Uncategorized

Fruet revoga ISS e Magrão encerra protesto

magrao - torto

Depois de sete dias acorrentado em frente à prefeitura de Curitiba, Magrão abandonou as correntes. O produtor cultural Arlindo Ventura, proprietário do Bar do Torto, idealizador da Quadra Cultural marcou uma reunião para a próxima terça-feira (23), para discutir a cobrança de ISS sobre os ingressos de cortesia para shows organizados na cidade, além de incentivos para a realização de eventos. Segundo informações, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) decidiu não cobrar mais ISS de ingressos cortesia. Com informações e foto do Paraná Portal.

O produtor acredita que a reunião deve por fim aos protestos. “É uma coisa muito radical e prefiro acreditar que haverá um avanço. Houve um diálogo com o Igor Cordeiro da Superintendência da Fundação Cultural. Ele já foi produtor cultural e soube do que eu estava falando; na terça-feira vamos falar com o prefeito e com a secretária das Finanças (Eleonora Fruet), vários produtores vão estar lá para mostrar que a cidade perde muito cobrando impostos de eventos culturais”, comemora.

5 Comentários

  1. Precisou de sete dias para o prefeito entender?? Será que não tinha ninguem por perto para desenhar…quanta lentidão….

  2. ===== MAIS UMA DO GUSTAVO.
    A ATUAL GESTÃO NÃO RENOVOU CONTRATO COM A “CAVO” PARA UTILIZAR A MÁQUINA QUE FAZ A VARREDURA MECÂNICA.
    — COM ISSO AS NOSSAS RUAS ESTÃO A CUMULANDO RESIDUOS VEGETAIS NOS CANTOS DO MEIO-FIO (REPAREM NA SUA RUA).
    —NAS PROXIMAS CHUVAS, IRÃO PARA AS BOCAS DE LOBO, QUE PELO VOLUME, COM CERTEZA FICARÃO INTUPIDAS
    QUEM AVISA AMIGO É…

  3. Por que dispensar? Responder

    Nao tem lei que autoriza nenhum funcionario publico a dispensar ninguem de pagar ISS. Se tem fato gerador o imposto deve ser pago. O prefeito pode incorrer em crime de responsabilidade se dispensar. Imagine se todos os empresarios resolverem se acorrentar na frente da prefeitura. O prefeito e sua irma vao dispensar imposto? Esses produtores vivem mamando na lei de incentivo de cultura que tem como origem o ISS. Eles so’ querem receber e nunca pagar. Gente sem vergonha. Sandor Mendes

  4. Creio que o Prefeito pode ter cometido improbidade, pois se era legal a exigência do imposto, ele não poderia deixar de cobrá-lo, por outro lado se havia algum motivo para não cobrar, estaria ele cometendo um excesso de exação exigindo imposto indevidamente!
    Quem não entende do assunto, deve cercar-se de quem conhece!

  5. ESSE CARA É TORTO Responder

    Prezado Fabio, esse tal magrão é um sujeito de esquerda, como é que você fica dando prestigio ao cara no blog?

Comente