Uncategorized

Walter absolvido

walter - atlético e atleticomg

No começo da noite de ontem (8) o atacante Walter, do Atlético Paranaense, foi absolvido pelo STJD em uma denúncia em que poderia pegar até 12 jogos de suspensão. O jogador foi julgado pela expulsão no jogo contra o Atlético-MG, na 3ª rodada do Brasileirão, quando foi acusado de xingar a arbitragem do jogo. Até mesmo sentenças mais modestas poderiam ser de grande prejuízo ao Furacão: uma suspensão por mais dois jogos, por exemplo, já deixaria o atacante de fora do Atletiba que acontece daqui duas rodadas. Mas a decisão da Justiça foi um alívio para a torcida rubro-negra: nenhuma pena além da suspensão automática, que Walter já cumpriu contra o Joinville. Em mais uma grande jornada do advogado Domingos Moro, o atacante foi apenas advertido e já está liberado para atuar na partida de domingo (14) contra o Grêmio, em Porto Alegre.

2 Comentários

  1. Na próxima vez, Walter, bata no cara, e depois, no julgamento, diga que a cabeça dele agrediu sua mão!!! Absolvição garantida!!!!

  2. São estes julgamentos que levam jogadores a cuspirem na cara dos árbitros e a dizerem palavrões impublicáveis. A foto já mostra que o atleta do Furacão intimidou o árbitro. Não é por que o advogado do Atlético é bom, os juízes é que são fracos. Não foi esta Corte que sacrificou a Portuguesa para beneficiar o Fluminense?

Comente