Uncategorized

Cadê a ferrovia
que estava aqui?

O governo federal tirou de seus planos imediatos duas ferrovias que passariam pelo Paraná e estavam previstas na primeira versão do programa, lançado em 2012. A continuação da Norte-Sul entre São Paulo e Rio Grande do Sul ainda está no radar, mas só será concedida depois da conclusão dos trechos mais ao Norte. A nova ligação entre Maracaju (MS) e Paranaguá também não apareceu no anúncio.

campagnolo11

“Analisando a questão ferroviária do estado, o programa é altamente negativo. De certa forma, tínhamos expectativa que a ferrovia que liga Maracaju ao litoral entrasse. Seria uma grande oportunidade para atrair investidores, mas o governo federal não priorizou”, analisa o presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo. Com informações da Gazeta do Povo.

O governo está negociando a antecipação da renovação das concessões ferroviárias, com investimentos previstos de R$ 16 bilhões, que podem beneficiar o Paraná. A Rumo ALL já divulgou que tem planos de investir quase R$ 2 bilhões no estado.

5 Comentários

  1. MANOEL BOCUDO. Responder

    VÃO PARA O PERÚ, BOLÍVIA, VENEZUELA, CUBA E OUTROS MAIS COMPANHEIROS. O GOVERNO FEDERAL TEM ALERGIA DO PARANÁ, E NOSSOS SENADORES FICAM COM O PIRES NA MÃO, E DONA GLEISI NÃO
    LUTA POR NADA SÓ QUER FAZER MÉDIA COM DONA DILMA E ENTRAR EM GREVE, PRINCIPALMENTE NOS ESTADOS QUE NÃO SÃO VERMELHOS.
    O ESTADO QUE DÁ SHOW NO AGRONEGOCIOS, TEMOS PORTOS E NÃO SOMOS VALORIZADOS PELO STAFE DO GOVERNO FEDERAL.

  2. Candidato à reeleição de qualquer jeito para continuar recebendo um salário que jamais ganhou como micro empresário, ele deve ter começado a operação jabá geral para apoiar seus planos.

  3. Caro FÁBIO, a manifestação do Presidente da FIEP do Sr. Edson Campagnolo, chega a ser ridícula, inocente e quiça infantil. Essa manifestação da presidente DILMA A LOUCA é um delírio, pois tudo o que disse, no final poderá ser iniciado após 2.019, e nesse prazo, ela já estará fora do cargo a um longo período. O DESGOVERNO FEDERAL da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA ´PETISTA não possui credibilidade alguma perante o empresariado SÉRIO para operar tamanho sonho. E por falar em sonho, o GOVERNO BETO, auxiliado pelos empresários paranaenses poderiam dar início as tratativas com grupos empresariais chineses para deitar dormentos e trilhos para efetivação da FERROVIA TRANSOCEÂNICA, entre Paranaguá e Antofogasta no CHILE, passando pelo PARAGUAI e pela ARGENTINA. Vamos a obra. Atenciosamente.

  4. Vigilante do Portão Responder

    Não custa lembrar:

    Requião, em 2008, com a presença do Ministro dos Transportes, do Governador do MS e do Alto Comissariado do Paraguai, INAUGUROU a tal Ferrovia.

    Teve Escolinha e Tudo,
    Computação gráfica, desenhos, filminhos elaborados, mostravam o trem singrando as terras Paranaenses.

    TUDO MENTIRA!

  5. O presidente da FIEP critica o governo, mas ele mesmo rompe acordos. Prometeu acabar com a reeleição na entidade e agora é candidato a um segundo mandato.
    Por quê?
    Ora, pois, para manter o salarião de 50 paus. Detalhe: foi ele mesmo que criou a verba para se auto beneficiar.
    Pode?

Comente