Uncategorized

De ponta a ponta

do Painel, Folha de S. Paulo

Congressistas do PT e do PMDB fizeram a mesma avaliação diante da retirada do grau de investimento do Brasil pela Standard & Poor’s. A decisão da agência fará Dilma Rousseff perder o apoio das duas pontas mais refratárias ao impeachment: o empresariado e as classes C e D. O sistema financeiro é, hoje, o principal lastro de Joaquim Levy. No outro extremo, o agravamento do desemprego e da recessão pode levar o eleitorado petista a engrossar as manifestações pelo “fora Dilma”.

Septicemia – Um senador petista, desolado, descrevia o quadro do governo Dilma Rousseff como o de um “paciente terminal”: “Uma hora para de funcionar um rim, dali a pouco é o coração que dá sinal de que vai pifar”.

3 Comentários

  1. Parreiras Rodrigues Responder

    É preciso se lembrar da fala do Lula quando quase no final do seu segundo mandato, disse que a nota 10 dada ao Brasil por certo instituto ERA A PROVA DA SERIEDADE COM A QUAL O BRASIL TRATAVA A SUA ECONOMIA e coisas e tal.

    Agora, nota 0, o governo petista corre para desclassificar o instituto.

    OUTRA – Prá resolver a questão financeira do Brasil com o aumento de impostos, não se precisava importar um phd lá do Bradesco.
    O Zé da Biblia faria isso bem baratim…

  2. Caro FÁBIO, essa informação a respeito da desclassificação do BRASIL no rating da S & P, como país SÉRIO é MÉRITO TOTAL dos membros da ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA PETISTA e seus aliados nos partidos cooptados como o PMDB, PP, PCdoB, PSOL, pois levaram 12 anos para alcançar essa META. Agora no próximo ano alcançada a META nóis droba. PARABÉNS, os brasileiros desempregados, junto aos miseráveis enganados e ludibriados nos últimos anos é que agradecem. A sociedade devolverá todos os benefícios recebidos nos últimos anos e pagará a conta de toda a ROUBALHEIRA. Estaremos todos juntos aguardando a vinda dos representantes pedir VOTOS para vereador e prefeito no próximo ano. Atenciosamente.

Comente