Uncategorized

Regra nova da Previdência aumenta gastos

Miriam Leitão

O ministro Carlos Gabas, da Previdência Social, não apresentou o cálculo sobre a mudança nas regras da aposentadoria em relação ao regime que vigora no país desde o ano 2000, com a criação do fator previdenciário. Calculou apenas sobre o projeto do Congresso, que criou o mecanismo 85/95. Procurado pelo blog, o especialista Paulo Tafner fez suas estimativas e concluiu que o gasto da Previdência aumentará com a MP editada hoje pelo governo. Na prática, foi uma contrarreforma da Previdência.

A diferença entre o que seria gasto com a regra atual e com o novo modelo proposto hoje vai aumentando ao longo dos anos. O custo subirá 0,5% este ano, segundo Tafner. Em 2020, a diferença chega a 7,8%; em 2030, vai a 18,7%, em 2040 ficará em 25%. Em 2050, a diferença chega a 30,2%, ou cerca de R$ 400 bilhões por ano.

— É uma paulada nas contas da Previdência. Apenas entre 2020 e 2030, os gastos previdenciários subirão 6% ao ano com a nova regra. Ou seja, a economia teria que crescer 6% ao ano para o déficit da Previdência não crescer em relação ao PIB. As agências de classificação de risco vão fazer essa mesma conta e descobrir que a dinâmica é insustentável —, alerta Taufner.

O especialista define a regra proposta pelo governo como uma “temeridade”.

— Faltou compromisso com o futuro do Brasil.

2 Comentários

  1. Ex-Funcionário Responder

    Ninguém consegue calcular o que vai acontecer… é tudo balela sobre valores… aliás… não entendem nada mesmo. Entendem de roubar o BNDS… a Previdência… a Petrobras… o Banestado… Bamerindus e por ai vai…

  2. antonio carlos Responder

    Quanta preocupação com o futuro do nosso INSS. A preocupação só será verdadeira se insistirmos em não crescer, em não criarmos empregos, aí a desgraça começa agora mesmo. A salvação da nossa Previdência está no que diz o Renato Follador, aposentadoria máxima de 3 Salários Mínimos, mas Salário Mínimo mesmo, e não Salário de Benefício. Aí a coisa entra nos eixos. E quem quiser ganhar mais que pague por isto, VGBL e PGBL tem aos montes por aí.

Comente