Uncategorized

Dia de folga

unnamed

Depois de uma temporada de trabalho duro, administrando a crise e suas inflexões, o governador Beto Richa tirou o sábado de folga para relaxar. Foi ao kartódromo para disputar corrida com os amigos.

12 Comentários

  1. Boca abreta II Responder

    Levou o primo distante e o amigão da receita estadual???
    Falando nisso, por onde anda o Luiz Abi, marido da diretora da SERCOMTEL, Eloisa Fernandes? Será que já esta morando nas Arábias?
    Por que a imprensa parou de noticiar?

  2. Beto Richa? Trabalho? Tão aí duas palavras que não formam frases juntas. Como vc não vai publicar isso mesmo né o Campana, vc é pelego do PSDB mesmo.

  3. Acabou com o Paraná e agora vai relaxar? Devia é relaxar para sempre e deixar o Paraná e paranaenses livres da pior administração de todos os tempos do nosso estado

  4. Bom de folga, é bom começar a meditar no seguinte:

    COLEGA DE TRABALHO
    Lei municipal que permite nomeação de cônjuges é inconstitucional, diz TJ-MA

    23 de agosto de 2015, 16h11

    Normas que permitem a nomeação de cônjuges do prefeito e vice para ocupar cargos na administração do município é inconstitucional por afrontar os limites de autonomia municipal e os princípios da moralidade administrativa. Com esse entendimento, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Maranhão declarou inconstitucional uma lei do município de Açailândia, que ficou conhecida como a Lei do Nepotismo.

    Conforme a Lei 257/2006, tanto o prefeito como o vice poderiam nomear marido ou mulher para cargos da Administração direta e indireta. O Ministério Público do Maranhão afirmou que o texto afrontava os limites da autonomia municipal e os princípios da moralidade administrativa e da impessoalidade, descritos no artigo 19 da Constituição do Estado e no artigo 37 da Constituição Federal.

    De acordo com o relator, desembargador Jamil Gedeon, a norma de fato permite a prática de nepotismo e por isso fere a Constituição. Uma medida liminar já havia suspendido anteriormente a eficácia da lei.

    Em nota, a Prefeitura de Açailândia declarou que atualmente nenhum agente com vínculo familiar ao prefeito ou ao vice ocupa cargos comissionados ou função gratificada. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-MA.

    Processo: 31853/2012

    Revista Consultor Jurídico, 23 de agosto de 2015, 16h11

  5. Se for pago com o dinheiro dele não tem problema alguns, diferente do Requião que nos contribuintes pagavamos até a comida dos cavalos dele.

Comente