Uncategorized

Moro, em Brasília, pela redução da impunidade de corruptos

moro

O juiz federal da Operação Lava Jato Sérgio Fernando Moro vai ao Senado amanhã, quarta-feira, 9, para defender em audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça o projeto de lei 402/2015 que reduz a impunidade no País e viabiliza a prisão de autores de crimes graves – como peculato, corrupção e lavagem de dinheiro -, já em caso de condenação pela segunda instância. O modelo atual só autoriza a execução da ordem de custódia com trânsito em julgado, ou seja, quando a sentença é definitiva. Na prática, isso ocorre excepcionalmente para acusados por corrupção e desvio de recursos públicos, sobretudo se detêm foro privilegiado perante os tribunais superiores e mesmo os tribunais estaduais.

2 Comentários

  1. jose carlos pinto Responder

    CUIDADO DOUTOR NÃO VÁ SER CORROMPIDO, POR ESSA ALCATEIA
    DE BRASILIA, MOSTRE A ESSES CANALHAS COMO SEGUIR A LEI.
    É SIMPLES É SÓ SER HONESTO, E PRONTO. DR. MORO MUITA CALMA.

  2. João da Silva Responder

    Querem propor alteração na Lei, tem que partir do Congresso. O que Sérgio Moro faz, e é visível, tem nome….ativismo judicial, e infelizmente, isso gera muito mais injustiças, e corrompe o sistema ainda mais do que as leis bizarras vigentes. Óbvio que o excesso de recursos é prejudicial a celeridade da justiça, porém o lugar para debater isso é apenas o Congresso. Juízes, procuradores, Desordem dos Advogados e todo resto são incompetentes para o feito, e corruptos por natureza. Quem controla a sanha totalitária desta gente? Nunca é demais voltarmos no tempo, e lembrar que no grande caso Banestado, foram punidos banqueiros e doleiros, não tiveram coragem de citar os donos do dinheiro, nem sequer distinguir se era público ou privado, e se houve ou não tentativa de “falir” o banco para sua privatização, o que causaria uma responsabilização ao governador da época. Não teve nada.. Foi o famoso caso dos milhões sem dono…bizarro…e com o agravante do Youssef voltar a ativa. Já tivemos casos anulados por desrespeito às leis destes mesmos que questionam a celeridade da justiça, como no caso Satiagraha… Casos como do Eike, Carlinhos Cachoeira, Rosimery Noronha sumiram das investigações sem nenhum tipo de explicação! E, o atual…bom, a tese de cartel(extremamente equivocada), a sanha de transformar empresários, doleiros e o picaretinha do Zé Dirceu(agora) nos maiores vilões da historia(até surgir a próxima novidade do desgoverno petista)…. Só interessa a turma que quer perpetuar no poder…Lula, Dilma, e seus comandantes e comandados…um chefe de verdade não cai duas vezes(certo Zé Dirceu), um esquema como foi feito não seria possível sem a cumplicidade e ordens total do Estado(adeus tese do Cartel) e, me desculpem…os que queriam enriquecer, e que estão sendo punidos(caso doseia solas) nao sao nada além de funcionários,ladrões de balas…o objetivo sempre foi o poder, o dinheiro a consequencia, só falta MP e juiz entenderem isso, antes que seja tarde. As pessoas que estão revoltadas com a atual situação do Brasil, aplaudem Moro, aplaudem o MP….assim como os grandes bandoleiros da nação o fazem, escondidos, porém com muito mais alegria que todo o resto da nação! A pizza está no forno, com auxílio (proposital ou ingênuo)do Sr Moro, do Sr Dallagnol, da imprensa que se diz “limpa, e de vários outros!

    Para finalizar…abaixo o ativismo judicial…não elegemos a Ordem dos Advogados, não elegemos os procuradores, não elegemos magistrados….não são eles que tem que pautar as leis….se limitem a cumprir as suas funções.

Comente