Uncategorized

Sem autorização, filme pornô é gravado nas Cataratas do Iguaçu

filme-foz

da Banda B:

Principal atrativo turístico de Foz do Iguaçu, as Cataratas foram usadas como cenário para a produção pornográfica. A denúncia é do Jornal Primeira Linha.

No filme de quase 12 minutos, aparecem cenas de sexo explícito em um dos mirantes ao lado da trilha dos turistas, no mirante do elevador ao lado das quedas, e na passarela que dá acesso à Garganta do Diabo.

Pelas imagens, percebe-se que a gravação foi realizada em horários diferentes. O vídeo começa com um casal caminhando em frente ao Hotel das Cataratas – ainda sob a direção da Rede Tropical -, próximo à parada de ônibus que dá acesso às trilhas, onde param no primeiro mirante para observar as quedas. Neste momento, o sol já está alto e é a única parte em que não há cenas pornográficas.

Ao ser questionado se houve autorização para a produção desse filme, a direção do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), responsável pela gestão das unidades de conservação do Brasil disse que até então não tinha conhecimento do vídeo.

Para ler a reportagem completa, clique aqui.

5 Comentários

  1. antonio carlos Responder

    Mudou o nome da coisa agora, virou Garganta do Diabo? Até antes da filmagem deste “clássico da arte dramática do pornô” o nome era outro.

  2. Isso além de ilegal e imoral vem demonstrar que quem fez isso deve ser punido, pois as Cataratas do Iguaçu é um símbolo da grandeza e magnitude que o Brasil tem a oferecer aos turistas e a não aos exploradores.

  3. Pornografia, vemos todos os dias pelos jornais de todo tipo que é o que estes governos, tanto estadual quanto federal tem feito com a população, essa pornografia nas cataratas, realmente não faz mal a ninguém. haja saco.

  4. Antonio Vier, realmente vc tem razão não faz mal a ninguém, vamos nos preocupar é com os ladrões da pátria.

Comente