Uncategorized

Deputados cassados por abuso de poder religioso

valdemiro-santiago-e1430923597462

Até agora, parlamentares tinham o mandato cassado por abuso de poder político ou econômico nas eleições. Pois, pois, isso mudou e abre uma brecha jurídica preocupante para os deputados e senadores evangélicos, que fazem do púlpito palanque de campanha eleitoral. A Justiça Eleitoral de Minas Gerais acaba de punir dois deputados eleitos por abuso de poder religioso. Form cassados os mandatos do deputado estadual Márcio José Machado Oliveira (PTB-MG), o Missionário Márcio Santiago e do deputado federal Franklin Roberto de Lima Souza (do PTdoB). Machado é sobrinho do pastor Valdemiro Santiago de Oliveira (foto), da Igreja Mundial do Poder de Deus, de orientação evangélica.Os dois cassados participaram de evento organizado por Valdemiro Santiago em Belo Horizonte, com cerca de 25 mil pessoas presentes, e distribuíram panfletos e outros materiais de campanha. Também subiram ao palco a convite do pastor Valdemiro Santiago, que pediu votos para ambos aos fiéis presentes. Se a moda pega, vai ser uma Ai, Jesus em todas as Casas Legislativas.

8 Comentários

  1. Eu sempre achei que religião e política não se deve misturar, mas isso acaba sendo inevitável e observamos que muitos utilizam a religião e fazem a cabeça dos fiéis para não somente se auto promover, mas para promover a sua seita, já que igreja tem uma denominação mais complexa e não é para ser dada a qualquer grupo “religioso” que aparece do nada e se torna uma potência econômica sem nada custar aos seus cofres, já que não produz nada e somente arrecada dos tolos que se deixam enganar.

  2. O quê? Cassaram o CARUDO??? Que fase, heim, CARUDO!!!! Isso deve ser praga do “Bispo Pedir Mais Cedo”!!!!!!!!!!

  3. Ambrósio Lopes Responder

    Fabio. Aqui no Paraná também tem deputado nas mesmas condições…o missionário Ricardo Arruda.. Foi eleito em último lugar pela mesma Igreja..Além disso, nem do Paraná ele é..É de São Paulo.. Mora em São Paulo…Com isso, fez com que voltássemos a ser a Quinta Comarca, novamente.. Tem que perder o mandato.

  4. Leonardo Ferreira Responder

    Imaginem sem a moda pega aqui no Paraná.

    O Vereador Tiago Gevert (PSC) assiduamente que frequenta cultos na Igreja Mundial e na Igreja Bola de Neve, fazendo caras e bocas tipicas de um ferrenho temente à Deus, mesmo adotando fora da igreja comportamento promiscuo e digno de condicioná-lo a causar inveja ao Satanas.

  5. Eu sempre disse que, misturar religião com politica da Merda, basta ir ao oriente médio e ver a bagunça lá. esses pastores estão exagerando aqui no Brasil, além de meter a mão no dinheiro dos tontos, miseráveis e desavisados, não pagarem impostos, entraram na politica, só Deus pra ter piedade de nós contra esse povo.

  6. Ambrosio este sr arruda gastou so 40 mil pra se eleger , isto é preço de carro popular e qual o “segredo de tão grande sucesso”?? não paga nem panfletos distribuidos, , onde estava tre, mpe e autoridades pra ver eles distribuirem santinhos dentro das igrejas com um verdadeiro escandalo mas os fieis ficam COM MEDO E NÃO DENUNCIAM e hoje tão ai eleitos e sem nenhuma proposta para o Parana. Olho vivo gaeco! digo mais nem evangelcio é apenas é uma “grande artista e sorrateiro ” que .usa votos dos incautos.

  7. Pôôô não pode ter dinheiro de empresas ,de amigos e agora nem de religiosos isso eé brincadeira porque nao poem na cadeia os honestos que pagam suas contas com o suor do trabalho e deixam nos que fazemos o Brsil ser destaque
    no mundo como pais sem lei e moral NOS DEIXEM ROUBAR
    SOSSEGADO .

  8. Que excelente notícia,precisamos cópias destes processos,para abrirmos para os famosos Edson Pratzyk e Valdemir Soares.

Comente