Uncategorized

Elite pressiona contra ITCMD, diz Mauro

O secretário Mauro Ricardo Costa (Fazenda) disse nesta nesta sexta-feira, 18, em entrevista a rádio CBN/Curitiba, que “com relação ao ITCMD, há muita distorção pela elite, que tem alta renda e não quer se sacrificar para compensar uma redução de carga tributária das pessoas de menor renda”.

“Ocorre que as pessoas ganham mais, não querem pagar mais para compensar a isenção daqueles que ganham menos. Se não aprovada a progressividade na forma proposta pelo governo, quem perderão serão 97% dos contribuintes e 3% estarão ganhando, o que no nosso ponto de vista é uma injustiça fiscal”, completou Mauro Ricardo.

16 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Ele tem cara de vendedor de enciclopédia, daqueles que punham o pé no vão da porta para não fechar.

  2. É o homem que resolve os pepinos com dinheiro do povo, baixa ou alta renda todos nós estamos pagando incluindo o alto salário de moço.
    Fora…

  3. Doutor Prolegômeno Responder

    As desculpas de Lula servem a todas as finalidades. As “zelite” são as culpadas dos males do mundo. Ó dor, ó dia, ó azar, diria Hardy Har-Har..

  4. Triste Londrina Responder

    E desde quando alguém tem que pagar mais para compensar que paga menos? Ah..vá estudar….

  5. clarice franze Responder

    O MAURO RICARDO QUER QUE O POVO SEJA COMO A D. DILMA?

    BOLSA FAMILIA , BOLSA GÁS, BOLSA LEITE, BOLSA ENERGI, MAIS BOLSA E DEU NO QUE DEU.

    OS DESOCUPADOS DEIXARAM DE TRABALHAR PARA VIVER AS CUSTAS DOS QUE TRABALHAM, E TEMOS DE ACEITAR MAIS ENCARGOS: AH, DÁ UM TEMPO , NÉ MANÉ.

    TENHO EU CULPA SE GANHO UM POUCO À MAIS?, E NINGUEM ENXERGA QUE TRABALHO E TENHO RESPONSABILIDADES COM O QUE FAÇO À MAIS.

    SOSSEGA , LEÃO, QUE A COISA VAI FICAR MAIS FEIA. E NÃO QUERO SER PATO.

  6. Mosca sem asas Responder

    Injustiça fiscal é alguns contribuirem e outros serem isentos!!! Por exemplo: Organizações religiosas!!!

  7. Tá levando bronca para consertar os erros da gestão passada, que só gastaram não pagavam ninguém e deixou o Beto com fama de caloteiro!

  8. Porque não vem o governador explicar isso?

    Ocorre, secretário, que ninguém, nem pobre nem rico, nem servidor nem aposentado, nem professor aguenta mais arcar com os “custos” da incompetência e/ou improbidade administrativa de governantes !!

    O governador teve 48 meses da primeira gestão para tratar de equilibrar o orçamento público e nada disso fez; aliás, fez pior, mentiu sobre o fato na campanha e depois de ser reeleito vem colocar sua própria “herança maldita”na conta do povo, do servidor e do professor.

    Então, é preciso parar de tentar justificar o injustificável; só isso.

  9. É até vergonhoso ouvir tais palavras de quem deveria ter o mínimo de bom senso, porém o que fazer se Ricardo Costa foi contratado exatamente para isso, isto é, fazer o “serviço sujo” que Richa não quer?
    Essas inteligências sublimadas, acima do bem e do mal, estão pouco se importando com as “derramas” que vão implementando Brasil afora, para satisfazer o imediatismo de governantes de pouca responsabilidade, que não fazem a lição de casa e gastam muito mais do que arrecadam, para no final optar pela solução mais fácil, que é a de aumentar impostos, o que qualquer “criança de grupo” faria.

  10. DESSE PORRETE SECRETÁRIO E GOVERNADOR, PAGA MAIS QUEM GANHA MAIS. O FUTURO É ISSO. VAMOS CHEGAR AO PRIMEIRO MUNDO COM ATITUDES LÓGICAS

  11. Esse complexo de Robin Wood que existe em políticos e burocratas, é só figuração para tomar dinheiro dos contribuintes como de costume para manter suas mordomias e benesses a parte. O contribuinte que se lixe, esse é o lema desses pilantras travestidos de justiceiros com o dinheiro alheio

  12. antonio carlos Responder

    Mas do que é que a tigrada está reclamando, como se todos os chorões acima vivessem fazendo generosas doações aos seus filhotes. Não falam tanto no tal do Imposto Sobre as Grandes Fortunas, pois ele está aí. Como tenho muito pouco o que legar, porque fortuna não tenho mesmo, podemos aumentar o imposto, os que muito tem que muito paguem.

  13. Chego a sonhar com o dia em que seremos todos iguais: todos nós pobres, miseráveis e sem uma “bolsinha” sequer, pois não haverá emprego ou renda, tampouco contribuintes para “contribuir” com *p* nenhuma!

  14. Nestor Celso Ilton Bueno Responder

    E daí empregado do Luiz Abi é só selecionar melhor as oficinas mecânicas e tudo mais que sobra dinheiro,para a população!
    Volta para Salvador filhote da ditadura!

Comente