é suficiente pra saber se estão lá pra trabalhar mesmo ou não. E sem direito a aposentadoria…

Comente