Uncategorized

Após 19 dias no TCE em 21 anos, ex-deputado do PMDB já pede aumento no salário

kielse 3

Após trabalhar menos de 20 dias em um período de 21 anos, o ex-deputado estadual Cleiton Kielse (PMDB) quer aumentar em 80% o salário de técnico de controle no Tribunal de Contas, com efeitos retroativos desde 2004. O requerimento com o pedido pode ser analisado pelo plenário do TC na sessão desta quarta-feira (24). Com as informações da Gazeta do Povo.

Filho do ex-conselheiro Quiélse Crisóstomo da Silva, morto em 2006, e aliado do senador Roberto Requião (PMDB), Kielse foi empossado no TC em 1994, quando já exercia mandato na Assembleia. No dia seguinte à posse, ele pediu licença do cargo no tribunal para exercer o mandato eletivo. Os pedidos de licença foram sendo renovados até fevereiro de 2015 – nas eleições de 2014, ele não conseguiu se eleger para um sétimo mandato.

No período, Kielse recebeu vencimentos de deputado (hoje de R$ 25,3 mil). No TC, seu salário atual é de R$ 6,9 mil. Se o aumento for aprovado, passaria a R$ 12,4 mil.

Segundo o regimento dos servidores, a benesse seria possível a técnicos de nível médio que obtenham diploma de nível superior e que tenham trabalhado na função por pelo menos dois anos, comprovada com uma avaliação de desempenho.

Kielse se formou em Direito pela Universidade Tuiuti em 1999, mas não conseguiu comprovar os dois anos de trabalho. Por esse motivo, seus pedidos já foram negados pela Diretoria Jurídica do TC e pelo Ministério Público de Contas (MPC). Porém, fontes internas do tribunal afirmam que a intenção dos conselheiros deve ser de conceder o benefício a partir de agora, mas negar o valor retroativo.

O ex-deputado nega ter pedido o benefício retroativo a 2004. Porém, o parecer elaborado pela diretoria de Gestão de Pessoas do TC afirma que Kielse “solicita a concessão de Verba de Representação (80%) com efeitos desde 2004”. O requerimento que ele enviou ao TC pede “o reenquadramento a verba de representação de 80% sobre os vencimentos com decisão deste tribunal desde 2004”.

O diretor de Gestão de Pessoas do TC, José Marcelo Chumbinho de Andrade, afirma que, dependendo da interpretação dos conselheiros, o período dos mandatos eletivos pode ser considerado como de efetivo exercício do cargo, o que permitiria o pagamento do benefício.

“Existem interpretações e cabe ao plenário decidir. São situações exclusivas, isso dificilmente acontece”, afirma. Ainda segundo Andrade, o salário de Kielse também teria aumentado em cerca de 30% desde que entrou no TC, por critérios de antiguidade.

Licença
O ex-deputado retornou ao TC no último 1.º de fevereiro. Mas já recebeu uma licença especial no dia 19. Ele só irá voltar ao trabalho no próximo dia 5 de julho. O MPC também considera que a licença foi concedida de modo irregular, porque é referente a cinco anos no exercício da função.

Questionado, Kielse afirma que a licença é “pura, nítida e transparente para qualquer servidor com o mesmo tempo” de serviço. E que o enquadramento com diploma de terceiro grau “vale para 100% dos servidores órgãos públicos do estado”.

O ex-deputado também diz que nunca se beneficiou por ser filho do ex-vice-presidente do TC. “Tecnicamente, todos imaginavam que eu ia entrar em cargo em comissão [no tribunal], ia ter benesses, salário de R$ 30 mil, e na verdade não aconteceu nada disso.”

22 Comentários

  1. Maria do Bairro Responder

    Infelizmente nós que pagamos impostos e não recebemos salários dos cofres públicos ficamos mais indignados com isto e outros …ESCÂNDALOS!

  2. Esse é o nosso Brasil. Pelegos inoperantes que vivem das benesses que receberam politicamente. Filho de ex-presidente do TC, não venha me dizer que não foi o papai que o colocou lá.

  3. Atenção todos os servidores públicos do Estado
    O Salário Base de Voces é R$ 6.900,00.
    Ou seja, nas palavras do nobre Ex deputado e como nos servidores públicos que o enquadramento com diploma de terceiro grau “vale para 100% dos servidores órgãos públicos do estado”.

  4. Esse Sr. é sinônimo de oportunismo.Um grande e vergonhoso oportunista. Como deputado sempre mudou de lado, sempre foi o puxa saco do governo que esteve no poder.É um grande vira casaca, que há muito mama no dinheiro público sem de fato representar nada e ninguém. A ficha desse Sr. é tão ruim quanto seu sobrenome.

  5. jaime rodrigues Responder

    VERGONHA , VERGONHA, ESSE TRIBUNAL DO FAZ DE CONTA.

    SE CONSELHEIROS RECEBEM AUXILIO MORADIA E O DINHEIRO DO POVO.,]]]

    O POVO PAGA A CONTA,,, VERGONHA ,,

  6. jaime rodrigues Responder

    INUTIL, PELEGO, DEVE TER ENTRADO PELAS PORTAS DO FUNDO COMO OUTROS NESTE TRIBUNAL.

  7. QUANDO O PAI ERA CONSELHEIRO OBRIGAVA PREFEITOS A VOTAR ,, E ODEPUTADO SE COLOCAVA COMO PROTETOR DOS PREFEITOS NO TRIBUNAL.
    MUITOS PREFEITOS DE CIDADES PEQUENAS QUE TEM MEDO DO TRIBUNAL SE ENCOSTA EM FILHOS DE CONSELHEIROS DO TRIBUNAL DE CONTAS.
    DEVERIA SER PROIBIDO FILHOS DE CONSELHEIROS SEREM CANDIDATOS A DEPUTADO .
    AGORA TEM FILHO ARTAGAO, FILHO DURVAL, NETO HERMAS BRANDAO, E ASSIM CAMINHA A MORALIDADE NOSERVIÇO PUBLICO.

  8. MANOEL BOCUDO. Responder

    BOM APRENDEU COM O PAI QUE ERA DO TC, MESMO ESTILO ARTAGOES,
    UMA TURMA JÁ TREINADA PARA ASSUMIR A VAGA DO PAPAI. DE PAI PARA FILHO DESDE 1780. QUE FEIO, É ALUNO DO REQUIÃO.

  9. juvenil correia Responder

    VALENTÃO, CORONEL, O HOMEM QUE VISITAVA O INTERIOR DE CHAPÉU.

    NAO SE ELEGE E SE ENCOSTA NO TRIBUNAL DE CONTAS.

    ONDE VAMOS PARAR, SE ELEGEU NAS COSTAS DO PAI, PAI MORREU NAO SE ELEGEU, AGORA SE ENCOSTA NO TRIBUNAL DE CONTAS
    E O POVO DO PARANA PAGA A CONTA.

    ALGUNS POLITICOS É UMA VERGONHA E ESTE É UM PÓLITICO QUE DÁ VERGONHA.

  10. João sem teto Responder

    Todos os professores e a própria APP deveria fazer um movimento para conter esta situação de vergonha, caso venha a ser concedida. Maior vergonha é que tal situação parte de um afilhado do Requião, já que este se diz contra qualquer ato deste gênero…

  11. E daí? Lá pode, no Judiciário pode; no Ministério Público pode e na Assembleia, também pode. Eles são seres de outro planeta, cujas necessidades básicas, além dos polpudos salários, são complementados com AUXÍLIOS, e haja AUXILIOS. Os do Executivo que vão as favas.

  12. -O que esperar da classe política paranaense???
    -Se este senhor pede um aumento, sem que se justifique suas faltas e muito menos seu desempenho, o que resta para os vis mortais do estado???

  13. NA CORDA BAMBA Responder

    Sòmente um político imbecil (pleonasmo) como este pode ter
    uma alucinação como esta. Pergunto a este animal o quanto au-
    mentou o salário mínimo e os aposentados em todos estes anos
    que passaram !?

  14. Justa a reivindicação!
    Afinal , curar as feridas de tanto coçar o saco , custa caro!
    VAGABA!

  15. …ESTE É UM KAKO….!!!! KAKAREKO…!!!!!….

    …GOSTARIA DE VER AS PROVAS QUE O LEVARAM PARA …
    ….ESTA BOQUINHA….É O FIM DA PICADA…..!!!!!!!…

    ….PN…..

  16. Esse é o tipo do político que devia (e foi) defenestrado da Assembleia pelos eleitores. Não trabalhou e quer aumento? Se esse percentual for pago ao ex deputado caberá uma AÇÃO POPULAR, pois isso cheira a MARACUTAIA P U R A.

  17. Ex-Funcionário Responder

    CARA DE PAU… VAI ANALISAR AS CONTAS DA FUNDAÇÃO ARAUCÁRIA… CHUNCHO EM TESTE SELETIVOS, LICITAÇÕES, CONTRATAÇÕES INDEVIDAS E O TRIBUNAL DE FAZ DE CONTAS DIZ QUE ESTA TUDO CERTINHO!!!!!

  18. Este político de merda é o representante desta nação. E ainda o
    TC vai dar um jeito para analisar a conta !?

Comente