Uncategorized

Viaturas da GM
estão sem rodar

foto - scms

da Banda B:

Um problema no contrato entre a Urbanização de Curitiba (Urbs) e a Guarda Municipal deixou aproximadamente dez viaturas paradas na manhã desta sexta-feira (21). A denúncia partiu do Sindicato dos Servidores da Guarda Municipal de Curitiba (Sigmuc), que diz que os veículos são os utilizados para a proteção do transporte coletivo.

De acordo com o presidente do Sigmuc, Luiz Vecchi, as viaturas foram devolvidas ao pátio da Urbs por ausência da renovação do seguro. “Estamos com falta de recurso para os guardas trabalharem. Cada regional tem uma viatura dessas específica e não conseguimos entrar em contato com as administrações da Urbs e da Guarda Municipal. Já estamos tentando contato até com alguns vereadores para verificar o que está acontecendo”, disse.

Ainda segundo Vecchi, são de 45 a 50 viaturas circulando diariamente, o que mostra que dez podem fazer muita falta. “Dessa forma precisamos deslocar viaturas de atendimento ao bairro para os veículos do transporte coletivo, então prejudica muito o nosso trabalho”, comentou.

O sindicato afirma que em 2014 foram 3 mil atendimentos à estações-tubo, sendo que em 2015 os números já passam de 2 mil.

A Banda B entrou em contato com a Prefeitura de Curitiba e aguarda retorno.

2 Comentários

  1. Ainda encontra-se nos fundos da Sede da Guarda Municipal três veículos e duas motos virando sucata por falta de verba para manutenção; Parabéns prefeito, Diretor da GM, superintendente e demais puxas saco!!

Comente