Uncategorized

Na Itália, Cida Borghetti apresenta potenciais do Paraná

unnamed

Na Itália, a vice-governadora do Paraná, Cida Borghetti, participou do Seminário Território, Água, Energia e Alimento no pavilhão do Brasil na ExpoMilão. Cida Borghetti foi convidada pela organização e pelo presidente da Itaipu Binacional, Jorge Samek, para apresentar ações e programas do Governo do Paraná focadas no desenvolvimento sustentável, no estímulo a agricultura responsável e em energias renováveis.

A vice-governadora também detalhou o programa Paraná Competitivo e as oportunidades de investimentos, em especial para inovação e novas tecnologias. Também apresentou os potenciais do Estado como a força do agronegócio, a qualidade da mão de obra e o amplo sistema universitário.

CONSUL – Nesta segunda, a vice-governadora acompanhada da deputada estadual Claudia Pereira esteve com o cônsul-geral do Brasil em Milão, Paulo Cordeiro de Andrade Pinto. O consulado tem sido um dos parceiros do Estado do Paraná nas negociações para atrair o vôo direto entre a Itália e Foz do Iguaçu.

Nesta semana, a vice-governadora e uma comitiva paranaense tem reunião marcada com a diretoria da Alitalia. Segundo Cida Borghetti, a nova rota vai dinamizar o turismo, estabelecer uma nova porta de entrada na região e criar oportunidades de negócio no Estado.

6 Comentários

  1. A SENHORA DEVIA DAR UMA BÚSSOLA PARA SEU MARIDO
    DESCOBRIR O CAMINHO QUE DEVE TOMAR. ELE JOGA LÁ
    E VC SABIAMENTE TRABALHANDO PELO ESTADO, MANDA O
    ESPOSO ACORDAR, NÃO TEM MAIS MINISTÉRIOS PARA SER
    DOADO, ACORDA RICARDO BARROS URGENTE.

  2. Num país em crise como a Itália, só vai trazer vento para o Paraná. Esta malhando em ferro frio. Quem sabe se este vento vier estocado, a ANTA da nossa Presidente agradeça.

  3. meteoro da paixão Responder

    Parabéns, tomara que aconteçam bons negóios para ambos os povos, não só para os governos !

  4. Carlos trevizo Responder

    Vamos lá Paraná! Vamos dar a.volta por cima e mostrar que podemos fazer melhor! Cida é uma lutadora pelos interesses do nosso Estado!

  5. -Eu acho interessante estas missões diplomáticas para atrair investimentos para o Paraná. Ponto positivo.
    -O que o governo ainda não está fazendo satisfatoriamente, é cuidar do parque fabril do Estado.
    -Quantos indústrias fecharam as portas aqui no Paraná e foram fundamentais para o nosso desenvolvimento. Vamos citar alguns exemplos: Todeschini, Matte Leão, Prosdócimo, Essenfelder, Venske….e por aí vai…por todo o estado….
    -Algumas fecharam as portas por brigas internas, dissolvição da sociedade, crises econômicas…mas perdemos funcionários que deram a vida nessas empresas e nada mais restou…vejam o que sobrou da Matte Leão hoje….

Comente