Uncategorized

Vereadores de Santo Antônio da Platina reduzem próprios salários para R$ 970,00

vereadores-1

Em sessão concorrida, os vereadores de Santo Antônio da Platina (Norte Pioneiro) reduziram os salários para a próxima legislatura para R$ 970, incluindo o presidente e o vice-prefeito. O presidente da Câmara de Vereadores, Valdir de Souza (PSB), disse que em 2016 “somente vai se candidatar quem quiser realmente trabalhar pelo município”. As informações são da Folha de Londrina.

Os novos valores propostos valem apenas para os vereadores que vão assumir em 2017 e até lá, nada impede que novas propostas sejam apresentadas, pois não há prazo eleitoral para a alteração dos subsídios, ao contrário do aumento de vagas. Neste caso, a Câmara de Santo Antônio da Platina realizará no final do mês a segunda votação do projeto que aumentou o número de cadeiras de 9 para 13.

9 Comentários

  1. SALARIO É A MENOR DESPESAS,

    TEM QUE CORTAR DIARIAS, ASSESSORES, TELEFONES, GASOLINA,, REPASSE DE 6% PARA AS CAMARAS.

    TEM QUE VIR UMA LEI DE BRASILIA REDUZINDO O REPASSE PARA AS CAMARAS PARA 2% RECEITAS.

  2. Francisco Carlos Responder

    É isso ai….. o povo tem que descobrir a força que tem. Afinal, vereadores, deputados, senadores, etc…., são representantes do povo, vivem com o nosso dinheiro, e no final das contas, devem sim, satisfação a nós que os elegemos.
    Espero que atitudes como essa, sirvam de exemplo para outros municípios, e porque não, para a Assembleia do Estado, assim como no caso do reajuste do funcionalismo. Que o povo mostre a sua vontade e faça prevalecer os seus interesses, e não o interesse dos políticos , que na maioria das vezes só legislam em causa própria.

  3. ridícula esta medida… precisamos de pessoas competentes na camara e na prefeitura, e pessoas competentes tem que ser remuneradas.
    no fim, só se candidatarão empresários, e assim haverá uma homoginezação dos interesses nos projetos

  4. juventino clemente. Responder

    FORA VEREADORES PARASITAS

    DEVIA SER CONSELHO DA COMUNIDADE SEM SALARIO

    CIDADE PEQUENA TER QUE SUSTENTAR MARAJÁS.

    FORA VEREADORES..

  5. Caro FÁBIO, a ação de pressão da sociedade em cima dos vereadores foi fatal. São esses casos que percebemos a fragilidade dos políticos profissionais. Nenhum deseja largar a rapadura. Essa medida deve ser cobrada dos DEPUTADOS ESTADUAIS, para a próxima legislatura, e isso será colocado em pauta para discussão já na próxima eleição. Para os políticos profissionais que entendem que os valores são baixos ou pequenos, a solução é fácil, não precisa passar pelo desgaste de concorrer novamente na próxima eleição, é so trabalhar na atividade privada que remunera muito melhor, só que tem que trabalhar. Atenciosamente.

  6. Belo exemplo dos Platinenses. A política no Brasil passou a ser
    empreguismo e oportunismo. Pensem bem, se não desse dinheiro
    à vontade alguem iria se candidatar !?

  7. JOSÉ CLICEU CALUX Responder

    PARABÉNS PELA INICIATIVA, QUE SIRVA DE EXEMPLO PARA TODAS AS CAMARAS DE VEREADORES DO NOSSO ESTADO.

  8. Deveriam começar a ganhar este valor agora ,sabem que estão no final de mandato, querem fazer uma média para que se reelejam novamente ,daí fazem uma lei para aumentar novamente.

Comente