Uncategorized

Ajuste acertou as contas do Paraná, afirma Richa

O governador Beto Richa (PSDB) afirmou que o programa Nota Paraná – lançado nesta segunda-feira, 3 – faz parte do conjunto de medidas para o enfrentamento da crise econômica nacional. Richa disse que a arrecadação, com o ajuste fiscal, melhorou as contas do Estado. “Enquanto a União e muitos estados brasileiros estão começando a sentir os efeitos da crise, o Paraná sai na frente e demonstra melhoria nas finanças. Graças ao ajuste fiscal que implantamos”.

Richa lembrou ainda que as prefeituras são beneficiadas com aumento da arrecadação com o Nota Paraná. Pelo ajuste fiscal, aumentou em 20% os repasses de IPVA e ICMS aos municípios. “Este é um programa testado e aprovado em outros estados brasileiros que, além compensar os contribuintes, irá aumentar a arrecadação no Paraná sem acréscimos de impostos e garantir mais recursos para obras, combater a sonegação fiscal e a concorrência desleal no comércio”, avaliou.

O programa, disse Richa, vai diminuir a carga tributária paga pelos paranaenses, combater a sonegação fiscal e aumentar a arrecadação no Estado. O programa devolverá para o consumidor 30% do ICMS pago em estabelecimentos comerciais. Para isso, é preciso pedir a nota fiscal ao comerciante e informar o número do CPF.

Participaram do lançamento da Nota Paraná o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ademar Traiano, a secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, o presidente da Faep, Ágide Meneguetti, além de prefeitos, deputados estaduais e outros presidentes de associações.

4 Comentários

  1. E o povo que se rale…
    Quem esta pagando somos nós…
    Luz , Agua, IPVA, ICMS, e outros…
    Tudo nas alturas, os preços de mercadorias dispararam…

  2. Depois de 48 meses de inapetência e incompetência governamental com o orçamento público, o “melhor está por vir” foi o ajuste fiscal, o arrocho no servidor, o confisco do desconto previdenciário.

    Com ajuda de sua fossa de apoio parlamentar, auxílios-moradia aqui e acolá, prévio reajuste dos salários do governador e secretários o governador está todo faceiro.

    Resta saber até quando, pois diziam os romanos: summa injuria, summum jus.

Comente