Uncategorized

Bispo pede que católicos pressionem vereadores contra ‘ideologia de gênero’

bispo - josé antonio

O arcebispo de Curitiba, dom José Antônio Peruzzo, convocou todos os católicos a pressionarem os vereadores para que retirem do Plano Municipal de Educação, que será votado nesta segunda-feira, 22, qualquer menção a discussões sobre gênero nas escolas públicas do município. As informações são da Gazeta do Povo.

A nota preparada pela Cúria Metropolitana afirma que o plano de educação, que está sendo discutido na Câmara é, em geral, “muito bem articulado”. Mas afirma que o plano adere à “ideologia de gênero” e que, por isso, sua aprovação seria um equívoco.

Antes mesmo do posicionamento da Igreja, a Câmara já havia decidido pela retirada dos trechos relativos à discussão de gênero. Um grupo de 22 vereadores assinou emenda nesse sentido. O plano deve ser votado e sancionado ainda nesta semana.

9 Comentários

  1. Do Interior.... Reply

    A Ideologia do gênero é uma meta do PT e do Jean Willys. Tudo sobre falsas premissas e teorias idiotas encabeçadas por pessoas ligadas ao LGBT.
    É a igualdade pregada pelo comunismo e outros partidos vermelhos. Igualdade de gênero e financeira.
    Acreditar que ninguém nasce com o sexo pronto e que isso é definido pela psicologia é uma aberração.

    Veja como este pesquisador destruiu por completo esta tese ridícula. Como os próprios defensores dizem: ” é uma teoria”. Nada é provado. ao contrário, há provas evidentes que a teoria do gênero não existe é invenção da cabeça de alguns malucos.

    Veja o vídeo, vale a pena:

    https://www.youtube.com/watch?v=G0J9KZVB9FM

  2. SR FABIO,O SR PODERIA SE FOR APROVADA ESSA EXCRESCÊNCIA,POSTAR OS NOMES DOS VEREADORES E NA ESFERA ESTADUAL O NOME DOS DEPUTADOS QUE VOTARAM A FAVOR DA DESTRUIÇÃO DA FAMÍLIA QUE É PARA TOMARMOS PROVIDÊNCIAS JÁ NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES,ESPALHANDO LISTAS COM O NOME DESSES QUE NÃO DEVEM SER REELEITO,GRATO.

  3. Então querem tirar a discussão de gênero da escola, e colocá-los novamente nos porões da humanidade? E, ainda por cima, usando o nome de Deus para uma barbaridade dessas! Seus burros e desinformados! Então vocês acham que qualquer coisa relacionada à homossexualidade é coisa que surgiu agora, nos tempos modernos? Será que vocês nunca leram nada de história? Ou, pior ainda, vocês acham que conseguirão “curar”, ou evitar que haja homossexualidade deixando o debate longe da escola? Isso é um incentivo aberto ao preconceito, à violência, à brutalidade que os homossexuais sofrem na sociedade. Se Jesus pudesse ler e responder esses comentários, avisaria que quem está com os dois pés no “inferno” são vocês! QUEM SÃO VOCÊS PARA JULGAREM QUEM QUER QUE SEJA? SEUS PRECONCEITUOSOS NOJENTOS!!!

  4. A saída mais ponderada, não aderir a fanatismos…
    Se tocar no assunto, deve ser de forma leve, e sem glamouressss, conforme a faixa etária do aluno;
    Esclarecer que : “assim é o ser humano e a humanidade” !
    Sem matar nem morrer , ora .

  5. Brasileiro Sim Senhor. Reply

    Este tal de Marcelo é um idiota desinformado.Leia a revista teológica de número 9 e saiba o que estes vermelhos dos infernos querem fazer de nossa família. Não sei que cor você tem e muito menos se é um homossexual ou não, mas a única coisa que você deixou transparecer que não tem filho, nasceu de um aborto, não tem religião e muito menos cérebro. Procure saber os danos que esta Ideologia de gênero está causando na sociedade moderna. Quero aproveitar e cumprimentar os vereadores de Curitiba que tiveram a coragem de dizer não para esta aberração. Marcelo: faça o que você quiser com a sua família, mas não com a família dos outros.

  6. Quanta ignorância e conservadorismo. A escol pública é para TODOS. Quer educação confessional??? Vá pagar escola católica. Não ao retrocesso! Sim à diversidade! Esses reacionários incentivam o ódio, a segregação… um horror…na contramão da história!

  7. Basta procurar e vamos encontrar pesquisas e observações científicas que desqualificam a Teoria de Gênero, uma e inegável e rasteira forma de tentar impor a lavagem cerebral nas pessoas desavisadas, que se deixam dominar por argumentos puramente psicológicos, sem levar em conta os argumentos Científicos, Bioéticos, Jurídicos e Sociales.
    Estatísticas e pesquisas cientificas em países desenvolvidos, como Inglaterra e Suécia, comprovam, com exames em fetos e observações comportamentais em recem nascidos, que o ser humano vem ao mundo com seu gênero já definido geneticamente, sendo que outros fatores externos, como o meio ambiente, a educação, a cultura e as influências indutíveis muito pouco interferem no fator genético desde o início da gestação.
    Portanto, nossos ilustres ‘mestres’ (que catiguria heim!!!) deveriam tomar consciência sobre o tema, se é que a lavagem cerebral a que se deixaram induzir ainda lhes preservou condição mínima de retroanálise.

  8. Dionleno Silva Reply

    O problema é o seguinte o que esse tal de Jean Willys (sic!) quer não é direitos, ele quer é que todos sejam obrigados a abraçar essa causa besta. Ou será que foi tolhido do cidadão normal o direito de não gostar dessa aberração?

Comente